Clique Aqui Weed/Maconha/Hash Thread - Página 5

Lista de Usuários Marcados

Página 5 de 656 PrimeiroPrimeiro ... 345671555105505 ... ÚltimoÚltimo
Resultados 41 a 50 de 6556
Like Tree6076Likes

Tópico: Weed/Maconha/Hash Thread

  1. #41
    World Class Avatar de Dellbono
    Data de Ingresso
    14/11/11
    Posts
    6.686
    Citação Postado originalmente por guatavo00 Ver Post
    Cara, pqp isso me tilta hard,
    Não sei se é falta de informação ou é preconceito msm, mas vir falar que a maconha é porta para drogas mais pesadas é não saber o tamanho da merda que esta falando , meu deus, fumo TODO dia faz 10 ano e acho o resto das outras drogas um lixo, incluindo o álcool que IMO é muiiiiiito pior que maconha.

    Tenho amigo viciado em pedra, e não suporta nem o cheiro de maconha , o povo é muito mal informado/preconceituoso.

    O problema é que, grande parte das pessoas, tem a visão do usuário de vagabundo, ladrão, maloqueiro e coisas do tipo e é isso que gera tanto preconceito.

    Não faço apologias, acho que cada um sabe o que faz da sua vida, e, não índico ninguém a usar, por que isso vicia, e como todo o vício acaba te prejudicando um dia (eu sou o msm de 10 anos atrás, sou viciado, mas não parei minha vida por isso) só acho que as pessoas tem quer se informar melhor antes de falar certas merdas sem saber.

    Guatavo,

    Entendo e respeito a sua opinião. Você há de convir entretanto que uma amostragem modelo "eu e meu amigo", ou mesmo que sejam alguns amigos não é fiável assim.
    Além disso o post que eu coloquei se baseia em estudos da OMS com milhares de pessoas, inclusive os mesmos
    estudos, se você ler a reportagem inteira (disponibilizei no outro tópico que o Leonel invadiu), demonstram que não são todos que utilizam maconha que passam a drogas mais pesadas, mas que de fato a maconha leva uma parte considerável a seguir este caminho.
    Obviamente existem pessoas que usarão drogas mais pesadas sem nunca terem tocado em maconha.
    Vale lembrar que o álcool também pode abrir portas para outras drogas.
    Só discordo da sua linha de raciocínio quando você acha que a opinião de quem é contra é baseada apenas em achismos e preconceitos. Nem sempre é assim.
    Muitas vezes as opiniões contrárias possuem bases em diretrizes que passam longe da questão moral e sair taxando quem é contra de preconceituoso sem discutir os fatos soa tão preconceituoso quanto.
    Última edição por Dellbono; 09-03-2012 às 10:17.
    MarcoMorais, Fonteles and caofa like this.
    Registre-se ou faça login para ver assinaturas.

  2. #42
    Chip Leader Avatar de nedludd
    Data de Ingresso
    25/08/09
    Localização
    João Pessoa - PB
    Posts
    1.055
    Todos os meus amigos que começaram a cheirar deixaram de fumar maconha. Alguns deles, quando querem dar um tempo no pó, recorrem a santa kaya novamente.
    Registre-se ou faça login para ver assinaturas.

  3. #43
    World Class Avatar de leoneldevito
    Data de Ingresso
    13/04/09
    Localização
    Floripa/SC
    Posts
    9.262
    E pra quem botou o lance dos acidentes, veja que interessante a constação que própria super publicou em fevereiro:

    Maconha reduz os acidentes de trânsito

    Liberação do uso medicinal da maconha provoca queda de 10% nos acidentes de trânsito em vários estados dos EUA


