Clique Aqui [Política] - O andamento e as decisões de nossos governantes - Página 614

Lista de Usuários Marcados

Página 614 de 5058 PrimeiroPrimeiro ... 11451456460461261361461561662466471411141614 ... ÚltimoÚltimo
Resultados 6.131 a 6.140 de 50578
Like Tree60286Likes

Tópico: [Política] - O andamento e as decisões de nossos governantes

  1. #6131
    World Class Avatar de ModdoX
    Data de Ingresso
    19/10/07
    Posts
    6.349
    Citação Postado originalmente por drakee Ver Post
    Citação Postado originalmente por Alvinho Ver Post
    ueh cara, em uma situação os caras tão de boa no shopping, almoçando, e cantam uma música. fazem uma confusão, ok, mas nada que ameace ninguém.

    é totalmente diferente de ir protestar no shopping.
    só o gênio do @Alvinho pra tirar minha duvida em relação a definição de baderna

    alunos da usp fazem "uma confusão, nada que ameace ninguém"

    então rolezinho é protesto, a partir dessa lógica chego a conclusão de que protesto ameaça alguém

    logo baderna é protesto e ameaça
    E você quer essa definição para chegar onde? Qual o seu ponto?
    Registre-se ou faça login para ver assinaturas.

  2. #6132
    World Class Avatar de ekalil
    Data de Ingresso
    24/02/08
    Localização
    São Paulo
    Posts
    27.212
    Alias, se vcs quiserem usar algum exemplo mais extremo, deviam falar da Peruada, que dura o dia todo, para o transito do centro de SP, provoca um puta caos pra um bando de moleque ficar bebado. Tudo bem que eh legal PRA CARALHO, mas eh bem bizarro que isso role de boa ate hj.
    Yves and Dellbono like this.
    Registre-se ou faça login para ver assinaturas.

  3. #6133
    Expert Avatar de drakee
    Data de Ingresso
    31/10/08
    Posts
    2.727
    toda faculdade tem seus folgados otários que vão responder pra qqr um (policial, juiz ou papa) prq são filhos de não sei quem ou prq são marombados da gracie MMA motherfuckin gym.... eu não boto a mão no fogo por todo mundo da minha faculdade pra dizer que todo mundo se comporta com ou sem álcool, até porque álcool é o menor dos problemas na "cena" universitária

    parem de ser generalistas e simplistas, pouco importa o argumento (e video) da FEA no shopping (fazendo uma bagunça by @Alvinho) e pouco importa se a reação de 4,5,10,20 caras do rolezin é agressiva ou fora da lei (que sejam presos ora)

    O que importa é que tem centenas de pessoas da periferia com o sonho (pifeo) de viver uma vida com roupas de marca e que de alguma forma isso incomoda a família brasileira
    JoseIrineu and Fonteles like this.
    Registre-se ou faça login para ver assinaturas.

  4. #6134
    World Class Avatar de ekalil
    Data de Ingresso
    24/02/08
    Localização
    São Paulo
    Posts
    27.212
    Citação Postado originalmente por drakee Ver Post
    O que importa é que tem centenas de pessoas da periferia com o sonho (pifeo) de viver uma vida com roupas de marca e que de alguma forma isso incomoda a família brasileira
    Mas isso nao eh novidade, ne?
    Fonteles likes this.
    Registre-se ou faça login para ver assinaturas.

  5. #6135
    World Class Avatar de gekinganger
    Data de Ingresso
    10/03/08
    Localização
    Vila Velha - ES
    Posts
    8.778
    A melhor coisa a se fazer é o shopping se preparar pra receber essas pessoas da formas mais cordial o possivel.
    Talvez colocando até cantores de funk e os seguranças cantarem funk tb, pra faze-los ficarem mais a vontade ainda.

