Clique Aqui [Política] - O andamento e as decisões de nossos governantes - Página 2487

Lista de Usuários Marcados

Página 2487 de 5079 PrimeiroPrimeiro ... 148719872387243724772485248624872488248924972537258729873487 ... ÚltimoÚltimo
Resultados 24.861 a 24.870 de 50790
Like Tree60544Likes

Tópico: [Política] - O andamento e as decisões de nossos governantes

  1. #24861
    Banido
    Data de Ingresso
    23/11/08
    Posts
    6.452
    Citação Postado originalmente por Sam Farha - Spinoza Ver Post
    Citação Postado originalmente por Tche_88 Ver Post
    Citação Postado originalmente por TheKid Ver Post
    Citação Postado originalmente por Tche_88 Ver Post
    Citação Postado originalmente por TheKid Ver Post
    O autor fala que o mais racional seria dividir a água para garantir a sobrevivência dos dois no deserto, sem necessidade de competição, uma ideia um tanto comunista não acham? Depois ele ataca a igualdade, exalta a competição, a ideia de quem trabalha mais e é consciente sobre suas escolhas e fracassos vai sempre chegar ao sucesso. Do contrário, aqueles que abandonam a luta são fracassados, que esperam a repartição em igualdade dos recursos e invejam aqueles que foram bem sucedidos. Um pouco incoerente
    Tira a parte comunista do texto e fica apenas com a parte boa.

    Eu achei bastante parecido com o comunismo mesmo aquela parte. Onde riqueza brota do nada e é apenas dividir e todos vivem felizes para sempre.
    Tirando essa "pequena" incoerência, o texto é o velho e raso "mocinho x bandido". Serve só pra reafirmar que você ta do "lado certo", eu passo
    No mundo real as pessoas nem sempre tomam decisões embasadas na razão, eu diria que são raras essas ocasiões. As pessoas costumam tomar decisões de forma emocional e só depois buscam uma explicação para suas decisões tentando justificar de forma racional sua decisão emocional.

    Em um debate político é inútil ficar apenas no "debate de ideias" se a maioria das pessoas tomam suas decisões de forma emocional.

    Imo esse é o maior erro da direita. Acham que alguém é esquerdista por motivos racionais quando na verdade são esquerdistas por motivos emocionais e/ou de mau caráter. Com exceção dos retardados claro.

    Excluir esse tema do debate político é de uma falta de conhecimento sobre política absurda. Não tem nada a ver com ser mocinho x bandido, fla-flu etc. Aliás essas acusações genéricas sim é que são rasas.
    Você pensa mesmo assim?
    Ou você acha que essa característica é apenas uma fraqueza que qualquer um com boa vontade e determinação pode superar?
    Algumas pessoas são mais racionais que outras. Sinceramente eu não sei se é possível se tornar totalmente racional. Eu acho que com treino (determinação) vc se torna mais racional mas acho que precisaria ser um gênio pra racionalizar cada decisão. Tomamos várias decisões ao dia e algumas em menos de segundos. Vai no automático na maioria delas.
    Registre-se ou faça login para ver assinaturas.

  2. #24862
    Expert Avatar de Sam Farha - Spinoza
    Data de Ingresso
    15/05/13
    Posts
    4.425
    Citação Postado originalmente por Tche_88 Ver Post


    Algumas pessoas são mais racionais que outras. Sinceramente eu não sei se é possível se tornar totalmente racional. Eu acho que com treino (determinação) vc se torna mais racional mas acho que precisaria ser um gênio pra racionalizar cada decisão. Tomamos várias decisões ao dia e algumas em menos de segundos. Vai no automático na maioria delas.
    Então você está dizendo que o livre-arbítrio é uma ideia falaciosa?
    Registre-se ou faça login para ver assinaturas.

  3. #24863
    Banido
    Data de Ingresso
    23/11/08
    Posts
    6.452
    Citação Postado originalmente por Sam Farha - Spinoza Ver Post
    Citação Postado originalmente por Tche_88 Ver Post


    Algumas pessoas são mais racionais que outras. Sinceramente eu não sei se é possível se tornar totalmente racional. Eu acho que com treino (determinação) vc se torna mais racional mas acho que precisaria ser um gênio pra racionalizar cada decisão. Tomamos várias decisões ao dia e algumas em menos de segundos. Vai no automático na maioria delas.
    Então você está dizendo que o livre-arbítrio é uma ideia falaciosa?
    Não, eu disse que não usamos sempre e que uns usam mais que outros.

