Clique Aqui [Política] - O andamento e as decisões de nossos governantes - Página 5060

Lista de Usuários Marcados

Página 5060 de 5073 PrimeiroPrimeiro ... 40604560496050105050505850595060506150625070 ... ÚltimoÚltimo
Resultados 50.591 a 50.600 de 50726
Like Tree60452Likes

Tópico: [Política] - O andamento e as decisões de nossos governantes

  1. #50591
    World Class Avatar de Picinin
    Data de Ingresso
    20/10/07
    Posts
    11.452
    Citação Postado originalmente por VitorT Ver Post
    Citação Postado originalmente por Picinin Ver Post
    Não conheço a situação do Chile pra falar com propriedade, e tô longe de acreditar no liberalismo como panaceia, mas há uma enorme distância entre a realidade objetiva e a percepção da população. E também não há relação entre realidade objetiva e protestos.

    É só olhar o caso do Brasil. De 2013, a situação política e econômica só degringolou, mas nenhuma onda de protestos chegou perto do que rolou em junho de 2013.
    Que pérola!! kkk E ganha like ainda, sempre dos mesmos... Existem pelo menos três tipos de mínimos na discussão política atual: os lulaminios, os bolsominios e os liberaisminions. Todos igualmente cegos.
    Sumiu três meses e voltou pra passar vergonha. De novo.

    Pelo menos dessa vez você aprendeu alguma coisa e não tentou argumentar, porque sempre que tenta, toma uma carcada e sai de mansinho.

    Você não tem um mínimo de dignidade, né, moleque?
    Taleb and Andre Castro like this.
    Registre-se ou faça login para ver assinaturas.

  2. #50592
    World Class Avatar de Picinin
    Data de Ingresso
    20/10/07
    Posts
    11.452
    Citação Postado originalmente por sopro Ver Post
    Citação Postado originalmente por Picinin Ver Post
    Não conheço a situação do Chile pra falar com propriedade, e tô longe de acreditar no liberalismo como panaceia, mas há uma enorme distância entre a realidade objetiva e a percepção da população. E também não há relação entre realidade objetiva e protestos.

    É só olhar o caso do Brasil. De 2013, a situação política e econômica só degringolou, mas nenhuma onda de protestos chegou perto do que rolou em junho de 2013.

    Pode haver uma enorme distância mesmo, não descarto, mas não acho que uma população satisfeita com o país faria o que estão fazendo - ao contrário. Assim como apesar do Brasil hoje ser pior que em 2013, a população em 2013 não estava satisfeita. Também não deve ser descartada que as primeiras gerações de aposentados do "novo" regime da previdência começaram a se aposentar relativamente há pouco tempo e sentir na prática os efeitos desse modelo. Tanto que uma das medidas que o Piñera tomou como tentativa de acalmar a população é exatamente aumentar o valor que se recebe de aposentadoria.

    Btw, essa matéria da BBC ajuda a entender um pouco do contexto geral dos protestos.
    Meu ponto não é esse. Meu ponto é que a insatisfação da população não decorre de uma piora das suas condições. Pelo contrário, o que a história vem demonstrando é que a população fica insatisfeita quando há uma melhora na sua condição (e possivelmente uma redução no ritmo de melhora). Ou seja, tem mais a ver com a expectativa do que com uma melhora ou piora objetiva nas condições de vida.

    Pelas pesquisas que eu vi, a revolta não é da turma que tá na idade de aposentar, é dos mais jovens (como esperado).

    Em suma, o que eu tô querendo dizer é que a satisfação da população não tem a ver com as condições objetivas porque as pessoas, em geral, não são racionais. É só olhar como a maioria da população acha que tá em situação pior da que efetivamente está (os ricos no Brasil acham que são classe média, metade da população acha que tá entre os 80% mais pobres, as pessoas tendem a achar que a vida era melhor no passado - como se vê das viúvas da ditadura). Logo, não dá pra usar protesto como parâmetro para avaliar governos ou políticas públicas.
    lagostinha, TNP, Taleb and 2 others like this.
    Registre-se ou faça login para ver assinaturas.

  3. #50593
    World Class Avatar de Picinin
    Data de Ingresso
    20/10/07
    Posts
    11.452
    Citação Postado originalmente por sopro Ver Post
    Tem esse aqui também com mais alguns detalhes: https://www.bbc.com/mundo/noticias-50086133

    Importante destacar: En el caso de Chile, después de la alimentación, el transporte es el segundo gasto más importante de las familias, seguido por la vivienda y los servicios básicos, según datos de la Encuesta de Presupuestos Familiares.
    Não entendi. Não tem nada de anormal nisso, é a mesma coisa aqui:

    https://g1.globo.com/economia/notici...nta-ibge.ghtml
    Registre-se ou faça login para ver assinaturas.

