Phil Ivey: “Se Eu Não Vencesse Andy Beal, o Mundo do Poker Estaria Encrencado”

Por: 23/05/2014

O maior jogador do mundo falou sobre o início de sua carreira e o lendário jogo contra o banqueiro Andy Beal

Em uma entrevista ao site All In Mag, Phil Ivey comentou sobre os perrengues de início da carreira, quando trabalha como atendente de telemarketing e jogava poker no tempo livre.

“Eu joguei no Grand Slam do Poker (cash game privado de Larry Flynt, criador da revista masculina Hustler) e quebrei. Não totalmente, mas eu tinha $170.000 em bankroll e perdi $150.000. Guardei os outros $20.000 e voltei a jogar $80/$160.

“Consegui reunir $200.000 e perdi $50.000 no primeiro dia. NO segundo dia que joguei, eu ia voltar a ter os $20.000 com que comecei, então disse que ser perdesse voltaria a jogar $80/$160 até reconstruir o bankroll. Terminei tendo só $4.000 ou $5.000 na stack e runnei hot dali pra frente. Foi um ponto de virada pra mim, porque terminei ganhando $150.000 mil naquele dia. E ganhei na próxima vez, e na próxima, e na próxima. Daí eu tinha um bankroll pra jogar de verdade, e nunca mais olhei pra trás desde esse dia.”

Phil Ivey também relembrou seu primeiro bracelete da WSOP, em 2000. “Aquele foi minha primeira WSOP. Eu lembro de Amarillo Slim (Ivey derrotou Amarillo Slim no heads-up do evento que ganhou o bracelete). Lembro do rosto inexpressivo, das mãos, lembro de tudo. Foi muito especial jogar heads-up contra ele.”

Já sobre a histórica partida dos maiores jogadores do mundo contra o milionário banqueiro Andy Beal, Ivey não foi nada humilde.

“O cara era um jogador muito difícil, pra ser honesto. Ele era muito agressivo, sabia quando apostar, quando dar check e quando blefar. Um jogador muito agressivo, difícil de vencer em Limit Hold’em. Se eu não o derrotasse, o mundo do poker estaria em grandes encrencas”.

Assista a entrevista completa com Phil Ivey abaixo:

 

Conheça os melhores livros de poker na Loja MaisEV.

Historiador por formação, conheceu o MaisEV em sua primeira semana de vida, ainda em 2007. Em pouco tempo, tornou-se editor-chefe do site para fazer o que faz de melhor: escrever.

Veja mais:

Salas de Poker