Clique Aqui [Politica Internacional] - Página 50

Lista de Usuários Marcados

Página 50 de 535 PrimeiroPrimeiro ... 40484950515260100150 ... ÚltimoÚltimo
Resultados 491 a 500 de 5341
Like Tree5552Likes

Tópico: [Politica Internacional]

  1. #491
    Banido
    Data de Ingresso
    24/11/08
    Posts
    6.452
    Citação Postado originalmente por DiegoSestito Ver Post
    Citação Postado originalmente por Tche_88 Ver Post


    O que vc não entendeu é que não precisa saber o valor. Precisa apenas entender o conceito. Serve para refutar o pensamento de que quanto maior for a taxa do imposto cobrado maior será a arrecadação.

    Engraçado que a teoria austríaca não depende de saber o valor exato onde ocorre o equilíbrio do mercado. Ao contrário, a maioria das políticas de intervenções na economia é necessário saber o ponto de equilíbrio do mercado. Inclusive a teoria de keynes que vc tanto defende. Mas como é seu profeta serve qualquer conta maluca que já serve e é ciência de qualidade.
    É OBVIO que precisa saber o valor, gênio. Se você não sabe, você não pode afirmar nada e a curva se torna inútil. Se o Ymax = 80% ou se Ymax = 20% faz toda a diferença do mundo. O conceito é verdadeiro, vai chegar uma hora que a produção vai diminuir a ponto do governo arrecadar menos do que arredaria caso tributasse menos, isso é um fato. O problema é que sem saber como funciona F(x) e qual é a função quadrática da parábola, o conceito é inútil.

    Engraçado é que a teoria austríaca não depende da matemática, ela é a resposta fácil, ela é o deus das lacunas da economia. Ela diz: Eu não sei como isso funciona, mas ao invés de tentar entender, eu vou fechar meu olho e deixar que o caos impere.
    Não é inútil pq eu posso contestar alguém que acha que aumentando impostos automaticamente vai aumentar arrecadação. Além disso eu posso observar empiricamente como se comporta cada taxa, observar se a arrecadação começa a cair com o aumento do imposto. Vc não devia reclamar dessa precariedade já que as teorias que vc defende funcionam assim e vc chama de ciência verdadeira. Qualquer um que entenda um pouco de economia sabe mais ou menos o desenho da parábola apenas pra vc que é uma loteria. Dito isso, quem precisa se preocupar com isso é keynesiano/socialista que necessitam de altos impostos.

    Engraçado que eu levantei um problema sobre seu profeta e em vez de vc responder com argumentos veio com falinha. É mais fácil?
    Registre-se ou faça login para ver assinaturas.

  2. #492
    World Class Avatar de lagostinha
    Data de Ingresso
    27/09/07
    Posts
    27.569
    Images
    2
    Citação Postado originalmente por ekalil Ver Post
    Sobre a Grecia, nem tem mto o que comentar. Os caras passaram anos gastando mais do que arrecadam e fazendo dividas. Eles tiveram deficit de 1974 a 2010.

    Eh claro que a culpa disso nao eh diretamente da populacao, mas no final das contas, isso nao faz mta diferenca. Justo ou nao, a atual geracao vai pagar por isso, nao tem o que fazer.
    eh serio q desde 74 eh isso? eu jurava q era coisa de agora, sei la, 10 15 anos no max
    Citação Postado originalmente por DiegoSestito Ver Post
    Citação Postado originalmente por ekalil Ver Post
    Sobre a Grecia, nem tem mto o que comentar. Os caras passaram anos gastando mais do que arrecadam e fazendo dividas. Eles tiveram deficit de 1974 a 2010.

    Eh claro que a culpa disso nao eh diretamente da populacao, mas no final das contas, isso nao faz mta diferenca. Justo ou nao, a atual geracao vai pagar por isso, nao tem o que fazer.
    Tem sim, não pagar. Se é bom ou não para a economia, é discutível (Alias, mais na Grécia do que aqui), mas existe a opção de dar calote e gg.
    sabe q as vezes eu acho que isso eh o melhor p acontecer, ai ngm nunca mais empresta grana p outros paises qdo ficarem fodidos e extermina logo uma raca toda de fome, nego vai pensar duas vezes antes de gastar a rodo assim. O problema eh que eu acho que ngm vai pensar nisso e vai ter um monte de pais se fodendo bonito enquanto os governantes que sao os que dao o aval pros gastos publicos vao continuar bem de vida entao quem se fode eh sempre o povo apenas
    Registre-se ou faça login para ver assinaturas.