    Minha opinião sobre o livre arbítrio é que ele não existe se analisarmos "vários níveis de pensamento". Por exemplo, vc pode achar que está decidindo sobre comprar ou não um caro mas na verdade vc decide isso baseado em premisas que vc não teve decisões e que frutos da aleatoriedade.

    Mas esse é um assunto inútil de se debater, e disso eu tenho certeza. Se ele não existe não podemos fazer nada sobre isso, afinal não decidimos nada. Se ele existir devemos tentar tomar as melhores decisões. Então é só tentar tomar as melhores decisões que se existir estamos no caminho certo. Se não existir nós nem podemos tomar essa decisão
    Registre-se ou faça login para ver assinaturas.

  4. #24864
    Banido
    Data de Ingresso
    23/11/08
    Posts
    6.452
    ah ficou contraditório mas acho que deu pra entender, nem vou editar.
    Registre-se ou faça login para ver assinaturas.

  5. #24865
    Expert Avatar de Sam Farha - Spinoza
    Data de Ingresso
    15/05/13
    Posts
    4.425
    Citação Postado originalmente por Tche_88 Ver Post
    Citação Postado originalmente por Sam Farha - Spinoza Ver Post
    Citação Postado originalmente por Tche_88 Ver Post


    Algumas pessoas são mais racionais que outras. Sinceramente eu não sei se é possível se tornar totalmente racional. Eu acho que com treino (determinação) vc se torna mais racional mas acho que precisaria ser um gênio pra racionalizar cada decisão. Tomamos várias decisões ao dia e algumas em menos de segundos. Vai no automático na maioria delas.
    Então você está dizendo que o livre-arbítrio é uma ideia falaciosa?
    Não, eu disse que não usamos sempre e que uns usam mais que outros.

    Minha opinião sobre o livre arbítrio é que ele não existe se analisarmos "vários níveis de pensamento". Por exemplo, vc pode achar que está decidindo sobre comprar ou não um caro mas na verdade vc decide isso baseado em premisas que vc não teve decisões e que frutos da aleatoriedade.

    Mas esse é um assunto inútil de se debater, e disso eu tenho certeza. Se ele não existe não podemos fazer nada sobre isso, afinal não decidimos nada. Se ele existir devemos tentar tomar as melhores decisões. Então é só tentar tomar as melhores decisões que se existir estamos no caminho certo. Se não existir nós nem podemos tomar essa decisão
    Parabéns!
    Você é mais um companheiro adepto do movimento "Chapa Verde" da Filosofia.
    Tamo junto!

    Esse vídeo aqui explica exatamente o que pensa o movimento "Chapa Verde" da Filosofia.
    O Clóvis começa falar desse movimento em 24:24
    Em 30:24 o Clovis diz exatamente a mesma coisa que você disse: "O trabalho da Razão é apenas para justificar seus afetos".



    Só tem um problema!
    O que você parece concordar vai de encontro oposto ao que a maioria das pessoas que você concorda pensa.
    Principalmente o Olavo de Carvalho!
    Na verdade a maioria quase absoluta da direita defende de forma veemente o livre-arbítrio como uma possibilidade real, e bem mais fácil, ao contrário do que você disse agora.
    Esse é o princípio maior que fundamenta diversas outras teses dos direitistas.
    Última edição por Sam Farha - Spinoza; 16-01-2016 às 02:30.
    Registre-se ou faça login para ver assinaturas.

  6. #24866
    Banido
    Data de Ingresso
    23/11/08
    Posts
    6.452
    Citação Postado originalmente por Sam Farha - Spinoza Ver Post
    Citação Postado originalmente por Tche_88 Ver Post
    Citação Postado originalmente por Sam Farha - Spinoza Ver Post
    Citação Postado originalmente por Tche_88 Ver Post


    Algumas pessoas são mais racionais que outras. Sinceramente eu não sei se é possível se tornar totalmente racional. Eu acho que com treino (determinação) vc se torna mais racional mas acho que precisaria ser um gênio pra racionalizar cada decisão. Tomamos várias decisões ao dia e algumas em menos de segundos. Vai no automático na maioria delas.
    Então você está dizendo que o livre-arbítrio é uma ideia falaciosa?
    Não, eu disse que não usamos sempre e que uns usam mais que outros.