    Se rolasse algo, faz o q é feio qdo não tem rolezão.
    O Segurança segura a pessoa, se não consegue pegar a pessoa, espera a policia fazer algo. como acontece normalmente.
    Se eu entro na C&A e saio correndo com 2 calças o segurança vai atrás de mim e se ele não me alcançar a seguradora cobre o valor da calça e a policia é acionada pra me procurar.

    O que não pode fazer é barrar, é ficar amedrontado e tal, mesmo pq eles não vão la pra colocar medo em ninguem.

    As pessoas tem medo de quem usa boné de aba reta por puro preconceito.
    Mas se a vendendora chegar e falar boa tarde meus jovens, que um copo dagua?
    que ver nossa coleção de verão?
    Vcs realmente acreditam que ela seria agredida?

    Mas continuando.
    Barrando vc só instiga mais o povo a fazer cada vez mais.
    Rolando como a coisa mais normal do mundo, depois de alguns dias ninguem mas vai querer fazer rolezão pq fica sem graça de fazer algo em um lugar que é tão bem tratado.
    JoseIrineu and Fonteles like this.
    Registre-se ou faça login para ver assinaturas.

  6. #6136
    World Class Avatar de gekinganger
    Data de Ingresso
    10/03/08
    Localização
    Vila Velha - ES
    Posts
    8.778
    realmente a "periferia" frequenta os shoppings, aqui em Vitória é a mesma coisa. O shopping principal da cidade vive lotado com o pessoal das classes mais baixas, sendo que existem outros shoppings do mesmo nivel em outros cantos da cidade e as vezes mais perto deles mas eles nem tchum pra eles.

    Mas qdo vc vai com alguns amigos não rola confusão ou se rola é algo muito pontual.

    Agora coloca +100 pessoas as chances são muito maiores ainda mais qdo essas pessoas são recebidas com de forma hostil.
    Fonteles likes this.
    Registre-se ou faça login para ver assinaturas.

  7. #6137
    Expert Avatar de drakee
    Data de Ingresso
    31/10/08
    Posts
    2.727
    Citação Postado originalmente por ekalil Ver Post
    Citação Postado originalmente por drakee Ver Post
    O que importa é que tem centenas de pessoas da periferia com o sonho (pifeo) de viver uma vida com roupas de marca e que de alguma forma isso incomoda a família brasileira
    Mas isso nao eh novidade, ne?
    bingo!
    mas é isso que eu to dizendo a tarde toda...
    pra que quebrar a cabeça com essa discussão ideologica se o assunto é tão simples, existe uma parte da sociedade que não se sente bem com a outra e vice-versa

    vcs estão criando argumentos pra tentar legitimar (ou deslegitimar) a proibição do movimento no JK qnd é bem óbvio o prq da proibição...

    Por isso que a palavra "Baderna" é chave @ModdoX, ela exemplifica essa intenção em justificar uma posição contrária ao rolezin, um termo extremamente vago, como se não fosse uma posição discriminatória...
    Fonteles likes this.
    Registre-se ou faça login para ver assinaturas.

  8. #6138
    otário Avatar de bueno09
    Data de Ingresso
    20/09/07
    Posts
    5.308
    Citação Postado originalmente por JoseIrineu Ver Post
    Citação Postado originalmente por bueno09 Ver Post
    "É que de alguma maneira parece que vc acha que a parada da fea é mais válida do que o rolezinho, eu só estou tentando entender isso."

    Tipo, imo, se vc tá levando pro lado da FEA levar pessoal pra shopping e fazer barulho vc já ta enxergando errado e tá buscando arrumar motivo pra transformar isso em algo sobre a classe média preconceituosa. Quando não é sobre isso.


