O Sucesso do LAPT Florianópolis

Por: 10/08/2010

A volta do LAPT para o país onde o circuito foi iniciado marcou uma grande vitória para o Brasil, que novamente é sede de um evento internacional, e que evento!

O maravilhoso Costão do Santinho Resort foi a escolha perfeita para este evento grandioso, que contou com 356 jogadores, o que superou em mais de 100 pessoas a expectativa para o field. E quase um terço dos participantes era de brasileiros.

Costão do Santinho Resort

Com isso, a premiação total foi de mais de 1 milhão e meio de reais, sendo R$ 435,000 para o vencedor. Certamente se o clima estivesse mais agradável, muitos mais teriam se juntado ao participantes.

Das histórias fantásticas dos brasileiros presentes no LAPT, podemos citar Dayan Vardanega, que terminou em 2º lugar, e Rodrigo Scartezini, que foi o 7º colocado.

Durante o XI Floripa Open,  todos os jogadores registrados participaram de um sorteio em que o prêmio em questão era uma vaga para o evento principal do LAPT, e o nome sorteado acabou sendo o de Dayan Vardanega, que transformou um buy-in de R$100 do Floripa Open em um prêmio de R$250,000 pelo segundo lugar do LAPT Florianópolis.

Dayan Vardanega

Já Rodrigo Scartezini demonstrou ser um exemplo de superação. No início do ano, ele foi diagnosticado com câncer nos testículos, e começou a jogar poker para desviar sua atenção da doença. Segundo ele, o jogo é uma espécie de terapia que o ajuda a lidar com o problema. Sua sétima colocação lhe deu uma alegria que há tempos não sentia, junto com o prêmio de R$48,700.

Rodrigo Scartezini

Grande parte do sucesso do LAPT Florianópolis se deve à Overbet Eventos, que passou mais de seis meses cuidando da organização deste evento. Depois que conhecemos, mesmo que superficialmente, a dificuldade que é organizar um evento do nível do PokerStars,  ficou claro que a Overbet, antes desconhecida pela maioria dos jogadores brasileiros, é uma empresa forte que não deixou nada a desejar e cumpriu seu papel de forma magistral.

Que venham mais etapas brasileiras!

Historiador por formação, conheceu o MaisEV em sua primeira semana de vida, ainda em 2007. Em pouco tempo, tornou-se editor-chefe do site para fazer o que faz de melhor: escrever.

Veja mais:

Salas de Poker