Team Pro do PokerStars, Ronaldo Fala em Coletiva do LAPT São Paulo

Por: 26/04/2013

A mídia estava atenta para ouvir o que Ronaldo tinha para falar e se acotovelou no evento que antecedeu o início do Dia 1A do LAPT São Paulo. O Fenômeno aproveitou o espaço para esclarecer alguns dos vários rumores que surgiram desde que sua contratação pelo PokerStars foi anunciada.

“Não quero ser profissional”, afirmou o ex-jogador, antes de completar: “Quero ser competitvo. A competição está no meu sangue, faz parte da minha vida”. Ainda assim, Ronaldo exibiu alguns de seus leaks para a imprensa: “Quando o 9 vem na minha mão, parece que é um bom sinal, mas ele sempre me decepciona”, brincou. “Tenho uma história muito forte com o 9, mas preciso tirar isso da minha cabeça”.

O Fenômeno ainda aproveitou para contar que começou com o poker em 2002, quando jogava pelo Real Madrid: “Concentração não tem nada para fazer, então era poker toda noite”.

Dono da empresa de publicidade 9ine, o ex-jogador comparou o poker ao MMA, onde ele atua agenciando o craque Anderson Silva: “É um esporto da mente que tem tudo para se tornar ainda maior”, assegurou.

Questionado sobre quais torneios ele pretendia jogar, Ronaldo foi esquivo: “Tenho uma agenda bastante cheia, tem Copa do Mundo chegando”, explicou. Ainda assim, ressaltou: “Quero encaixar alguns torneios em minha agenda, pois é um esporte que eu gosto e quero participar”. O ex-jogador fará sua estreia com a “camisa” do PokerStars hoje, no Dia 1A do LAPT São Paulo.


Veja mais:

Salas de Poker