PokerStars Promete Acabar Com Data Mining

Por: 31/12/2015

Sites de data mining devem ser bloqueados pelo PokerStars

data mining

Continuando a política de equilibrar o jogo para os jogadores recreacionais, o PokerStars está planejando acabar com o chamado data mining em 2016.

As decisões da empresa têm haver com a diminuição do tráfego global e redução de dinheiro acumulado no jogo.

Algumas medidas já foram tomadas internamente para coibir a coleta de históricos de mãos para uso em programas de Heads-Up Displey (HUD), obtendo certo sucesso nesta redução na modalidade Zoom Poker. Agora, a expectativa é conseguir os mesmos resultados no Spin & Go.

Apesar de polêmica, a decisão foi pedida também por jogadores profissionais, após uma denúncia no fórum norte-americano TwoPlusTwo:

“Depois de 30 segundos, aparecem dois observadores em TODAS as mesas de Spin and Go entre $0.50-$100, e eles ficam por toda a duração da partida. Isso com certeza é data mining e o PokerStars tem que reconhecer este problema.”

Os termos e condições do PokerStars já recriminam o data mining, independente da postura adotada pela empresa agora:

“Você pode apenas reunir históricos de mãos e informação sobre jogadores em mãos das quais participe. ”

Ainda assim, sites que vendem históricos de mãos chegam a prometer 1.7 milhões de mãos de Spin & Go por dia, divulgando também um massivo estoque de mais de 25 milhões de mãos.

A reclamação obteve uma resposta do gerente de ring games do PokerStars, Baard Dahl, que respondeu que a sala já estava ciente do problema e que “está tomando medidas para impedir que sites coletem dados de todos os jogos.”

 

 

Curta a página do MaisEV no Facebook e siga-nos no Twitter

 

AQUI VOCÊ ENCONTRA OS MELHORES LIVROS PARA TORNEIOS E CASH GAMES

Historiador por formação, conheceu o MaisEV em sua primeira semana de vida, ainda em 2007. Em pouco tempo, tornou-se editor-chefe do site para fazer o que faz de melhor: escrever.

Veja mais:

Salas de Poker