    Minha opinião sobre o livre arbítrio é que ele não existe se analisarmos "vários níveis de pensamento". Por exemplo, vc pode achar que está decidindo sobre comprar ou não um caro mas na verdade vc decide isso baseado em premisas que vc não teve decisões e que frutos da aleatoriedade.

    Mas esse é um assunto inútil de se debater, e disso eu tenho certeza. Se ele não existe não podemos fazer nada sobre isso, afinal não decidimos nada. Se ele existir devemos tentar tomar as melhores decisões. Então é só tentar tomar as melhores decisões que se existir estamos no caminho certo. Se não existir nós nem podemos tomar essa decisão
    Parabéns!
    Você é mais um companheiro adepto do movimento "Chapa Verde" da Filosofia.
    Tamo junto!

    Esse vídeo aqui explica exatamente o que pensa o movimento "Chapa Verde" da Filosofia.
    O Clóvis começa falar desse movimento em 24:24
    Em 30:24 o Clovis diz exatamente a mesma coisa que você disse: "O trabalho da Razão é apenas para justificar seus afetos".



    Só tem um problema!
    O que você parece concordar vai de encontro oposto ao que a maioria das pessoas que você concorda pensa.
    Principalmente o Olavo de Carvalho!
    Na verdade a maioria quase absoluta da direita defende de forma veemente o livre-arbítrio como uma possibilidade real, e bem mais fácil, ao contrário do que você disse agora.
    Esse é o princípio maior que fundamenta diversas outras teses dos direitistas.
    Outra hora eu assisto o vídeo e comento se tiver algo pra comentar.

    Ai que vc se engana, eu não concordo com muita coisa que o Olavo pensa, eu sou ateu inclusive.

    Eu acho que isso é irrelevante nas teses exatamente por causa do último parágrafo meu no post anterior. Mas cita um exemplo ai.

    O que eu vejo é contradição na esquerda tbm, dizer que livre arbítrio não existe e por isso não podemos culpar um bandido. Mas se livre arbítrio não existe não podemos decidir se culpamos ou não o bandido.
    Bolengo likes this.
    Registre-se ou faça login para ver assinaturas.

  7. #24867
    Expert Avatar de Sam Farha - Spinoza
    Data de Ingresso
    15/05/13
    Posts
    4.425
    Citação Postado originalmente por Tche_88 Ver Post
    Citação Postado originalmente por Sam Farha - Spinoza Ver Post
    Citação Postado originalmente por Tche_88 Ver Post
    Citação Postado originalmente por Sam Farha - Spinoza Ver Post
    Citação Postado originalmente por Tche_88 Ver Post


    Algumas pessoas são mais racionais que outras. Sinceramente eu não sei se é possível se tornar totalmente racional. Eu acho que com treino (determinação) vc se torna mais racional mas acho que precisaria ser um gênio pra racionalizar cada decisão. Tomamos várias decisões ao dia e algumas em menos de segundos. Vai no automático na maioria delas.
    Então você está dizendo que o livre-arbítrio é uma ideia falaciosa?
    Não, eu disse que não usamos sempre e que uns usam mais que outros.

    Minha opinião sobre o livre arbítrio é que ele não existe se analisarmos "vários níveis de pensamento". Por exemplo, vc pode achar que está decidindo sobre comprar ou não um caro mas na verdade vc decide isso baseado em premisas que vc não teve decisões e que frutos da aleatoriedade.

    Mas esse é um assunto inútil de se debater, e disso eu tenho certeza. Se ele não existe não podemos fazer nada sobre isso, afinal não decidimos nada. Se ele existir devemos tentar tomar as melhores decisões. Então é só tentar tomar as melhores decisões que se existir estamos no caminho certo. Se não existir nós nem podemos tomar essa decisão
    Parabéns!
    Você é mais um companheiro adepto do movimento "Chapa Verde" da Filosofia.
    Tamo junto!