    E aqui uma bem old do CEBRID sobre ser a "porta de entrada" lol

    Não necessariamente. O que ocorre na verdade (e que leva a essa noção equivocada de que a maconha seria a porta de entrada para outras drogas) é uma hierarquia na experimentação e no uso por parte das pessoas. Raramente alguém começa a usar direto cocaína sem ter pelo menos experimentado alguma bebida alcoólica ou cigarro (que são drogas legais mas que, podem também causar sérios problemas). Se uma pessoa tiver vontade de provar mais alguma coisa, é provável que ela experimente, dentro das drogas ilegais, primeiro a maconha, por ser mais barata e disponível. Mas não há nada de intrínseco (que pertença á ela) nessa substância que obrigue a pessoa a depois usar algo mais pesado e assim sucessivamente.
    Última edição por leoneldevito; 09-03-2012 às 10:25.
    _BRAZILDONK and DoteiroBR like this.
    Registre-se ou faça login para ver assinaturas.

  4. #44
    World Class Avatar de TiagoM
    Data de Ingresso
    10/10/09
    Posts
    10.749
    Estadão afirma que o uso de maconha pode provocar overdose e surto psicotico


    O estudante chegou à emergência psiquiátrica com quadro de delírios de perseguição, paranóia, agitação e alucinações. "Ele dizia que seria assassinado por um enviado do demônio", conta Jaber. O psiquiatra que o atendeu desconfiou de efeito de drogas. "Mas o rapaz era radicalmente contra o uso de substâncias tóxicas e discutia com a familiares e amigos que faziam uso dessas substâncias. O médico era experiente e insistiu com os pais do rapaz."

    O pai do universitário procurou os amigos do filho. Um deles confirmou que haviam tentado "pregar uma peça" no amigo, acrescentando maconha à receita do brigadeiro. "Eles queriam que o jovem experimentasse maconha de uma forma ou de outra. O rapaz não sabia da ´brincadeira´ e abusou do brigadeiro. Quando ele começou a ´viajar´ e evoluiu rapidamente para o quadro paranóico, os amigos o deixaram em casa e não contaram nada aos pais dele", contou Jaber, para quem o caso foi encaminhado.

    Registre-se ou faça login para ver assinaturas.

  5. #45
    World Class Avatar de Dellbono
    Data de Ingresso
    14/11/11
    Posts
    6.686
    Citação Postado originalmente por leoneldevito Ver Post
    E pra quem botou o lance dos acidentes, veja que interessante a constação que própria super publicou em fevereiro:

    Maconha reduz os acidentes de trânsito

    Liberação do uso medicinal da maconha provoca queda de 10% nos acidentes de trânsito em vários estados dos EUA


    E aqui uma bem old do CEBRID sobre ser a "porta de entrada" lol

    Não necessariamente. O que ocorre na verdade (e que leva a essa noção equivocada de que a maconha seria a porta de entrada para outras drogas) é uma hierarquia na experimentação e no uso por parte das pessoas. Raramente alguém começa a usar direto cocaína sem ter pelo menos experimentado alguma bebida alcoólica ou cigarro (que são drogas legais mas que, podem também causar sérios problemas). Se uma pessoa tiver vontade de provar mais alguma coisa, é provável que ela experimente, dentro das drogas ilegais, primeiro a maconha, por ser mais barata e disponível. Mas não há nada de intrínseco (que pertença á ela) nessa substância que obrigue a pessoa a depois usar algo mais pesado e assim sucessivamente.
    Leonel,

    Na 1ª questão você está pegando um uso específico com orientação médica e aplicando num contexto geral.
    Seu 2º argumento acho bastante válido, embora passível de comprovação científica (contrária ou favorável).
    Obviamente que a maconha não é o mal do mundo. Concordo plenamente com você que existem drogas legais
    muito mais nocivas.
    Não uso maconha mas acho totalmente fail julgar o caráter de uma pessoa por um hábito que a princípio só
    diz respeito a si própria (penso diferente em relação a outras drogas que geram um enorme custo pra sociedade).