  3. #493
    World Class Avatar de DiegoSestito
    Data de Ingresso
    23/06/12
    Localização
    A, A
    Posts
    7.733
    Citação Postado originalmente por Tche_88 Ver Post
    Citação Postado originalmente por DiegoSestito Ver Post
    Citação Postado originalmente por Tche_88 Ver Post


    O que vc não entendeu é que não precisa saber o valor. Precisa apenas entender o conceito. Serve para refutar o pensamento de que quanto maior for a taxa do imposto cobrado maior será a arrecadação.

    Engraçado que a teoria austríaca não depende de saber o valor exato onde ocorre o equilíbrio do mercado. Ao contrário, a maioria das políticas de intervenções na economia é necessário saber o ponto de equilíbrio do mercado. Inclusive a teoria de keynes que vc tanto defende. Mas como é seu profeta serve qualquer conta maluca que já serve e é ciência de qualidade.
    É OBVIO que precisa saber o valor, gênio. Se você não sabe, você não pode afirmar nada e a curva se torna inútil. Se o Ymax = 80% ou se Ymax = 20% faz toda a diferença do mundo. O conceito é verdadeiro, vai chegar uma hora que a produção vai diminuir a ponto do governo arrecadar menos do que arredaria caso tributasse menos, isso é um fato. O problema é que sem saber como funciona F(x) e qual é a função quadrática da parábola, o conceito é inútil.

    Engraçado é que a teoria austríaca não depende da matemática, ela é a resposta fácil, ela é o deus das lacunas da economia. Ela diz: Eu não sei como isso funciona, mas ao invés de tentar entender, eu vou fechar meu olho e deixar que o caos impere.
    Não é inútil pq eu posso contestar alguém que acha que aumentando impostos automaticamente vai aumentar arrecadação. Além disso eu posso observar empiricamente como se comporta cada taxa, observar se a arrecadação começa a cair com o aumento do imposto. Vc não devia reclamar dessa precariedade já que as teorias que vc defende funcionam assim e vc chama de ciência verdadeira. Qualquer um que entenda um pouco de economia sabe mais ou menos o desenho da parábola apenas pra vc que é uma loteria. Dito isso, quem precisa se preocupar com isso é keynesiano/socialista que necessitam de altos impostos.

    Engraçado que eu levantei um problema sobre seu profeta e em vez de vc responder com argumentos veio com falinha. É mais fácil?
    Nossa cara, você tem uma dificuldade de entendimento que é fora do comum.

    Você pode contestar sim, nisso você tem razão. O problema é o seguinte: A curva é um conceito, não um modelo matemático. Por ela, o que da pra saber é que uma hora a produção cai o bastante pra arrecadação diminuir, e eu concordo com o conceito. O problema é definir quando isso acontece. A produção cai com 10%, 30%, 70% ou 90%? Não tem como saber isso com a curva, é impossível (e só vai ser possível, quando alguém descobrir qual f(x) a curva segue). Entendeu até aqui?

    Ai você me diz que eu acho que o Keynesianismo e o Socialismo ciências verdadeiras.. Eu não acho. O que eu acho é que é melhor tentar matematizar a economia, do que deixar para o caos decidir. Eu acho muito melhor que tentem descobrir modelos matemáticos para entender como funciona a dinâmica, e para depois disso molda-la de forma benéfica, do que simplesmente dizer que é complexo demais e é melhor deixar cada um por si e rezar pra que de tudo certo.

    E a falinha foi porque o "problema" que você levantou é ridículo. O keynesianismo não precisa de valor exato nenhum, ele precisa de aproximações. As "contas malucas" são modelos matemáticos aproximados, e eles vão funcionar muito melhor do que modelo nenhum, embora como toda aproximação, a porcentagem de acerto não é 100%. O que eu to tentando te dizer é o seguinte: IMO é muito melhor evoluir os modelos, do que chutar o balde e dizer que modelos matemáticos não funcionam e que o cool é a ufologia, digo praxeologia.
    Registre-se ou faça login para ver assinaturas.

