Clique Aqui [Política] - O andamento e as decisões de nossos governantes - Página 5045

Lista de Usuários Marcados

Página 5045 de 5079 PrimeiroPrimeiro ... 40454545494549955035504350445045504650475055 ... ÚltimoÚltimo
Resultados 50.441 a 50.450 de 50789
Like Tree60544Likes

Tópico: [Política] - O andamento e as decisões de nossos governantes

  1. #50441
    Professional
    Data de Ingresso
    30/10/17
    Posts
    325
    Citação Postado originalmente por Picinin Ver Post
    Citação Postado originalmente por VitorT Ver Post


    Difícil conversar com quem não entende o mínimo de lógica. O princípio é sim o mesmo nesse caso, assim como o princípio do IR é o mesmo, não importa se vc paga o carnê leão mensalmente ou paga tudo de uma vez no final do ano (ou poderia pagar a cada 5 anos, 10 anos... se o governo tivesse caixa pra se financiar nesse período). Não se esta taxando a pessoa, está se taxando a fortuna. Quer pagar anualmente uma taxa ou deixar pra pagar tudo no final da vida? No longo prazo, na média, dá na mesma, se as alíquotas forem calculadas corretamente. Embora, individualmente, quanto menor o prazo maior a variância (vc pode ter o bem/renda, pagar o imposto, e depois acabar perdendo o bem/renda, e aí o imposto já tá pago; mas isso acontece com qualquer imposto, a menos justamente o sobre herança, por isso é um ótimo de se ter).

    Empáfia é a sua, pelo nível de raciocínio que vc demostra correntemente.
    Pra variar, o moleque - que não entendeu nada do que eu disse, porque nunca leu uma linha sobre tributação ou política fiscal - desconversa, fala meia-dúzia de generalidades e platitudes, e acha que saiu abafando... E tudo isso para não admitir que confundiu IGF com ITCMD, o que já demonstra o grau da ignorância. LOL
    Essa é a diferença básica entre nós: vc parece que lê demais, porém reflete, ou compreende, muito pouco sobre o que leu. Se algo não se encaixa exatamente naquilo que vc leu em algum lugar, não pode estar certo! Isso é evidente nos seus posts: criatividade e originalidade zero na hora de escrever. Se apega e critica detalhes, pq não compreende as ideias gerais.

    Fica um conselho do Einstein: Reading, after a certain age, diverts the mind too much from its creative pursuits. Any man who reads too much and uses his own brain too little falls into lazy habits of thinking.

    E não vou lhe responder mais. Só me dirigi a vc, depois de muito tempo, pq quotou o meu post, mas nem isso farei mais (prefiro deixar o fórum).
    Registre-se ou faça login para ver assinaturas.

  2. #50442
    World Class Avatar de gekinganger
    Data de Ingresso
    10/03/08
    Localização
    Vila Velha - ES
    Posts
    8.779
    Tava aqui de madrugada em vez de dormir analisando um grafico...
    https://www.google.com/publicdata/ex...l=pt&ind=false

    Chile grande sucesso do liberalismo...
    Saida do Pinochet em 1990 o Chile era o pais mais pobre dos 4, no PPC per capita (Brasil, Argentina, Colombia e Chile).
    De 1990 - 94 o Presidente foi Patricio Aylwin foi eleito pela Concertación, uma coligação mais de centro-esquerda.
    1994 - 2000 o Presidente foi Eduardo Frei Ruiz-Tagle da mesma Concertación.
    2000 - 2006 Ricardo Lagos do Partido Socialista do Chile (PS)
    2006 - 2010 Michelle Bachelet do PS tb.
    2010 - 2014 Sebastián Piñera do Renovação Nacional - Centro Direita.
    2014 - 2018 Michelle Bachelet do PS novamente.
    2018 - ... Volta do Sebastián Piñera

    O grafico vai até 2017, então vamos ter que excluir esse ultimo...
    De 1990 até 2017 foram 27 anos sendo que em 23 anos alguma ala da esquerda estava no poder. Contando com os 13 anos do Partido Socialista no poder diretamente. A direita nesse grafico participou por 4 anos.

    1)É honesto dizer que os avanços do Chile vieram majoritariamente por causa das politicas liberais do periodo de 73-90?

    Os dados começavam em 90, antes disso só tinha em dolar, mas se alguem tiver e mostrar que essa evolução vinha antes de 90, vai ajudar bastante a explicar o mérito do liberalismo...
    Registre-se ou faça login para ver assinaturas.

