Jogador É Banido da WSOP Por Furtar Ficha no WSOP Circuit

Por: 27/02/2014

Caso ocorreu no Evento #9 da WSOP Circuit, disputada em Palm Beach, Flórida.

Corpos levados para o deserto. Mãos do infrator marteladas. Ou uma bela surra. Não. É 2013, e nada disso acontece mais. Porém, não é uma boa ideia tentar trapacear um cassino.

O episódio ocorreu na etapa de Palm Beach, Flórida, disputada no início do mês no Palm Beach Kennel Club, uma das etapas do circuito da WSOP que percorre cidades dos Estados Unidos e Canadá, e que agracia os vencedores de determinados eventos com anéis. E Chan Pelton acabava de conquistar o seu terceiro anel.

A cena se deu logo após Pelton faturar seu tri-campeonato. A direção do torneio, após análise de vídeos do circuito interno, notou a retirada pelo vencedor de uma ficha no valor de 25 mil. Ao ser confrontado com as evidências, o jogador disse que queria guardar a ficha como lembrança, um souvenir da sua terceira conquista. Entretanto, a retirada de fichas do stack fere várias seções da regra 39 das Regras Oficiais de Torneios da WSOP.

Para outros competidores, a real intenção de Pelton seria usar a ficha para aumentar o seu stack no Main Event, que ocorreria mais tarde no mesmo dia, 14 de fevereiro.

Como punição, o jogador teve seu prêmio confiscado (US$ 47.061), foi desclassificado do National Championship (evento que reúne os 100 melhores jogadores do circuito, com premiação de US$ 1 milhão e que tinha Pelton, por conta dos seus três anéis conquistados, como um dos favoritos), e foi banido indefinidamente de todos os cassinos administrados pela rede Ceasars.

Com a desclassificação de Pelton, o segundo colocado Chris Bolek herdou o título, e todos jogadores ganharam uma posição na classificação final do Evento #9 (NLH $1.125), que teve 181 participantes e distribuiu US$ 181 mil em prêmios.

 

Vários livros da Loja MaisEV turbinam o nível do seu poker. Confira!


Veja mais:

Salas de Poker