  4. #494
    Expert Avatar de Sam Farha - Spinoza
    Data de Ingresso
    15/05/13
    Posts
    4.480
    Citação Postado originalmente por Tche_88 Ver Post
    Citação Postado originalmente por DiegoSestito Ver Post
    Citação Postado originalmente por Tche_88 Ver Post


    O que vc não entendeu é que não precisa saber o valor. Precisa apenas entender o conceito. Serve para refutar o pensamento de que quanto maior for a taxa do imposto cobrado maior será a arrecadação.

    Engraçado que a teoria austríaca não depende de saber o valor exato onde ocorre o equilíbrio do mercado. Ao contrário, a maioria das políticas de intervenções na economia é necessário saber o ponto de equilíbrio do mercado. Inclusive a teoria de keynes que vc tanto defende. Mas como é seu profeta serve qualquer conta maluca que já serve e é ciência de qualidade.
    É OBVIO que precisa saber o valor, gênio. Se você não sabe, você não pode afirmar nada e a curva se torna inútil. Se o Ymax = 80% ou se Ymax = 20% faz toda a diferença do mundo. O conceito é verdadeiro, vai chegar uma hora que a produção vai diminuir a ponto do governo arrecadar menos do que arredaria caso tributasse menos, isso é um fato. O problema é que sem saber como funciona F(x) e qual é a função quadrática da parábola, o conceito é inútil.

    Engraçado é que a teoria austríaca não depende da matemática, ela é a resposta fácil, ela é o deus das lacunas da economia. Ela diz: Eu não sei como isso funciona, mas ao invés de tentar entender, eu vou fechar meu olho e deixar que o caos impere.
    Não é inútil pq eu posso contestar alguém que acha que aumentando impostos automaticamente vai aumentar arrecadação. Além disso eu posso observar empiricamente como se comporta cada taxa, observar se a arrecadação começa a cair com o aumento do imposto. Vc não devia reclamar dessa precariedade já que as teorias que vc defende funcionam assim e vc chama de ciência verdadeira. Qualquer um que entenda um pouco de economia sabe mais ou menos o desenho da parábola apenas pra vc que é uma loteria. Dito isso, quem precisa se preocupar com isso é keynesiano/socialista que necessitam de altos impostos.

    Engraçado que eu levantei um problema sobre seu profeta e em vez de vc responder com argumentos veio com falinha. É mais fácil?
    Sua filosofia é tipo isso né?




    O engraçado é que são dois extremos libertários.
    Sendo assim, acho que nem os polliticos do DEM te representam propriamente.
    Forever alone!

    Os equivocos da sua filosofia sao que voces negligenciam as condicoes materiais no mundo como, por exemplo, a atual distribuicao dos meios de producao e suas consequencias ... e voces tb negligenciam o carater intersubjetivo que perfaz a politica, mas deixa isso pra lah que eh muito filosofico!

    Engracado neh?!
    Estamos juntos quanto a questoes dos bancos ... oh coisa inusitada hahaha!

    Jah vi alguem aqui (acho que foi o Bzerro) dizendo que adorou o video e que o Molyneux deu um banho no Safatle.
    Agora pega os pots dele aqui e ve se ele concorda mesmo com o Molyneux?
    Nesse quesito, s'o vc Tche eh completamente coerente e talvez o unico aqui.
    Como eu disse: forever alone!
    DiegoSestito likes this.
    Registre-se ou faça login para ver assinaturas.

  5. #495
    Banido
    Data de Ingresso
    24/11/08
    Posts
    6.452
    Citação Postado originalmente por DiegoSestito Ver Post
    Citação Postado originalmente por Tche_88 Ver Post
    Citação Postado originalmente por DiegoSestito Ver Post
    Citação Postado originalmente por Tche_88 Ver Post


    O que vc não entendeu é que não precisa saber o valor. Precisa apenas entender o conceito. Serve para refutar o pensamento de que quanto maior for a taxa do imposto cobrado maior será a arrecadação.