    Tão tentando levar a discussão pruma questão de ocupar espaços públicos, que é protesto velado contra uma sociedade que impede a periferia de compartilhar alguns espaços. Quando não é a sociedade que impede porra nenhuma, é só a realidade econômica.
    Tipo, ocupação de espaço público, quebra de preconceito só acontece quando as pessoas começam a conviver em alguma harmonia pq vc vai e ve que o cara não é muito diferente de você.
    O Cara se quiser ir pegar o carro dele e ir até a praia na Riviera, Maresias, Juquehy ele vai. Se ele quiser pegar o ônibus e ir no JK e depois no Parque do Povo ele vai, o problema é quando vc fode a convivência as reações começam a acontecer.

    Eu tenho casa lá em Bertioga no Indaiá, todos os anos da minha vida até uns 20 anos eu fui passar férias lá, no caminho pra Bertioga tem cidades de periferia como Guarulhos, Mogi, Suzano, Franco da Rocha, Poá, com o tempo a periferia foi começando a ir mais pra lá (ai conforme isso foi acontecendo galera começou a construir mais casa, alugar, abrir pousada barata, coisa assim)
    E começou a ficar pior ir pra praia lá, não pq tava mais cheia ou menos cheia, mas pq a periferia não tem educação, pq mexe com tua mina, pq joga lixo na praia e não tá nem aí, pq não tem respeito com nada e tal (não to generalizando, to só dizendo que isso acontece mais quando a periferia tá envolvida e isso é um fato pela baixa instrução dos caras)
    A consequencia disso é que as pessoas pararam de ir pra lá, eu não vou mais em feriados, fim de semana e tal. E imo não tem nada de preconceito, é só uma experiência que eu não quero mais passar, meu caseiro que tinha 2 filhas pequenas apanhou de 6 caras pq foi pedir pros caras tirarem o carro da frente da nossa garagem e abaixar o som, nego chutou no chão e o cacete, mas aí nego de esquerda que quer pagar de justiceiro social vem falar que é uma sociedade que não quer se misturar. E esse tipo de pensamento é o que fode tudo, pq tira a parcela da culpa da periferia, que é tratar o resto da sociedade como inimigo, cagar e andar pra um monte de convenção social e tal
    Tipo, quanto menos merda rolasse, mais de boa as pessoas estariam pra conviver com gente da periferia junto e imo enquanto o foco da discussão for os preconceitos da classe média e não o conjunto disso tudo, a periferia vai continuar excluida e vista com os mesmos olhares de sempre, pq ela sente que não tem culpa de nada, quando tem culpa de mta coisa
    Eu até consigo entender isso que você está falando, eu realmente só não tenho uma solução. Será que é se fechar cada vez mais? A raiva que o nego carrega por ser excluído não é um atenuante? Uma vez que se ele não se sentir excluído, o comportamento de inimigo vá deixar de existir? Se uma parte da cidade continuar se fechando não vai ser pior?

    Acho a comparação muito válida sim com o vídeo da FEA, o cara da FEA entra no shopping, se sente parte daquilo e tem a tendência a respeitar bem mais a parada, mas com um grupo daquele tamanho, nego se sentindo no direito de invadir o shopping pra comemorar a faculdade, se alguém veta a parada? O comportamento ia ser de "estudante"? Eu tendo a achar que não.

    Seu caseiro tomou porrada de nego da perifa, mas poderia ser de boy também, vc sabe que isso acontece. Qualquer praia cheia vai ter problema, o problema é juntar uma pa de ser humano, qualquer praia mais vazia vai ser melhor, então a questão do meu ponto de vista não é a periferia ter invadido, é ter sido invadido ponto, querer atribuir isso somente a periferia acho um pouco perverso, embora eu reconheça que você tenha razão em dizer que a periferia se comporta de maneira diferente e as vezes de uma maneira pior perante o que a gente entende como respeito, mas isso é uma parte da periferia não ela toda e é um comportamento que playboy tem também em grupo.

