Vanessa Selbst Vence o Partouche Poker Tour

Por: 08/11/2010

Com buy-in de €8,500, O PPT  teve início no mês passado e, à exemplo do WSOP, adiou sua mesa final em um mês. 764 jogadores se reuniram para disputar o título e a premiação total de 3 milhões de euros.

A mesa final, realizada neste fim de semana, foi marcada por uma triste história de trapaça, quando o jogador Ali Tekintamgac – vencedor do WPT Barcelona – foi impedido de jogar pois foi pego usando observadores disfarçados como jornalistas para espiar as cartas de seus adversários e informá-lo através de sinais.

A descoberta foi feita ao analisar as filmagens anteriores à mesa final, como revelou Patrick Partouche em reunião extraordinária entre os oito finalistas e a organização na sexta-feira:

“Temos todas as provas em vídeos. Caso contrário, nunca teríamos tomado uma decisão tão séria. Apresentamos uma queixa por fraude e o caso está agora nas mãos da justiça e da polícia, que viram as fitas.”

Esta não foi a primeira vez que Tekintamgac foi o centro de escândalos. Suspeita-se que ele tenha feito o mesmo no EPT Tallin, e embora os supostos jornalistas tenham sido retirados do evento, Tekintamgac continuou jogando e terminou na 36ª colocação.

O resultado final do Partouche Poker Tour foi:

1 Vanessa Selbst €1,300,000

2 Raphaël Kroll €800,000

3 Fabrice Soulier €500,000

4 Mickael Etelapera €360.000

5 Ibrahim Raouf €300,000

6 Soren Konsgaard €240,000

7 Cyril André €187,500

8 Tobias Reinkemeier €110,300

Historiador por formação, conheceu o MaisEV em sua primeira semana de vida, ainda em 2007. Em pouco tempo, tornou-se editor-chefe do site para fazer o que faz de melhor: escrever.

Veja mais:

Salas de Poker