    Engraçado que a teoria austríaca não depende de saber o valor exato onde ocorre o equilíbrio do mercado. Ao contrário, a maioria das políticas de intervenções na economia é necessário saber o ponto de equilíbrio do mercado. Inclusive a teoria de keynes que vc tanto defende. Mas como é seu profeta serve qualquer conta maluca que já serve e é ciência de qualidade.
    É OBVIO que precisa saber o valor, gênio. Se você não sabe, você não pode afirmar nada e a curva se torna inútil. Se o Ymax = 80% ou se Ymax = 20% faz toda a diferença do mundo. O conceito é verdadeiro, vai chegar uma hora que a produção vai diminuir a ponto do governo arrecadar menos do que arredaria caso tributasse menos, isso é um fato. O problema é que sem saber como funciona F(x) e qual é a função quadrática da parábola, o conceito é inútil.

    Engraçado é que a teoria austríaca não depende da matemática, ela é a resposta fácil, ela é o deus das lacunas da economia. Ela diz: Eu não sei como isso funciona, mas ao invés de tentar entender, eu vou fechar meu olho e deixar que o caos impere.
    Não é inútil pq eu posso contestar alguém que acha que aumentando impostos automaticamente vai aumentar arrecadação. Além disso eu posso observar empiricamente como se comporta cada taxa, observar se a arrecadação começa a cair com o aumento do imposto. Vc não devia reclamar dessa precariedade já que as teorias que vc defende funcionam assim e vc chama de ciência verdadeira. Qualquer um que entenda um pouco de economia sabe mais ou menos o desenho da parábola apenas pra vc que é uma loteria. Dito isso, quem precisa se preocupar com isso é keynesiano/socialista que necessitam de altos impostos.

    Engraçado que eu levantei um problema sobre seu profeta e em vez de vc responder com argumentos veio com falinha. É mais fácil?
    Nossa cara, você tem uma dificuldade de entendimento que é fora do comum.

    Você pode contestar sim, nisso você tem razão. O problema é o seguinte: A curva é um conceito, não um modelo matemático. Por ela, o que da pra saber é que uma hora a produção cai o bastante pra arrecadação diminuir, e eu concordo com o conceito. O problema é definir quando isso acontece. A produção cai com 10%, 30%, 70% ou 90%? Não tem como saber isso com a curva, é impossível (e só vai ser possível, quando alguém descobrir qual f(x) a curva segue). Entendeu até aqui?

    Ai você me diz que eu acho que o Keynesianismo e o Socialismo ciências verdadeiras.. Eu não acho. O que eu acho é que é melhor tentar matematizar a economia, do que deixar para o caos decidir. Eu acho muito melhor que tentem descobrir modelos matemáticos para entender como funciona a dinâmica, e para depois disso molda-la de forma benéfica, do que simplesmente dizer que é complexo demais e é melhor deixar cada um por si e rezar pra que de tudo certo.

    E a falinha foi porque o "problema" que você levantou é ridículo. O keynesianismo não precisa de valor exato nenhum, ele precisa de aproximações. As "contas malucas" são modelos matemáticos aproximados, e eles vão funcionar muito melhor do que modelo nenhum, embora como toda aproximação, a porcentagem de acerto não é 100%. O que eu to tentando te dizer é o seguinte: IMO é muito melhor evoluir os modelos, do que chutar o balde e dizer que modelos matemáticos não funcionam e que o cool é a ufologia, digo praxeologia.
    Por isso que é péssimo discutir contigo. Vc sempre vem com as mesmas falácias.

    Os austríacos são contra os modelos matemáticos pq existem variáveis desconhecidas e por causa disso não podemos ter certeza de nada. Um modelo matemático nunca seria preciso por causa disso. É essa a crítica. Não tem nada de ser contra matemática.

    Quando um austríaco diz que é melhor deixar livre é pq não tem nenhuma teoria que melhore a situação. Vc pode ficar ai desenvolvendo suas teorias/modelos matemáticos que se for melhor que deixar livre um austríaco vai aceitar.

    Me explica como não é necessário ser exato já que se vc ficar um pouco acima do ponto de equilibrio quando deveria ficar abaixo as consequências serão opostas das desejadas aumentando ainda mais o problema.

    Ser melhor que modelo nenhum precisa ser debatido.
    Registre-se ou faça login para ver assinaturas.

  6. #496
    Banido
    Data de Ingresso
    24/11/08
    Posts
    6.452
    Citação Postado originalmente por Sam Farha - Spinoza Ver Post
    Citação Postado originalmente por Tche_88 Ver Post
    Citação Postado originalmente por DiegoSestito Ver Post
    Citação Postado originalmente por Tche_88 Ver Post


    O que vc não entendeu é que não precisa saber o valor. Precisa apenas entender o conceito. Serve para refutar o pensamento de que quanto maior for a taxa do imposto cobrado maior será a arrecadação.