    Gostaria apenas que refletisse qual o benefício de militar e até incentivar que as pessoas usem maconha? Neste ponto discordo totalmente de você, pois não sabes a estrutura de cada um e se pro Leonel é standard fumar para muitos
    que frequentam o fórum pode ser a abertura para um caminho de vício sem volta. E seus argumentos querem fazer crer
    que é a melhor coisa do mundo.
    Eu gosto de jogar mas jamais apresentei o jogo para alguns amigos pois sei que para muitos poderia significar a abertura
    a derrocada pois nem todos lidam bem com isso e comprovadamente uma parcela da população tem predisposição ao jogo
    como compulsão.
    Nunca toquei em maconha pois acho o cheiro horrível e nunca toquei em cocaína porque sei que certamente me viciaria,
    pois se for "bom" da forma como descrevem eu iria me atolar por gostar muito e certamente destruiria a minha vida.
    Conheço pessoas que bebem com frequência e levam a vida numa boa sem se tornarem alcoólatras. Outras precisam
    parar porque o seu hábito de beber causa infelicidade pra si , para os filhos , toda a família e muitas vezes conduzem a
    tragédias enormes.
    Por conta disso penso que incentivar, apologizar é um erro muito grave. Quer usar? Ok. Não faça disso entretanto uma
    bandeira pois podes contribuir para o mal de algumas pessoas mesmo que não seja este o seu objetivo.
    Fonteles likes this.
    Registre-se ou faça login para ver assinaturas.

  6. #46
    Chip Leader Avatar de nedludd
    Data de Ingresso
    25/08/09
    Localização
    João Pessoa - PB
    Posts
    1.055
    Citação Postado originalmente por TiagoM Ver Post
    Estadão afirma que o uso de maconha pode provocar overdose e surto psicotico


    O estudante chegou à emergência psiquiátrica com quadro de delírios de perseguição, paranóia, agitação e alucinações. "Ele dizia que seria assassinado por um enviado do demônio", conta Jaber. O psiquiatra que o atendeu desconfiou de efeito de drogas. "Mas o rapaz era radicalmente contra o uso de substâncias tóxicas e discutia com a familiares e amigos que faziam uso dessas substâncias. O médico era experiente e insistiu com os pais do rapaz."

    O pai do universitário procurou os amigos do filho. Um deles confirmou que haviam tentado "pregar uma peça" no amigo, acrescentando maconha à receita do brigadeiro. "Eles queriam que o jovem experimentasse maconha de uma forma ou de outra. O rapaz não sabia da ´brincadeira´ e abusou do brigadeiro. Quando ele começou a ´viajar´ e evoluiu rapidamente para o quadro paranóico, os amigos o deixaram em casa e não contaram nada aos pais dele", contou Jaber, para quem o caso foi encaminhado.
    Porra, mas no brigadeiro não dá para controlar a quantidade de uso, ainda mais para quem não é usuário. Isso = bad trip, com certeza.

    Como eu já postei aqui o THC sozinho pode causar um quadro paranoide em algumas pessoas...mas este é momentâneo e não há risco de você não retornar, como pode acontecer com o LSD.

    ps: a descrição da reportagem se aplica mais ao uso de LSD no brigadeiro hahaha
    Registre-se ou faça login para ver assinaturas.

  7. #47
    World Class Avatar de Dellbono
    Data de Ingresso
    14/11/11
    Posts
    6.686
    Lembro de uma cena no filme "Meu Nome Não é Johnny" onde ele tem contato com a maconha
    pela 1ª vez'. O diálogo é mais ou menos assim.

    AMIGO:E aí vai dar um "tapa" João? (ofeecendo um cigarro de maconha)
    JOÃO: Tá maluco isso faz mal.
    AMIGO: Tu vai acreditar no que teu pai diz pra você? Meu irmão queima um back todos os dias e passou para
    o vestibular de engenharia.
    JOÃO: Tá certo então me dá um "tapa" desta merda aí.