  4. #50594
    Professional
    Data de Ingresso
    30/10/17
    Posts
    323
    Citação Postado originalmente por Picinin Ver Post
    Citação Postado originalmente por VitorT Ver Post
    Citação Postado originalmente por Picinin Ver Post
    Não conheço a situação do Chile pra falar com propriedade, e tô longe de acreditar no liberalismo como panaceia, mas há uma enorme distância entre a realidade objetiva e a percepção da população. E também não há relação entre realidade objetiva e protestos.

    É só olhar o caso do Brasil. De 2013, a situação política e econômica só degringolou, mas nenhuma onda de protestos chegou perto do que rolou em junho de 2013.
    Que pérola!! kkk E ganha like ainda, sempre dos mesmos... Existem pelo menos três tipos de mínimos na discussão política atual: os lulaminios, os bolsominios e os liberaisminions. Todos igualmente cegos.
    Sumiu três meses e voltou pra passar vergonha. De novo.

    Pelo menos dessa vez você aprendeu alguma coisa e não tentou argumentar, porque sempre que tenta, toma uma carcada e sai de mansinho.

    Você não tem um mínimo de dignidade, né, moleque?
    Vixiii. Talvez mais delirante que as outras espécies de mínions. Na cabecinha dele, acha que tá abafando. Argumentação totalmente desconexa da realidade e termina com um: te humilhei, eu sou o fodão... rsrs. E cada vez mais agressivos e já se organizando em grupos, um escreve e o outro curte. Estamos bem.
    Fuut likes this.
    Registre-se ou faça login para ver assinaturas.

  5. #50595
    Professional
    Data de Ingresso
    30/10/17
    Posts
    323
    Citação Postado originalmente por Picinin Ver Post
    Citação Postado originalmente por sopro Ver Post
    Citação Postado originalmente por Picinin Ver Post
    Não conheço a situação do Chile pra falar com propriedade, e tô longe de acreditar no liberalismo como panaceia, mas há uma enorme distância entre a realidade objetiva e a percepção da população. E também não há relação entre realidade objetiva e protestos.

    É só olhar o caso do Brasil. De 2013, a situação política e econômica só degringolou, mas nenhuma onda de protestos chegou perto do que rolou em junho de 2013.

    Pode haver uma enorme distância mesmo, não descarto, mas não acho que uma população satisfeita com o país faria o que estão fazendo - ao contrário. Assim como apesar do Brasil hoje ser pior que em 2013, a população em 2013 não estava satisfeita. Também não deve ser descartada que as primeiras gerações de aposentados do "novo" regime da previdência começaram a se aposentar relativamente há pouco tempo e sentir na prática os efeitos desse modelo. Tanto que uma das medidas que o Piñera tomou como tentativa de acalmar a população é exatamente aumentar o valor que se recebe de aposentadoria.

    Btw, essa matéria da BBC ajuda a entender um pouco do contexto geral dos protestos.
    Meu ponto não é esse. Meu ponto é que a insatisfação da população não decorre de uma piora das suas condições. Pelo contrário, o que a história vem demonstrando é que a população fica insatisfeita quando há uma melhora na sua condição (e possivelmente uma redução no ritmo de melhora). Ou seja, tem mais a ver com a expectativa do que com uma melhora ou piora objetiva nas condições de vida.

    Pelas pesquisas que eu vi, a revolta não é da turma que tá na idade de aposentar, é dos mais jovens (como esperado).

    Em suma, o que eu tô querendo dizer é que a satisfação da população não tem a ver com as condições objetivas porque as pessoas, em geral, não são racionais. É só olhar como a maioria da população acha que tá em situação pior da que efetivamente está (os ricos no Brasil acham que são classe média, metade da população acha que tá entre os 80% mais pobres, as pessoas tendem a achar que a vida era melhor no passado - como se vê das viúvas da ditadura). Logo, não dá pra usar protesto como parâmetro para avaliar governos ou políticas públicas.
    Se alguém, algum dia, precisar dar um exemplo do que é o discurso de um reacionário, só copiar e colar o post acima.
    Registre-se ou faça login para ver assinaturas.

  6. #50596
    World Class Avatar de sopro
    Data de Ingresso
    30/08/09
    Localização
    Moisés Lucarelli
    Posts
    19.568
    Citação Postado originalmente por Picinin Ver Post
    Citação Postado originalmente por sopro Ver Post
    Citação Postado originalmente por Picinin Ver Post
    Não conheço a situação do Chile pra falar com propriedade, e tô longe de acreditar no liberalismo como panaceia, mas há uma enorme distância entre a realidade objetiva e a percepção da população. E também não há relação entre realidade objetiva e protestos.

