888Poker Apoia Entrada do PokerStars no Mercado Americano

Por: 24/06/2014

CEO do 888 Poker é favorável à livre concorrência.

Você prefere ter uma fatia grande de um bolo pequeno, ou uma fatia pequena de um bolo grande? Para o CEO do 888 Poker Brian Mattingley (foto abaixo), o pedaço menor, desde que o bolo seja grande, é a melhor opção.

A compra do PokerStars e Full Tilt pela Amaya Gaming, que visa a entrada do maior site de poker do mundo no mercado americano, pode ajudar seu maior competidor, segundo o CEO da sala vice-líder em tráfego no poker online: “Competimos com o PokerStars através de toda a Europa, e eles são competidores formidáveis. Entretanto, eles fazem a gente trabalhar mais e melhor, e ajudam a expandir o mercado. Prefiro muito mais ter um pedaço menor de uma grande torta, do que o contrário”, disse Brian ao Las Vegas Review Journal sobre a estratégia da empresa rival.

888 CEO Brian MattingleyCom 85 milhões de usuários ao redor do mundo, o PokerStars ocupa o topo no ranking de jogadores conectados, com picos de mais de 32 mil jogadores presentes nas mesas de cash game da sala durante o dia. Já o 888 Poker é a segunda colocada, com pouco mais de 3 mil usuários nas mesas a dinheiro do site.

A venda da PokerStars e Full Tilt visa a evitar uma cláusula de “bad actor”, que proíbe que empresas com diretores condenados na justiça americana, recebam uma licensa para operar jogos online.

Para Brian Mattingley, quanto maior o nível dos competidores, mais sua empresa tem que correr atrás para cair na graça dos consumidores, e assim os usuários (além da própria empresa) é que acabam sendo beneficiados.

 

 

Passe na Loja MaisEV e confira ofertas e promoções de vários acessórios de poker.


Veja mais:

Salas de Poker