Justiça Libera US$82 Milhões Para Reembolsar Jogadores Americanos do Full Tilt

Por: 24/01/2014

Já são quase 3 anos de espera, mas finalmente os jogadores americanos do Full Tilt Poker que tiveram seus fundos retidos na Black Friday devem começar a receber seu dinheiro de volta.

O Departamento de Justiça americano (DOJ) aprovou a liberação de US$82 milhões em reembolso, que beneficiarão cerca de 30 mil contas cujo balanço não foi contestado.

O anúncio foi feito por John Pappas, diretor executivo da Poker Players Alliance (PPA), que afirmou que o Garden City Group (GCG), responsável pelos pagamentos, deverá entrar em contato com os envolvidos: “Os jogadores devem receber um email do GCG nas próximas semanas com instruções sobre como receber os pagamentos. Não fui informado sobre uma data definitiva, mas acredito que isso será resolvido antes de 31 de março, a data limite prevista anteriormente”.

O valor liberado representa mais da metade do fundo de US$160 milhões criado através do acordo entre o DOJ e o PokerStars, que possibilitou o retorno do FTP a suas atividades.

O restante do dinheiro deve ser utilizado para reembolsar jogadores cujo balanço apresentado no site não corresponde ao valor  por eles reivindicado, mas o processo nesses casos ainda poderá demorar algum tempo. A mesma situação ocorre com valores devidos por acordos de afiliação e bônus devidos aos “Red Pros”, ex-contratados do site.

“Afiliados e pros continuam sem solução mas o DOJ e o Garden City Group estão trabalhando nisso com muito afinco e espero que em breve tenham notícias para esse grupo de jogadores afetados”, declarou Pappas, reafirmando o compromisso da PPA com os prejudicados: “Ainda existem muitos jogadores cuja situação não foi resolvida e continuaremos procurando uma solução para esses casos.”

 

Visite a Loja MaisEV e conheça os livros e softwares que vão te ajudar a ser um jogador cada dia mais lucrativo!


Veja mais:

Salas de Poker