    Esse vídeo aqui explica exatamente o que pensa o movimento "Chapa Verde" da Filosofia.
    O Clóvis começa falar desse movimento em 24:24
    Em 30:24 o Clovis diz exatamente a mesma coisa que você disse: "O trabalho da Razão é apenas para justificar seus afetos".



    Só tem um problema!
    O que você parece concordar vai de encontro oposto ao que a maioria das pessoas que você concorda pensa.
    Principalmente o Olavo de Carvalho!
    Na verdade a maioria quase absoluta da direita defende de forma veemente o livre-arbítrio como uma possibilidade real, e bem mais fácil, ao contrário do que você disse agora.
    Esse é o princípio maior que fundamenta diversas outras teses dos direitistas.
    Outra hora eu assisto o vídeo e comento se tiver algo pra comentar.

    Ai que vc se engana, eu não concordo com muita coisa que o Olavo pensa, eu sou ateu inclusive.

    Eu acho que isso é irrelevante nas teses exatamente por causa do último parágrafo meu no post anterior. Mas cita um exemplo ai.

    O que eu vejo é contradição na esquerda tbm, dizer que livre arbítrio não existe e por isso não podemos culpar um bandido. Mas se livre arbítrio não existe não podemos decidir se culpamos ou não o bandido.
    Eu coloquei os instantes do vídeo (principalmente o segundo) pra você ver que é exatamente (ipsis litteris) a mesma coisa que o Clóvis disse.
    Foi isso que chamou a minha atenção no seu post, e por isso eu coloquei o vídeo como fonte de comprovação.

    Sobre a questão da liberdade, essa discussão é imensa.
    Eu não penso que não podemos agir com liberdade.
    Apenas tenho uma concepção de liberdade diferente da que é mais comum entre a maioria das pessoas (desde o pensamento mais tradicional da civilização ocidental até o senso comum mesmo).
    Resumidamente eu diria que a liberdade para mim é uma brecha que aparece às vezes para a gente, mas ao contrário da outra concepção não é uma possibilidade absoluta e infinita sempre ali próxima da gente.

    Sobre a questão do que você disse a respeito da impossibilidade da justiça ou convívio social harmônico segundo a descrença no livre-arbítrio, essa questão não está bem posta.
    Vou explicar.
    Não é porquê não podemos culpar um bandido que não seria legítimo criar uma instituição que tente colocar alguma ordem "justa" no mundo.
    Essa ordem não tem fundamento ontológico apenas, mas isso não quer dizer que essa ordem seja injustificável.
    Isso tudo é puro pragmatismo mesmo.
    Eu nem discordo desse pragmatismo.
    Penso que ele é necessário, contanto que seja entendido dessa forma pragmática e não como a verdade em si da Justiça.
    Se a culpa for entendido como a verdade em si da Justiça (e não uma convenção produtiva para a maioria) ela pode se tornar facilmente instrumento de várias deturpações que degenerariam a nossa possibilidade de autonomia mesma.

    A maioria das pessoas pensam que não fazem algumas coisas porquê racionalmente conhecem o efeito da sua ação.
    Ou seja: a razão é que seria a causa do freio dos afetos.
    Ela agiria de forma autônoma ao corpo numa composição que haveria uma ligação contínua em que ela teria uma força sobre o corpo.
    Essa força, para o mais racional dos seres humanos, seria a coisa mais óbvia do mundo.
    A beleza da Razão é que ela mesma mostra toda a perfeição da sua substância (ao contrário do corpo, que é puro determinismo material) de uma forma que ela tranquiliza (agindo de uma forma meio nebulosa) o corpo rumo a maior e melhor perfeição possível.
    Acontece que isso não existe.
    Não é a Razão que vai fazer com que você faça ou não algo.
    O que faz mesmo isso (antes de uma racionalização) é o próprio corpo através dos afetos.
    A Razão não age sobre os afetos.
    Só um afeto pode agir sobre outro afeto.
    Não é a racionalização de um custo-benefício seu que vai determinar se você vai ou não agir, e sim o combate interior dos seus afetos.
    Antes de saber completamente todas as relações causais que vão vir depois de uma ação, é o seu corpo com seus afetos que vão decidir se você vai ou não agir.
    Você trai a sua companheira se o seu tesão venceu o seu medo de realizar esse desejo.
    A sua elucubração mental dos riscos desse intento são inferiores ao afeto do medo. Quem vai decidir mesmo a parada o tamanho do medo.
    A vida cotidiana é assim!

