Marvin Rettenmaier Explica Seu Raciocínio Contra o Relógio da WPT

Por: 28/03/2014

Jogador foi uma das poucas vozes completamente contrárias a adoção do relógio da WPT.

Semanas atrás, durante a etapa do WPT em Los Angeles, o L.A Poker Classic, a organização do evento questionou os jogadores sobre uma possível inovação nos torneios futuros: um relógio controlaria o tempo de ação de cada jogador em 30 segundos. Amplamente aceita pelos jogadores questionados (80%), o assunto foi motivo de desgosto de Marvin Rettenmaier.

Saiba Mais: WPT Quer Implementar Relógio Nos Torneios

Agora, em um post publicado em seu blog, o profissional alemão explicou os motivos de seu descontentamento com a provável inclusão do relógio que irá limitar o tempo de ação dos jogadores nas etapas do WPT.

Para ele, a ideia não foca simplesmente em tornar os jogos mais rápidos, e pode atrapalhar as disputas por fichas: “Eu levo algum tempo pra agir, mas sou objetivo. Se o resultado fosse simplesmente uma melhora dos jogos, mesmo que fosse contra meus interesses, eu seria favorável a ideia, ou, pelo menos, não falaria tão abertamente contra. 30 segundos é pouquíssimo tempo e com frequência o ato de contar as fichas leva mais tempo que isso”.

O jogador cita uma mão disputada contra Tom “durrr” Dwan no Aussie Millions. Na ocasião, ele aumentou pré-flop e foi 3-betado por Tom, e o dealer levou mais de 20 segundos somente para contar o tamanho da 3-bet. Ele comenta: “Se eu tivesse que tomar a decisão em poucos segundos deixaria evidente a força da minha mão”.

Mad MarvinPara ele a implantação do relógio vai afastar jogadores recreativos, e cita Paul Newey, um empresário que joga com frequência os eventos high rollers e que afirmou que deixaria de jogá-los caso o relógio seja adotado, por crer que beneficie os jogadores mais experientes.

A mudança sugerida por Marvin seria uma reeducação no hábito dos jogadores pedirem tempo. “Chamar o relógio” em algum oponente é um hábito geralmente mal visto, e, segundo o alemão, “Somente umas duas, de várias vezes, achei que o relógio foi chamado em pouco tempo, comigo. Talvez a mudança necessária a ocorrer seja que venha a ser mais aceitável colocar o oponente em “tempo” mais cedo”, referindo-se ao fato de que, na maioria das vezes, somente após muitos minutos decorridos que alguém da mesa chama o relógio.

Ele conclui: “Eu não quero ser aquele cara que disse ‘eu avisei’, caso a inovação do WPT seja um fracasso. Mesmo que a maioria dos jogadores tenha concordado com a ideia, acredito que muitos deles não pensaram na questão de um modo mais profundo e foram guiados pelo pensamento: ‘sim, vamos jogar mais rápido e jogar mais mãos’, mas esqueceram de analisar a questão em um maior espectro e que a ideia é basicamente impossível de implantar”.

Recentemente, Daniel Negreanu e Josh Arieh declararam-se favoráveis a ideia. No passado, Doyle Brunson foi outro jogador a falar bem da opção em restringir o tempo de ação para tornar os jogos mais rápidos.

 

Na Loja MaisEV você encontra fichas, baralhos, e diversos acessórios para jogar aquele poker com os amigos.


Veja mais:

Salas de Poker