    Quando eu tenho certeza sobre um assunto é diferente, nesse caso eu não sei de nada, tenho mais perguntas que respostas mesmo.
    Cara, eu tive e tenho muito contato com boy, e boy também tem alguns dos problemas que a sensação de grupo forte causa, igual na periferia. Mas claramente os problemas que eles causam são menores. (e ai tem q saber seu conceito de boy, tipo boy PUC ou Mackenzie ou boy Anhembi Morumbi/Unip, imo o anhembi morumbi tá bem mais perto do perifa do que do boy da PUC, eu to falando mais em boy Puc/mack da vida).

    Eu não consigo de maneira alguma ver um grupo de boys espancando meu caseiro, eu até consigo ver grupos assim brigando entre si, mas não consigo ver a reação ser de porrada se meu caseiro chegasse lá pra pedir pra tirarem o carro da entrada da garagem. (isso na média claro, tem boy que queima Indio e os caralhos)

    Eu com minha ex-namorada não consegui ficar 1h na praia de tanto nego mexendo com ela na minha frente, a solução foi pegar o carro e ir até Juquehy (onde tem boy pra kct em grupo tbm) e ngm nunca mexeu com ela lá.

    Eu já fiz um monte de trote, pedágio e o cacete, e em grupo de tipo 50, 60 pessoas. Em muito lugar que a gente chegava vinha policia, guarda comunitaria e até comerciante e pedia pra gente sair e a gente saía, sem causar um problema. Simplesmente pq a gente não tem essa tensão toda. Não é questão de se sentir parte de nada.

    Acho que o problema de tudo é a tensão, que nego solta quando tá protegido pela coletividade, seja em torcida seja em rolezinho.
    E isso é aumentado na minha opinião por cultura do Rap, Racionais da vida que por muito tempo trataram todo o resto da sociedade como inimigos, e isso vai entrando na cabeça do jovem da periferia (não a toa o número de assassinatos em roubos aumentou, tipo o cara não assalta só, o cara assalta, esculacha , humilha e as vezes mata depois) .
    Acho que cada vez que vc trata o cara do outro lado como inimigo vc obriga o cara se defender e isso gera mais e mais problemas, segregação e o caralho.
    Eles deviam aprender com o Mandela, que teve toda a chance do mundo pra vingança , fuder os brancos (que era o que os apoiadores dele queriam) e foi homem o bastante de peitar tudo isso e ver que tratando como inimigo não ia resolver nada, pelo contrário. E se a África do Sul hoje ainda não é exemplo de sociedade igualitária, com certeza absoluta a relação entre brancos e negros está melhor depois que os negros pararam de tratar os brancos como inimigos.

    Tipo, a sociedade tá num momento cada vez menos preconceituosa, mais tolerante, galera conservadora morrendo, pessoal se isolando menos, mas se a periferia continuar com a mentalidade a gente contra eles a tendência é que a defesa a isso seja mais segregação
    Registre-se ou faça login para ver assinaturas.

  9. #6139
    World Class Avatar de ekalil
    Data de Ingresso
    24/02/08
    Localização
    São Paulo
    Posts
    27.212
    e @JoseIrineu, pelo menos um pedido de desculpas por me chamar de desonesto sem razao, ne? So pq leu errado o que escrevi...nao rola nao?
    Registre-se ou faça login para ver assinaturas.

  10. #6140
    otário Avatar de bueno09
    Data de Ingresso
    20/09/07
    Posts
    5.308
    Citação Postado originalmente por Fonteles Ver Post
    Citação Postado originalmente por bueno09 Ver Post
    "É que de alguma maneira parece que vc acha que a parada da fea é mais válida do que o rolezinho, eu só estou tentando entender isso."

    Tipo, imo, se vc tá levando pro lado da FEA levar pessoal pra shopping e fazer barulho vc já ta enxergando errado e tá buscando arrumar motivo pra transformar isso em algo sobre a classe média preconceituosa. Quando não é sobre isso.


