PokerStars Ganhou Mais de $500 Milhões em 6 Meses

Por: 22/10/2014

Desse total, o PokerStars ganhou US$ 3.9 milhões de contas de jogadores inativas

A performance do PokerStars foi bastante satisfatória no primeiro semestre de 2014, segundo revelou o grupo Amaya Gaming.

Como parte do acordo de aquisição do Rational Group, antigo proprietário do PokerStars e Full Tilt, no valor de US$ 4.9 bilhões, o Amaya Gaming revelou os resultados das duas salas de poker online na primeira metade deste ano.

De acordo com o relatório, o PokerStars e o Full Tilt tiveram rendimentos de US$ 567.9 milhões, um acréscimo de 4% – ou US$ 22 milhões – em comparação com o mesmo período de 2013. A lucratividade líquidas das salas foi de US$ 218.4 milhões, 15% a mais do que  em 2013, quando lucrou US$ 189.9 milhões.

Lucro PokerStars“Estamos muito satisfeitos com a performance do PokerStars e do Full Tilt em 2014,” disse David Baazov, CEO do Amaya.

Um número curioso que contribuiu para estes rendimentos foi o valor tomado das contas inativas. US$ 3.9 milhões foram “esquecidos” por jogadores em suas contas no PokerStars e Full Tilt em 2014, enquanto em 2013 este valor chegou a impressionantes US$ 42 milhões. Segundo os termos e condições do PokerStars, uma conta é considerada inativa se o jogador não logar por mais de 12 meses, quando a partir de então a sala pode se apropriar de qualquer quantia disponível nessas contas.

Mas se para ganhar dinheiro é necessário gastar dinheiro, o PokerStars e o Full Tilt também tiveram altos custos de operação nos primeiros seis meses do ano.

Só em impostos, foram US$ 2.8 milhões pagos. Apesar da maior parte das atividades das salas estarem baseadas em sua sede na Ilha de Man, onde não há taxação, as salas também estão presentes em países onde o poker online é regulamentado, devendo pagar taxas ao governo.

O custo total de operação nestes mercados legalizados – atualmente, 11 países – aumentou de US$ 46.4 milhões em 2013 para US$ 50 milhões neste ano.

Parte do lucro da empresa em 2014 também veio com a diminuição dos gastos com publicidade. Enquanto em 2013 foram gastos US$ 87.5 milhões, neste ano este valor caiu para US$78.7 milhões, pouco mais de 11%. As despesas com pagamentos de afiliados também caíram para US$ 16.5 milhões, comparados a US$ 19.1 milhões.

Certamente contribuiu para esta grande economia com publicidade o encerramento do contrato com vários jogadores profissionais da sala, como Humberto Brenes, Joe Cada, Alex Kravchenko e outros.

Leia mais: Joe Cada Não Faz Mais Parte do Team Pro PokerStars

Humberto Brenes Também Está Fora do Team Pro PokerStars

O único número que não agradou aos chefões do grupo Amaya Gaming foi o valor presente nas contas dos jogadores. Os fundos dos jogadores no primeiro semestre de 2014 totalizam US$ 606 milhões, já em 2013 este valor era de US$ 615 milhões.

Mas a expectativa para o segundo semestre é que os lucros sejam ainda maiores, com o sucesso das mesas de Spin & Go, assim como os jogos de cassino no mercado espanhol e o lançamento da nova versão do software, o PokerStars 7.

 

Curta a página do MaisEV no Facebook e siga-nos no Twitter.

 

Loja MaisEV tem produtos com até 80% de desconto, aproveite!

Historiador por formação, conheceu o MaisEV em sua primeira semana de vida, ainda em 2007. Em pouco tempo, tornou-se editor-chefe do site para fazer o que faz de melhor: escrever.

Veja mais:

Salas de Poker