    É só olhar o caso do Brasil. De 2013, a situação política e econômica só degringolou, mas nenhuma onda de protestos chegou perto do que rolou em junho de 2013.

    Pode haver uma enorme distância mesmo, não descarto, mas não acho que uma população satisfeita com o país faria o que estão fazendo - ao contrário. Assim como apesar do Brasil hoje ser pior que em 2013, a população em 2013 não estava satisfeita. Também não deve ser descartada que as primeiras gerações de aposentados do "novo" regime da previdência começaram a se aposentar relativamente há pouco tempo e sentir na prática os efeitos desse modelo. Tanto que uma das medidas que o Piñera tomou como tentativa de acalmar a população é exatamente aumentar o valor que se recebe de aposentadoria.

    Btw, essa matéria da BBC ajuda a entender um pouco do contexto geral dos protestos.
    Meu ponto não é esse. Meu ponto é que a insatisfação da população não decorre de uma piora das suas condições. Pelo contrário, o que a história vem demonstrando é que a população fica insatisfeita quando há uma melhora na sua condição (e possivelmente uma redução no ritmo de melhora). Ou seja, tem mais a ver com a expectativa do que com uma melhora ou piora objetiva nas condições de vida.

    Pelas pesquisas que eu vi, a revolta não é da turma que tá na idade de aposentar, é dos mais jovens (como esperado).

    Em suma, o que eu tô querendo dizer é que a satisfação da população não tem a ver com as condições objetivas porque as pessoas, em geral, não são racionais. É só olhar como a maioria da população acha que tá em situação pior da que efetivamente está (os ricos no Brasil acham que são classe média, metade da população acha que tá entre os 80% mais pobres, as pessoas tendem a achar que a vida era melhor no passado - como se vê das viúvas da ditadura). Logo, não dá pra usar protesto como parâmetro para avaliar governos ou políticas públicas.

    Nesse contexto é ainda mais normal que sejam os mais jovens estarem no grosso dos protestos. Ou porque estão vendo o que está acontecendo com os pais ou porque estão vendo o que está acontecendo e não querem que isso aconteça com eles. Quem já está aposentado não tem muito o que fazer, as cartas já foram dadas e a mão já começou. Quem ainda não aposentou que é o principal interessado nesse tipo de mudança. Isso falando da aposentadoria, mas o transporte que foi o estopim também é algo que afeta mais quem ainda está no mercado de trabalho, principalmente em posições mais baixas, do que com a população mais velho e/ou aposentada.

    O quote de baixo foi só pra contextualizar, que o gatilho dos protestos não foi por bobagem e que naquela realidade andar de ônibus/comboio/metrô para uma família sai mais caro do que pagar aluguel ou parcela de financiamento de casa.

    E concordemos, o fato de no Brasil também ser super caro não torna isso normal.
    Registre-se ou faça login para ver assinaturas.

  7. #50597
    Table Captain Avatar de Mooita
    Data de Ingresso
    10/09/12
    Localização
    Floripa
    Posts
    924
    Parece que a casa vai cair pra alguém hahaha
    Preacher likes this.
    Registre-se ou faça login para ver assinaturas.

  8. #50598
    Expert
    Data de Ingresso
    27/12/09
    Posts
    2.669
    Picinin, ColinsFil and Mooita like this.
    Registre-se ou faça login para ver assinaturas.

  9. #50599
    Table Captain Avatar de Fuut
    Data de Ingresso
    02/12/15
    Localização
    Paraná
    Posts
    692
    Quando será que a Rede Globo vai fazer uma reportagem sobre isso aqui:
    https://veja.abril.com.br/politica/m...-celso-daniel/

    Deecken likes this.
    Registre-se ou faça login para ver assinaturas.

  10. #50600
    Table Captain Avatar de Mooita
    Data de Ingresso
    10/09/12
    Localização
    Floripa
    Posts
    924
    Citação Postado originalmente por Fuut Ver Post
    Quando será que a Rede Globo vai fazer uma reportagem sobre isso aqui:
    https://veja.abril.com.br/politica/m...-celso-daniel/

    E ai seu passa pano de merda, não vai comentar o caso envolvendo teu ídolo? Seu protetor de bandido!
    Gado puro!
    JoseIrineu likes this.
    Registre-se ou faça login para ver assinaturas.

Permissões de postagem

  • Você não pode iniciar novos tópicos
  • Você não pode enviar respostas
  • Você não pode enviar anexos
  • Você não pode editar suas mensagens
  •  
© 2007-2019 · MaisEV · Todos os direitos reservados