    Tão tentando levar a discussão pruma questão de ocupar espaços públicos, que é protesto velado contra uma sociedade que impede a periferia de compartilhar alguns espaços. Quando não é a sociedade que impede porra nenhuma, é só a realidade econômica.
    Tipo, ocupação de espaço público, quebra de preconceito só acontece quando as pessoas começam a conviver em alguma harmonia pq vc vai e ve que o cara não é muito diferente de você.
    O Cara se quiser ir pegar o carro dele e ir até a praia na Riviera, Maresias, Juquehy ele vai. Se ele quiser pegar o ônibus e ir no JK e depois no Parque do Povo ele vai, o problema é quando vc fode a convivência as reações começam a acontecer.

    Eu tenho casa lá em Bertioga no Indaiá, todos os anos da minha vida até uns 20 anos eu fui passar férias lá, no caminho pra Bertioga tem cidades de periferia como Guarulhos, Mogi, Suzano, Franco da Rocha, Poá, com o tempo a periferia foi começando a ir mais pra lá (ai conforme isso foi acontecendo galera começou a construir mais casa, alugar, abrir pousada barata, coisa assim)
    E começou a ficar pior ir pra praia lá, não pq tava mais cheia ou menos cheia, mas pq a periferia não tem educação, pq mexe com tua mina, pq joga lixo na praia e não tá nem aí, pq não tem respeito com nada e tal (não to generalizando, to só dizendo que isso acontece mais quando a periferia tá envolvida e isso é um fato pela baixa instrução dos caras)
    A consequencia disso é que as pessoas pararam de ir pra lá, eu não vou mais em feriados, fim de semana e tal. E imo não tem nada de preconceito, é só uma experiência que eu não quero mais passar, meu caseiro que tinha 2 filhas pequenas apanhou de 6 caras pq foi pedir pros caras tirarem o carro da frente da nossa garagem e abaixar o som, nego chutou no chão e o cacete, mas aí nego de esquerda que quer pagar de justiceiro social vem falar que é uma sociedade que não quer se misturar. E esse tipo de pensamento é o que fode tudo, pq tira a parcela da culpa da periferia, que é tratar o resto da sociedade como inimigo, cagar e andar pra um monte de convenção social e tal
    Tipo, quanto menos merda rolasse, mais de boa as pessoas estariam pra conviver com gente da periferia junto e imo enquanto o foco da discussão for os preconceitos da classe média e não o conjunto disso tudo, a periferia vai continuar excluida e vista com os mesmos olhares de sempre, pq ela sente que não tem culpa de nada, quando tem culpa de mta coisa
    Velho, essa é uma das críticas que eu faço ao pensamento de esquerda, qual seja, a de justamente transferir a "culpa" do indivíduo para o sistema.

    No entanto, existe muita coisa que vitimiza sim a população carente. E, obviamente, você sabe disso.

    O rolezin é isso que o Irineu argumentou mesmo: um sintoma. Jovens obcecados pelo consumismo que querem participar do consumo. Eles estão errados neste quesito. Só que parece que antes mesmo de houver qualquer ilícito, já existe uma criminalização da reunião. E isso não é justo.
    Cara, acho que nao tem nada a ver rolezinho com querer participar do consumo.
    O cara quer participar do consumo, ele vai no shopping compra roupa na loja de surf, compra oculos e paga em 6x no cartão, a sociedade inclusive tá incentivando isso, crédito fácil, propaganda perifa, etc.
    Agora o cara cria página no facebook e 3000 pessoas vão no shopping não é querer participar do consumo.

    Tão falando como se a sociedade não quisesse essas pessoas consumindo, quando na verdade o que a sociedade não quer é 3000 pessoas carregadas de tensão tocando puteiro em algum lugar.
    Registre-se ou faça login para ver assinaturas.

Permissões de postagem

  • Você não pode iniciar novos tópicos
  • Você não pode enviar respostas
  • Você não pode enviar anexos
  • Você não pode editar suas mensagens
  •  
© 2007-2019 · MaisEV · Todos os direitos reservados