    Como todos que viram o filme sabem, João Estrela tinha uma personalidade compulsiva e aquele 1º passo
    aliado a outras circunstâncias o levaram a se afundar e ter muitos problemas em sua vida.
    Cada um lida de uma forma, não há nada que justifique incentivar o uso.
    Registre-se ou faça login para ver assinaturas.

  8. #48
    World Class Avatar de leoneldevito
    Data de Ingresso
    13/04/09
    Localização
    Floripa/SC
    Posts
    9.262
    Citação Postado originalmente por Dellbono Ver Post
    Citação Postado originalmente por leoneldevito Ver Post
    E pra quem botou o lance dos acidentes, veja que interessante a constação que própria super publicou em fevereiro:

    Maconha reduz os acidentes de trânsito

    Liberação do uso medicinal da maconha provoca queda de 10% nos acidentes de trânsito em vários estados dos EUA


    E aqui uma bem old do CEBRID sobre ser a "porta de entrada" lol

    Não necessariamente. O que ocorre na verdade (e que leva a essa noção equivocada de que a maconha seria a porta de entrada para outras drogas) é uma hierarquia na experimentação e no uso por parte das pessoas. Raramente alguém começa a usar direto cocaína sem ter pelo menos experimentado alguma bebida alcoólica ou cigarro (que são drogas legais mas que, podem também causar sérios problemas). Se uma pessoa tiver vontade de provar mais alguma coisa, é provável que ela experimente, dentro das drogas ilegais, primeiro a maconha, por ser mais barata e disponível. Mas não há nada de intrínseco (que pertença á ela) nessa substância que obrigue a pessoa a depois usar algo mais pesado e assim sucessivamente.
    Leonel,

    Na 1ª questão você está pegando um uso específico com orientação médica e aplicando num contexto geral.
    Seu 2º argumento acho bastante válido, embora passível de comprovação científica (contrária ou favorável).
    Obviamente que a maconha não é o mal do mundo. Concordo plenamente com você que existem drogas legais
    muito mais nocivas.
    Não uso maconha mas acho totalmente fail julgar o caráter de uma pessoa por um hábito que a princípio só
    diz respeito a si própria (penso diferente em relação a outras drogas que geram um enorme custo pra sociedade).
    Pode explicar isso cara? Ficou muito confusa tua opinião. Qual a diferença do paciente medicinal? lol

    De qualquer modo, o maior motivo foi a redução de 5% do álcool. Como qualquer droga, é claro que não é bacana fumar e dirigir, bem como não é legal você beber e dirigir, ou até mesmo, como é uma infração você dirigir fumando tabaco.

    Portanto, evidente a quebra do discurso de que "aumenta os acidentes". Pelo contrário, em virtude da legalidade, REDUZ os acidentes.
    Registre-se ou faça login para ver assinaturas.

  9. #49
    Professional Avatar de lostpk
    Data de Ingresso
    15/06/11
    Posts
    419
    Citação Postado originalmente por Dellbono Ver Post
    Lembro de uma cena no filme "Meu Nome Não é Johnny" onde ele tem contato com a maconha
    pela 1ª vez'. O diálogo é mais ou menos assim.

    AMIGO:E aí vai dar um "tapa" João? (ofeecendo um cigarro de maconha)
    JOÃO: Tá maluco isso faz mal.
    AMIGO: Tu vai acreditar no que teu pai diz pra você? Meu irmão queima um back todos os dias e passou para
    o vestibular de engenharia.
    JOÃO: Tá certo então me dá um "tapa" desta merda aí.

