Partouche Poker Sob Investigação Por Autoridades Francesas

Por: 20/02/2013

Uma das irregularidades cometidas seria a quebra de uma lei de 2010, que proíbe funcionários da empresa de jogarem e receberem prêmios no próprio site. De acordo com o site Mediapart.fr, um documento confidencial alega que cerca de 40 contas estão sob suspeita, sendo uma pertencente a Yohan Zenou, parente de Katy Zenou, membra da equipe.

O site alega que Zenou efetuou um depósito de apenas €175 na conta “yozenou”, mas recebeu mais de €36 mil em tickets de torneios, dos quais €27.5 mil foram sacados para sua conta bancária. Alguns meses atrás, Patrick Partouche, responsável pelo site, envolveu-se em um imbróglio onde sua empresa não pagou os €5 milhões que haviam sido supostamente garantidos na premiação do Partouche Poker Tour. A atitude gerou revolta de muitos jogadores, envolvidos ou não no torneio.

Um porta-voz da empresa confirmou que Patrick Partouche também está sob investigação. No fim de 2012 a ARJEL enviou uma notificação formal aos donos do site, que teriam 3 meses para se adequar a rígidas regras de segurança pré-estabelecidas.


Veja mais:

Salas de Poker