  3. #50443
    World Class Avatar de Picinin
    Data de Ingresso
    20/10/07
    Posts
    11.474
    Citação Postado originalmente por VitorT Ver Post
    Citação Postado originalmente por Picinin Ver Post
    Citação Postado originalmente por VitorT Ver Post


    Difícil conversar com quem não entende o mínimo de lógica. O princípio é sim o mesmo nesse caso, assim como o princípio do IR é o mesmo, não importa se vc paga o carnê leão mensalmente ou paga tudo de uma vez no final do ano (ou poderia pagar a cada 5 anos, 10 anos... se o governo tivesse caixa pra se financiar nesse período). Não se esta taxando a pessoa, está se taxando a fortuna. Quer pagar anualmente uma taxa ou deixar pra pagar tudo no final da vida? No longo prazo, na média, dá na mesma, se as alíquotas forem calculadas corretamente. Embora, individualmente, quanto menor o prazo maior a variância (vc pode ter o bem/renda, pagar o imposto, e depois acabar perdendo o bem/renda, e aí o imposto já tá pago; mas isso acontece com qualquer imposto, a menos justamente o sobre herança, por isso é um ótimo de se ter).

    Empáfia é a sua, pelo nível de raciocínio que vc demostra correntemente.
    Pra variar, o moleque - que não entendeu nada do que eu disse, porque nunca leu uma linha sobre tributação ou política fiscal - desconversa, fala meia-dúzia de generalidades e platitudes, e acha que saiu abafando... E tudo isso para não admitir que confundiu IGF com ITCMD, o que já demonstra o grau da ignorância. LOL
    Essa é a diferença básica entre nós: vc parece que lê demais, porém reflete, ou compreende, muito pouco sobre o que leu. Se algo não se encaixa exatamente naquilo que vc leu em algum lugar, não pode estar certo! Isso é evidente nos seus posts: criatividade e originalidade zero na hora de escrever. Se apega e critica detalhes, pq não compreende as ideias gerais.

    Fica um conselho do Einstein: Reading, after a certain age, diverts the mind too much from its creative pursuits. Any man who reads too much and uses his own brain too little falls into lazy habits of thinking.

    E não vou lhe responder mais. Só me dirigi a vc, depois de muito tempo, pq quotou o meu post, mas nem isso farei mais (prefiro deixar o fórum).
    Hahaha. E o roteiro se repete. Fala merda, é contestado, responde com soberba, passa vergonha de novo, parte pra um ad hominem nonsense (a última é que eu tinha inveja de quem estudou na Federal) e some do fórum. Só espero que o final seja o mesmo.
    lagostinha, Andrade_87 and Taleb like this.
    Registre-se ou faça login para ver assinaturas.

  4. #50444
    World Class Avatar de lagostinha
    Data de Ingresso
    27/09/07
    Posts
    27.367
    Images
    2
    hj recebi um video da igreja crista do pt, pqp, me falem que he fake, pq se o pt esta apelando ate pra isso agora ai nao da mais msm haha, q partido patetico
    Registre-se ou faça login para ver assinaturas.

  5. #50445
    Professional
    Data de Ingresso
    08/09/14
    Posts
    328
    O futebol morreu. geração palavras machucam
    https://amp.foxsports.com.br/?id=421...mpression=true
    Registre-se ou faça login para ver assinaturas.

  6. #50446
    World Class Avatar de Picinin
    Data de Ingresso
    20/10/07
    Posts
    11.474
    João Pereira Coutinho sempre trazendo boas referências. Já encomendei o livro:

    Uma conspiração de estúpidos
    Se trocarmos políticos corruptos por idiotas, teremos razões para festejar?

    15



    27.ago.2019 às 2h00
    EDIÇÃO IMPRESSA
    Ouvir o texto
    Diminuir fonte Aumentar fonte
    Contra a estupidez, até os deuses lutam em vão. Assim falava Schiller. E assim falo eu, que dedico há anos uma atenção obsessiva ao assunto. Há gente que gosta de olhar para pássaros. Eu gosto de olhar para estúpidos, motivo por que me dediquei ao comentário político em solo luso.

    Atenção. Não falo da estupidez pontual, acidental, pessoal. Não atiro a primeira pedra: os meus atos de estupidez, que são vários e continuarão a ser vários, fazem parte da minha imperfeição.

    Eu falo da estupidez consistente, estrutural, constitucional. Falo de uma estupidez que não é possível apagar, corrigir, civilizar. E que jamais pode ser confundida com a mera ignorância. A ignorância tem cura. A estupidez, não.

    Mas o que é a estupidez? De onde vem? Como podemos neutralizá-la, se é que podemos?

    A resposta foi dada, de forma inultrapassável, por Carlo M. Cipolla em “The Basic Laws of Human Stupidity”. Conhecia o ensaio (de nome), mas ainda não o tinha lido. Foi preciso viajar para a Itália e encontrar o tesouro numa livraria de Milão. Quase chorei de alegria.

    Cipolla, um dos mais importantes historiadores econômicos do pós-Segunda Guerra, escreveu o ensaio em 1976 com o mesmo rigor científico com que tratou da política monetária de Florença no século 14.

    A primeira lei parece razoavelmente consensual: todos subestimamos o número de estúpidos em circulação. É um fato. O pasmo que sentimos quando nos encontramos com um representante da espécie é prova desse otimismo absurdo, que só diminui com a idade (experiência pessoal).

    Ilustração
    Angelo Abu/Folhapress
    Por outro lado, uma concepção igualitária dos seres humanos tende a atribuir à educação, à sociedade e à cultura a última palavra em matéria de estupidez.