    Engraçado que a teoria austríaca não depende de saber o valor exato onde ocorre o equilíbrio do mercado. Ao contrário, a maioria das políticas de intervenções na economia é necessário saber o ponto de equilíbrio do mercado. Inclusive a teoria de keynes que vc tanto defende. Mas como é seu profeta serve qualquer conta maluca que já serve e é ciência de qualidade.
    É OBVIO que precisa saber o valor, gênio. Se você não sabe, você não pode afirmar nada e a curva se torna inútil. Se o Ymax = 80% ou se Ymax = 20% faz toda a diferença do mundo. O conceito é verdadeiro, vai chegar uma hora que a produção vai diminuir a ponto do governo arrecadar menos do que arredaria caso tributasse menos, isso é um fato. O problema é que sem saber como funciona F(x) e qual é a função quadrática da parábola, o conceito é inútil.

    Engraçado é que a teoria austríaca não depende da matemática, ela é a resposta fácil, ela é o deus das lacunas da economia. Ela diz: Eu não sei como isso funciona, mas ao invés de tentar entender, eu vou fechar meu olho e deixar que o caos impere.
    Não é inútil pq eu posso contestar alguém que acha que aumentando impostos automaticamente vai aumentar arrecadação. Além disso eu posso observar empiricamente como se comporta cada taxa, observar se a arrecadação começa a cair com o aumento do imposto. Vc não devia reclamar dessa precariedade já que as teorias que vc defende funcionam assim e vc chama de ciência verdadeira. Qualquer um que entenda um pouco de economia sabe mais ou menos o desenho da parábola apenas pra vc que é uma loteria. Dito isso, quem precisa se preocupar com isso é keynesiano/socialista que necessitam de altos impostos.

    Engraçado que eu levantei um problema sobre seu profeta e em vez de vc responder com argumentos veio com falinha. É mais fácil?
    Sua filosofia é tipo isso né?




    O engraçado é que são dois extremos libertários.
    Sendo assim, acho que nem os polliticos do DEM te representam propriamente.
    Forever alone!

    Os equivocos da sua filosofia sao que voces negligenciam as condicoes materiais no mundo como, por exemplo, a atual distribuicao dos meios de producao e suas consequencias ... e voces tb negligenciam o carater intersubjetivo que perfaz a politica, mas deixa isso pra lah que eh muito filosofico!

    Engracado neh?!
    Estamos juntos quanto a questoes dos bancos ... oh coisa inusitada hahaha!

    Jah vi alguem aqui (acho que foi o Bzerro) dizendo que adorou o video e que o Molyneux deu um banho no Safatle.
    Agora pega os pots dele aqui e ve se ele concorda mesmo com o Molyneux?
    Nesse quesito, s'o vc Tche eh completamente coerente e talvez o unico aqui.
    Como eu disse: forever alone!
    Eu assisti esse vídeo e gostei, mas não lembro do conteúdo. Se não me engano esse cara é libertário e por isso vou discordar de alguns pontos.

    A verdade não é democrática, não me importo de ser forever alone

    O @Bzerro nem é libertário
    Registre-se ou faça login para ver assinaturas.

  7. #497
    World Class Avatar de Cão
    Data de Ingresso
    01/10/07
    Localização
    Beira Rio
    Posts
    19.726
    Phelps cagando na cara. E ainda falta uma cassetada de posts pra ler
    Registre-se ou faça login para ver assinaturas.

  8. #498
    World Class Avatar de ekalil
    Data de Ingresso
    24/02/08
    Localização
    São Paulo
    Posts
    27.233
    Citação Postado originalmente por DiegoSestito Ver Post
    Citação Postado originalmente por ekalil Ver Post
    Sobre a Grecia, nem tem mto o que comentar. Os caras passaram anos gastando mais do que arrecadam e fazendo dividas. Eles tiveram deficit de 1974 a 2010.

