Pedro Correa Sofre Mas Confirma Favoritismo e Crava BSOP São Paulo

Por: 29/01/2013

Depois de passar por cima da maioria dos integrantes da mesa final, quando Pedro Correa encarou o integrante do Akkari Team, Pedro Padilha, o título parecia definido. Seu stack era mais de 5 vezes maior que o do rival. Mas não foi isso que se viu.

Padilha conseguiu subir em fichas e até passar o adversário, no que passou a se tornar um heads-up altamente técnico. Entretanto, Correa tratou de retomar a liderança e finalmente erguer o troféu de campeão e receber o prêmio de R$260 mil. Pela 2ª colocação, coube a Pedro Padilha R$161 mil.

Dos 13 que começaram o dia, os 3 shortstacks não demoraram a se despedir do Holiday Inn Anhembi, onde ocorria a disputa. A bolha da mesa final estourou quando Claudio Baptista empurrou todas suas fichas com QQ e foi pago pelo AJ do colunista do MaisEV, Eduardo Marra. Com um A já no flop, a mesa final estava formada.

Quando o heads-up foi formado com a eliminação de Fernando Macedo, a vantagem de Pedro Correa parecia insuperável. Entretanto, com sucessivas vitórias com as fichas todas no pano, Pedro Padilha foi subindo em fichas e em confiança. O jogo estava bem desenhado para a virada heroica de Padilha quando o TJcc do adversário flushou no board QhKc3h7c4c, que segurava QJo e foi em all-in após betar em todas as streets. Nova vantagem gigante para Correa, que liquidou seu adversário logo após quando seu 99 segurou contra o A8 de Padilha.

Confira a classificação da mesa final:

1. Pedro Correa – R$ 260.000;
2. Pedro Padilha – R$ 161.000;
3. Fernando Macedo – R$ 113.600;
4. Luis Carlos dos Santos – R$ 89.250;
5. Ramiro Araújo – R$ 68.400;
6. Alessandro Bastianoni – R$ 49.850;
7. Eduardo Marra – R$ 37.700;
8. André Sá – R$ 27.800;
9. Mateus Lessa – R$ 18.600;


Veja mais:

Salas de Poker