Ray Bittar é Preso nos EUA e Confirma Compra do FTP Pelo PokerStars

Por: 02/07/2012

Bittar é acusado de cinco crimes, incluindo violação da UIGEA, operação de apostas ilegais e lavagem de dinheiro.

Com a notícia, também surgiu na internet um suposto email enviado por ele para o quadro de funcionários do Full Tilt, explicando que sua atitude faz parte das condições necessárias para a finalização do acordo com o PokerStars, e que não devem se preocupar pois o PS irá pagar os salários do mês de julho.

“É muito importante que façamos todo o possível para (o acordo) acontecer, e esperamos que nosso acordo com o PokerStars torne real o nosso objetivo. Meu retorno aos EUA é parte desse processo,” diz um trecho do email. “Fizemos arranjos para que o PokerStars pague os salários de julho (…) Depois disso, esperamos que seus contratos de trabalho sejam assumidos pelo comprador dos bens da companhia.”

Embora a prisão de Bitar já tenha sido confirmada, ainda não há informações sobre a veracidade desse email. Apesar disso, a mensagem foi divulgada pela mesma pessoa que vazou as primeiras informações sobre o acordo entre os dois sites de poker em abril deste ano, o que lhe confere o benefício da dúvida.

Historiador por formação, conheceu o MaisEV em sua primeira semana de vida, ainda em 2007. Em pouco tempo, tornou-se editor-chefe do site para fazer o que faz de melhor: escrever.

Veja mais:

Salas de Poker