Steve O’Dwyer Lidera a Mesa Final Mais Difícil da História do EPT

Por: 11/05/2013

O dia 5 do EPT Grand Final começou com 16 jogadores, e terminou apenas com oito deles, formando a mesa final mais difícil da história do circuito.

O chip leader entre os finalistas é Steve O’Dwyer, profissional americano que já ganhou mais de US$3 milhões em torneios e que tem entre suas conquistas um título do WPT na Dinamarca e um 2º lugar no EPT Londres.

Mas no seu caminho para a vitória estão ainda alguns dos maiores jogadores de torneios da atualidade, como Daniel Negreanu, Johnny Lodden, Noah Schwartz e Jason Mercier, que já tem um título do EPT. Também com 2 braceletes do WSOP, Mercier agora briga pela tríplice coroa do poker – status que Jake Cody, que também está na mesa final, já possui.

Este é o chip count dos finalistas do European Poker Tour Grand Final:

Steve O’Dwyer – 4,452,000

Andrew Pantling – 4,180,000

Jake Cody – 1,633,000

Daniel Negreanu – 1,581,000

Johnny Lodden – 1,402,000

Noah Schwartz – 1,068,000

Jason Mercier – 824,000

Grant Levy – 786,000

Historiador por formação, conheceu o MaisEV em sua primeira semana de vida, ainda em 2007. Em pouco tempo, tornou-se editor-chefe do site para fazer o que faz de melhor: escrever.

Veja mais:

Salas de Poker