No Evento 2, Australiano Bate Maior Field da História da WSOPE

Por: 12/10/2011

no torneio de No-Limit Hold’em de buy-in €1,090 e se tornou o sexto jogador em seu país a levar um bracelete.

Os demais “aussies” na lista dos ganhadores são Gary Benson, Joe Hachem, Mel Judah, Mark Vos e Jeff Lisandro.

A vitória de Andrew veio após uma bela virada sobre os italianos Gianluca Speranza e Tarcisio Bruno, que completaram o pódio, em segundo e terceiro lugar, respectivamente.

Resultado final do Evento 2:

1. Andrew Hinrichsen – €148,030
2. Gianluca Speranza – €91,262
3. Tarcisio Bruno – €67,281
4. Bernard Guigon – €50,146
5. Roberto Romanello – €37,874
6. Eric Baudry – €28,977
7. John Eames – €22,449
8. Nabil Nedjai – €17,608
9. Gregory Lejolivet – €13,982

RECORDES DE PÚBLICO MARCAM ATUAL EDIÇÃO

Os dois primeiros torneios da WSOPE 2011, que está sendo disputada pela primeira vez na França, mais especificamente em Cannes, tiveram fields recordes.

No Evento 1 o crescimento em relação a 2010 foi de 47%.  Já o Evento 2, apesar de um crescimento menor, 27%, marcou o maior field já visto nos cinco anos de existência da WSOPE.

Segundo Jeff Lisandro, maior nome do poker autraliano, dono de cinco braceletes, a mudança da Inglaterra para a França teve grande influência nos números desse ano.

“Acho que Cannes é uma locação melhor para a WSOP Europa. O clima aqui é ótimo. E os preços por aqui também são menores do que em Londres. Sem contar que aqui temos aquela sensação de Vegas, onde você está perto do local do torneio, perto de toda aquela excitação”, disse o Jogador do Ano da WSOP 2009.

LEIA MAIS: No Evento 1, Brasil Faz Seu Primeiro ITM na WSOPE; Hellmuth é 7º


Veja mais:

Salas de Poker