    Eh claro que a culpa disso nao eh diretamente da populacao, mas no final das contas, isso nao faz mta diferenca. Justo ou nao, a atual geracao vai pagar por isso, nao tem o que fazer.
    Tem sim, não pagar. Se é bom ou não para a economia, é discutível (Alias, mais na Grécia do que aqui), mas existe a opção de dar calote e gg.
    Não pagar trará consequências parecidas, já que no curto prazo o governo não vai conseguir se financiar e vai ter que gastar menos do que arrecada. Ou, pior ainda, o país vai fazer mais dúvidas a juros ainda mais altos.

    Economia é complexo, mas isso aí é bem simples, tipo economia doméstica.
    Ace One likes this.
    Registre-se ou faça login para ver assinaturas.

  9. #499
    World Class Avatar de DiegoSestito
    Data de Ingresso
    23/06/12
    Localização
    A, A
    Posts
    7.733
    Citação Postado originalmente por Tche_88 Ver Post
    Citação Postado originalmente por DiegoSestito Ver Post
    Citação Postado originalmente por Tche_88 Ver Post
    Citação Postado originalmente por DiegoSestito Ver Post
    Citação Postado originalmente por Tche_88 Ver Post


    O que vc não entendeu é que não precisa saber o valor. Precisa apenas entender o conceito. Serve para refutar o pensamento de que quanto maior for a taxa do imposto cobrado maior será a arrecadação.

    Engraçado que a teoria austríaca não depende de saber o valor exato onde ocorre o equilíbrio do mercado. Ao contrário, a maioria das políticas de intervenções na economia é necessário saber o ponto de equilíbrio do mercado. Inclusive a teoria de keynes que vc tanto defende. Mas como é seu profeta serve qualquer conta maluca que já serve e é ciência de qualidade.
    É OBVIO que precisa saber o valor, gênio. Se você não sabe, você não pode afirmar nada e a curva se torna inútil. Se o Ymax = 80% ou se Ymax = 20% faz toda a diferença do mundo. O conceito é verdadeiro, vai chegar uma hora que a produção vai diminuir a ponto do governo arrecadar menos do que arredaria caso tributasse menos, isso é um fato. O problema é que sem saber como funciona F(x) e qual é a função quadrática da parábola, o conceito é inútil.

    Engraçado é que a teoria austríaca não depende da matemática, ela é a resposta fácil, ela é o deus das lacunas da economia. Ela diz: Eu não sei como isso funciona, mas ao invés de tentar entender, eu vou fechar meu olho e deixar que o caos impere.
    Não é inútil pq eu posso contestar alguém que acha que aumentando impostos automaticamente vai aumentar arrecadação. Além disso eu posso observar empiricamente como se comporta cada taxa, observar se a arrecadação começa a cair com o aumento do imposto. Vc não devia reclamar dessa precariedade já que as teorias que vc defende funcionam assim e vc chama de ciência verdadeira. Qualquer um que entenda um pouco de economia sabe mais ou menos o desenho da parábola apenas pra vc que é uma loteria. Dito isso, quem precisa se preocupar com isso é keynesiano/socialista que necessitam de altos impostos.

    Engraçado que eu levantei um problema sobre seu profeta e em vez de vc responder com argumentos veio com falinha. É mais fácil?
    Nossa cara, você tem uma dificuldade de entendimento que é fora do comum.

    Você pode contestar sim, nisso você tem razão. O problema é o seguinte: A curva é um conceito, não um modelo matemático. Por ela, o que da pra saber é que uma hora a produção cai o bastante pra arrecadação diminuir, e eu concordo com o conceito. O problema é definir quando isso acontece. A produção cai com 10%, 30%, 70% ou 90%? Não tem como saber isso com a curva, é impossível (e só vai ser possível, quando alguém descobrir qual f(x) a curva segue). Entendeu até aqui?

    Ai você me diz que eu acho que o Keynesianismo e o Socialismo ciências verdadeiras.. Eu não acho. O que eu acho é que é melhor tentar matematizar a economia, do que deixar para o caos decidir. Eu acho muito melhor que tentem descobrir modelos matemáticos para entender como funciona a dinâmica, e para depois disso molda-la de forma benéfica, do que simplesmente dizer que é complexo demais e é melhor deixar cada um por si e rezar pra que de tudo certo.