    É um erro. A estupidez é determinada pela natureza, como a cor dos olhos ou a ondulação do cabelo. É isso que explica a existência de um número mais ou menos constante de estúpidos em todas as classes sociais, em todas as profissões, em todos os países.

    Para ficarmos apenas na universidade, um microcosmos que eu conheço bem, o número de alunos estúpidos não difere do número de professores estúpidos. O fato de os primeiros não terem diploma e os segundos terem uma parede coberta de honrarias não altera a estupidez essencial.

    Mas é na terceira lei da estupidez que Cipolla se supera. Para ele, os seres humanos se distribuem em quatro categorias fundamentais: os inaptos, os bandidos, os inteligentes e os estúpidos.

    O inapto, quando age, beneficia os outros e prejudica a si próprio. O bandido, pelo contrário, prejudica os outros para se beneficiar pessoalmente. O inteligente, quando age, consegue beneficiar todos (por isso é inteligente).

    O que distingue o estúpido é a capacidade que ele tem para provocar dano a terceiros sem retirar daí nenhuma vantagem própria. Pelo contrário: ele pode incorrer em danos também.

    No fundo, é a irracionalidade do estúpido que o torna a criatura mais perigosa do mundo (lei final). Talvez por deformação iluminista, as pessoas comuns acreditam que a racionalidade foi universalmente distribuída. E que ninguém, em juízo perfeito, irá atuar contra os seus próprios interesses.

    Nesse sentido, aceitamos (e lamentamos) o destino dos inaptos; admiramos os inteligentes; e até entendemos a cabeça de um bandido.

    Mas os estúpidos nos desarmam. Na linguagem da economia, eles têm uma vantagem competitiva sobre os restantes porque operam num plano onde as leis da lógica não têm vez.

    O ensaio de Cipolla tem a rara qualidade de iluminar o mundo. Não apenas o mundo cotidiano que habitamos (“afinal, o meu primo é só estúpido, não é bandido”) mas o mundo político em particular.

    Aplicando os tipos ideais de Cipolla à política, eu diria que políticos inteligentes são raros; e que políticos inaptos, daqueles que beneficiam os outros pelo sacrifício dos seus interesses, são mais raros ainda.

    A maioria se distribui entre a bandidagem e a estupidez, e eu não sei qual delas será pior. Quando nos livramos de políticos corruptos e importamos políticos estúpidos, teremos razões para festejar?

    Só num ponto discordo de Cipolla: ele acredita que, à medida que as sociedades se desenvolvem, o número de pessoas inteligentes será capaz de manter os estúpidos no seu lugar.

    Pobre Cipolla. Ele esqueceu a primeira lei do seu tratado: nunca subestimar o número de estúpidos, nem mesmo nas sociedades mais desenvolvidas.

    Se ele ainda estivesse vivo (morreu no ano 2000), era só olhar ao redor.

    João Pereira Coutinho
    Escritor, doutor em ciência política pela Universidade Católica Portuguesa.
    manowar200, flessak, Taleb and 4 others like this.
    Registre-se ou faça login para ver assinaturas.

  7. #50447
    Expert Avatar de smiiters
    Data de Ingresso
    25/02/12
    Posts
    3.858
    Registre-se ou faça login para ver assinaturas.

  8. #50448
    Expert
    Data de Ingresso
    27/12/09
    Posts
    2.670
    Registre-se ou faça login para ver assinaturas.

  9. #50449
    World Class Avatar de Cão
    Data de Ingresso
    01/10/07
    Localização
    Beira Rio
    Posts
    19.743
    e sobre as queimadas?

    A falta de conhecimento + o oportunismo de politicos e imprensa é ridículo no Brasil.

    pico de queimadas ja chegou em mais de 75.000 em outros anos. Em 2010 ja tiveram picos de quase 50mil, mas esse ano passou da media, aproveitaram o discurso escroto do bolsonaro e cairam matando.

    logico que a quantidade de focos é abusrda, mas o numero nem chega perto de outros anos e não vi ninguem postar bosta. (video da anitta foi o mais ridiculo empatado com uma mulher pintada com girafa no corpo representando a amazonia, kkkkkk)

    quem mora no Cerrado sabe, esse ano fechou 54 dias sem chuva em BSB. E quem já esteve por la sabe que o quanto a umidade baixa é violenta.
    Deecken likes this.
    Registre-se ou faça login para ver assinaturas.

  10. #50450
    Expert Avatar de SketchDraft
    Data de Ingresso
    10/01/10
    Localização
    Sydney, Straya
    Posts
    3.210
    E o Brasil como está? Observando de longe mas não tô entendendo porra nenhuma. O Bolsonaro tá fazendo um governo bom?
    Qual o opção para as próximas eleições?
    Registre-se ou faça login para ver assinaturas.

Permissões de postagem

  • Você não pode iniciar novos tópicos
  • Você não pode enviar respostas
  • Você não pode enviar anexos
  • Você não pode editar suas mensagens
  •  
© 2007-2019 · MaisEV · Todos os direitos reservados