    Sobre o que você e eu estamos fazendo agora, dizendo e fazendo isso ou aquilo ... eu não diria que está tudo pré-determinado.
    No entanto existem sim algumas coisas que inevitavelmente fogem da nossa consciência e formam mais profundamente o nosso ser numa condição em algum aspecto previsível e necessário.
    Não completamente previsíveis e necessários, mas com algum grau de conformação.
    A liberdade para mim seria a consciência dessa conformação como caminhos possíveis.
    A ideia de livre-arbítrio defende a ideia de que essa conformação é completamente fluída.
    Eu defendo que a liberdade só pode ser construída a partir de algo já pré-existente.
    A liberdade pode inclusive mudar um pouco essa coisas pré existente, mas nunca de forma total e absoluta.

    Outra questão interessante.
    Todo mundo defende a liberdade absoluta do pensamento, mas ninguém é capaz de dizer que os nossos impulsos elétricos no nosso cérebro são infinitos como possibilidade, uma vez inevitavelmente são corpóreos.
    As possibilidades de sinapses no meu cérebro têm uma condição material finita.

    Vixe!
    Escrevi pra caralho!
    My bad!
    Registre-se ou faça login para ver assinaturas.

  8. #24868
    World Class Avatar de DiegoSestito
    Data de Ingresso
    23/06/12
    Localização
    A, A
    Posts
    7.725
    @Tche_88:
    "No mundo real as pessoas nem sempre tomam decisões embasadas na razão, eu diria que são raras essas ocasiões. As pessoas costumam tomar decisões de forma emocional e só depois buscam uma explicação para suas decisões tentando justificar de forma racional sua decisão emocional"

    Parabéns, esse foi seu melhor post até agora, sem ironia.
    andhauser likes this.
    Registre-se ou faça login para ver assinaturas.

  9. #24869
    Table Captain
    Data de Ingresso
    03/02/10
    Posts
    940
    É verdade que o Lula não tem nada no nome dele?
    Registre-se ou faça login para ver assinaturas.

  10. #24870
    Banido
    Data de Ingresso
    23/11/08
    Posts
    6.452


    Assisti dos 24min até 38 min. É exatamente como eu penso mesmo. Eu curto filosofia e leio/assisto muita coisa sobre o assunto mas meu conhecimento é bem superficial, eu não domino nem a linguagem. Então não se apegue aos termos que eu uso

    Eu nem conheço todas as teses ainda, então minha opinião nem é muito firme.

    Sobre exemplo do bandido eu não me fiz entender. Vou tentar explicar novamente. Não se trata de justiça. Eu levantei apenas uma contradição de alguns esquerdistas que dizem que não tem livre arbítrio e por isso um bandido não pode ser culpado/punido já que ele não escolheu ser bandido. Mas logo eu seguida quer DECIDIR o que deve ser feito com esse cara. Se deve dar um tratamento, uma pena leve etc. Ora, se ele disse que não existe livre arbítrio ele não pode decidir o que vai fazer com o bandido. Se livre arbítrio não existe não podemos criar uma instituição para melhorar a situação. Se a instuição for criada será fruto do acaso e não pq nós decidimos criar.

    Sobre o restante do seu post eu não entendi muito bem. Parecia que vc tava explicando o vídeo mas depois parece que fez uma pequena contestação, eu não entendi muito bem essa contestação onde vc fala que temos uma pequena oportunidade de liberdade.
    Registre-se ou faça login para ver assinaturas.

Permissões de postagem

  • Você não pode iniciar novos tópicos
  • Você não pode enviar respostas
  • Você não pode enviar anexos
  • Você não pode editar suas mensagens
  •  
© 2007-2019 · MaisEV · Todos os direitos reservados