Luxemburgo Perde Processo Sobre Poker Contra Revista

Por: 01/08/2014

Vanderlei Luxemburgo perdeu processo em segunda instância que ligava sua baixa atuação como treinador ao poker.

O envolvimento de Vanderlei Luxemburgo com o poker é notório. Famoso por frequentar casas de poker em várias cidades brasileiras, o “pofexô” nunca escondeu seu envolvimento com o esporte. Mas não gostou de ter seu baixo rendimento nas casamatas ligado ao gosto pelas cartas.

A extinta Revista ESPN publicou uma matéria, em 2010, em que pessoas próximas ao técnico afirmavam que o vício de Luxemburgo no poker era uma das razões para seu baixo rendimento na condução de seus times à beira do campo.

Na época, Vanderlei treinava o Flamengo, clube que voltou a assumir há alguns dias; e que ocupa a lanterna do Campeonato Brasileiro da Série A; e não gostou da reportagem. Processou a revista, requerendo R$ 500 mil como indenização por danos morais, e chegou a afirmar em seu blog: “Cheguei à conclusão de que o tal Augusto Amaral não é nem jornalista, nem comediante, nem escritor de ficção. É, na verdade, mais um caluniador que passa a integrar o grupo de percevejos que escrevem apenas para incomodar a minha honra pessoal e profissional”, referindo-se ao autor da matéria Augusto Amaral. No vídeo abaixo, você também pode ver uma declaração do treinador à época sobre o caso.

 

Segundo reportagem de Vinícius Segalla, do Uol Esporte, Luxemburgo sofreu sua primeira derrota em dezembro do ano passado, quando a juíza Luciana Leal Junqueira Vieira Rebelo da Silva, negou o pedido em primeira instância.

Agora, o turn também não ajudou o treinador. Na metade do mês passado, a decisão dos desembargadores do TJ-SP também indeferiu a queixa de Vanderlei. De acordo com a sentença: “(…) a matéria, ao reverso do sustentado no apelo, não se reveste de ilicitude. Exibe conteúdo narrativo e crítico. Relata a atuação Luxemburgo BSOP Pokerprofissional do recorrente, atribuindo o seu suposto declínio à prática de outras atividades paralelas, notadamente o gosto pelo jogo de cartas, que não é por ele negada”.

Com isso, o novo “pôjeto” de Luxemburgo será buscar seus outs no river em um julgamento em terceira instância, no Superior Tribunal de Justiça, em Brasília.

 

 

Luxemburgo no BSOP Millions

 

Curta a página do Mais EV no Facebook e siga-nos no Twitter

 

(Foto: Sidnei Rodrigues / Divulgação)

 

Confira os melhores livros de poker na Loja MaisEV.


Veja mais:

Salas de Poker