    E a falinha foi porque o "problema" que você levantou é ridículo. O keynesianismo não precisa de valor exato nenhum, ele precisa de aproximações. As "contas malucas" são modelos matemáticos aproximados, e eles vão funcionar muito melhor do que modelo nenhum, embora como toda aproximação, a porcentagem de acerto não é 100%. O que eu to tentando te dizer é o seguinte: IMO é muito melhor evoluir os modelos, do que chutar o balde e dizer que modelos matemáticos não funcionam e que o cool é a ufologia, digo praxeologia.
    Por isso que é péssimo discutir contigo. Vc sempre vem com as mesmas falácias.

    Os austríacos são contra os modelos matemáticos pq existem variáveis desconhecidas e por causa disso não podemos ter certeza de nada. Um modelo matemático nunca seria preciso por causa disso. É essa a crítica. Não tem nada de ser contra matemática.

    Quando um austríaco diz que é melhor deixar livre é pq não tem nenhuma teoria que melhore a situação. Vc pode ficar ai desenvolvendo suas teorias/modelos matemáticos que se for melhor que deixar livre um austríaco vai aceitar.

    Me explica como não é necessário ser exato já que se vc ficar um pouco acima do ponto de equilibrio quando deveria ficar abaixo as consequências serão opostas das desejadas aumentando ainda mais o problema.

    Ser melhor que modelo nenhum precisa ser debatido.
    Digo o mesmo.

    Para todo modelo matemático, sempre existiu variáveis desconhecidas, até que as variáveis são decifradas e o modelo vai ganhando precisão. Alias, não só na matemática, vários problemas computacionais são resolvidos com precisão aproximada utilizando modelos incompletos.. Ou com algoritmos semi-eurísticos e de lógica difusa. O que você parece acreditar, é que é melhor não ter modelo nenhum do que utilizar modelos aproximados. Só mostra que você não sabe pra onde corre o baralho no assunto.

    Esse é o ponto. Qualquer modelo aproximado é melhor do que modelo nenhum.

    Porque é melhor ter uma base de analise onde Xa e Xb (onde Xa e Xb são máximo e minimo de aproximação) são medidos para encontrar X* (onde X* é o ponto de equilíbrio ideal), do que não ter modelo matemático nenhum e não tentar achar o ponto de equilíbrio. Mas enfim, quitei a discussão, pode ficar com a ultima palavra ai.
    Registre-se ou faça login para ver assinaturas.

  10. #500
    World Class Avatar de DiegoSestito
    Data de Ingresso
    23/06/12
    Localização
    A, A
    Posts
    7.733
    Citação Postado originalmente por ekalil Ver Post
    Citação Postado originalmente por DiegoSestito Ver Post
    Citação Postado originalmente por ekalil Ver Post
    Sobre a Grecia, nem tem mto o que comentar. Os caras passaram anos gastando mais do que arrecadam e fazendo dividas. Eles tiveram deficit de 1974 a 2010.

    Eh claro que a culpa disso nao eh diretamente da populacao, mas no final das contas, isso nao faz mta diferenca. Justo ou nao, a atual geracao vai pagar por isso, nao tem o que fazer.
    Tem sim, não pagar. Se é bom ou não para a economia, é discutível (Alias, mais na Grécia do que aqui), mas existe a opção de dar calote e gg.
    Não pagar trará consequências parecidas, já que no curto prazo o governo não vai conseguir se financiar e vai ter que gastar menos do que arrecada. Ou, pior ainda, o país vai fazer mais dúvidas a juros ainda mais altos.

    Economia é complexo, mas isso aí é bem simples, tipo economia doméstica.
    Por isso que eu falei que não estava discutindo se é melhor ou pior.

    É quase como economia doméstica mesmo. O que precisa ver é: Compensa deixar de receber empréstimos futuros, diminuir a confiança no país para deixar de gastar X por mês do orçamento? Eu não sei se compensa, e nem disse que compensava.

    Quando eu disse que na Grécia é mais discutível que aqui, é que as situações são diferentes. A Grécia não é emergente, ela não vai ter investimento maciço de capital externo de uma hora pra outra (o que diminui o efeito da falta de confiança).
    lagostinha likes this.
    Registre-se ou faça login para ver assinaturas.

Permissões de postagem

  • Você não pode iniciar novos tópicos
  • Você não pode enviar respostas
  • Você não pode enviar anexos
  • Você não pode editar suas mensagens
  •  
© 2007-2019 · MaisEV · Todos os direitos reservados