    Como todos que viram o filme sabem, João Estrela tinha uma personalidade compulsiva e aquele 1º passo
    aliado a outras circunstâncias o levaram a se afundar e ter muitos problemas em sua vida.
    Cada um lida de uma forma, não há nada que justifique incentivar o uso.
    Acho que ninguem ta incentivando o uso aqui, e outra coisa isso ai é filme, a vida real e bem diferente disso ai amigo vai por mim. Ninguem fuma maconha hoje com esse dialogo ai nada a ve isso ai !
    nada a ve muita coisa ai cheirar e fumar são coisas distintas, brizas distintas. Viciar em pó e pedra vai de pessoa pra pessoa.
    nem toda pessoa que fuma maconha cheira cocaina ou chegará a pedra, essa escadinha que dizem de nego q comeca na maconha, daqui um tempo vai pra cocaina, depois para o crack, ai começara a vender o chuveiro de casa, botijão de gás pra sustentar o vicio e tals isso ai é muito filminho, existe isso sim masssss a culpa nao e da maconha e sim de nego dependente quimico. Saude publica galera, agora todo cidadão tem direito de fumar seu baseado de boas, assim como uns gostam da sua cervejinha de sexta no happy hour da empresa. Concordo com o guatavo00 mta gnt tem essa imagem de quem fuma maconha é maloqueiro, vagabundo e fica fumando na esquina, não é bem assim nao que funciona nao podem ter certeza.
    Uma coisa é certa o alcool mata mais no transito do que maconha, se alguem nao concorda com isso pode dizer ae.

    Edit: Esse diálogo ai só existe em filme, hoje em dia se quiser fumar fuma senao quiser nao fuma e pronto, nao existe isso "ah meu amigo fuma e pessoal na faculdade x ou y" como se a maconha tivesse ajudado o cara, nada a ve é muito filminho.
    Última edição por lostpk; 09-03-2012 às 11:07. Razão: falta de informação
    Registre-se ou faça login para ver assinaturas.

  10. #50
    World Class Avatar de leoneldevito
    Data de Ingresso
    13/04/09
    Localização
    Floripa/SC
    Posts
    9.262
    Citação Postado originalmente por TiagoM Ver Post
    Estadão afirma que o uso de maconha pode provocar overdose e surto psicotico


    O estudante chegou à emergência psiquiátrica com quadro de delírios de perseguição, paranóia, agitação e alucinações. "Ele dizia que seria assassinado por um enviado do demônio", conta Jaber. O psiquiatra que o atendeu desconfiou de efeito de drogas. "Mas o rapaz era radicalmente contra o uso de substâncias tóxicas e discutia com a familiares e amigos que faziam uso dessas substâncias. O médico era experiente e insistiu com os pais do rapaz."

    O pai do universitário procurou os amigos do filho. Um deles confirmou que haviam tentado "pregar uma peça" no amigo, acrescentando maconha à receita do brigadeiro. "Eles queriam que o jovem experimentasse maconha de uma forma ou de outra. O rapaz não sabia da ´brincadeira´ e abusou do brigadeiro. Quando ele começou a ´viajar´ e evoluiu rapidamente para o quadro paranóico, os amigos o deixaram em casa e não contaram nada aos pais dele", contou Jaber, para quem o caso foi encaminhado.

    Então o estadão tá manjando mais que os cientistas de Harvard, que dizem que nunca houve overdose de maconha, até porque THC não tem dose fatal né? No mais, o que tem a ver "afirma que pode provocar overdose" com o texto que tu postou? Não vi nenhuma overdose no tema.

    Sobre a esquizofrenia e antes que alguém fale, suicídio, manja essa notícia recente aqui sobre o assunto e dá uma lida:

    "a cannabis non aumenta il rischio di suicidio nei malati di schizofrenia" (ADUC - Droghe - Notizia - AUSTRALIA - La cannabis non aumenta il rischio di suicidio nei malati di schizofrenia)
    Registre-se ou faça login para ver assinaturas.

Permissões de postagem

  • Você não pode iniciar novos tópicos
  • Você não pode enviar respostas
  • Você não pode enviar anexos
  • Você não pode editar suas mensagens
  •  
© 2007-2019 · MaisEV · Todos os direitos reservados