Jogador Americano Escreve Seu Próprio Projeto de Lei Para Legalização do Poker Online

Por: 23/07/2013

Cansado de esperar pelos seus representantes eleitos, o jogador americano Martin Shapiro decidiu criar seu próprio projeto de lei sobre a legalização do poker online nos Estados Unidos.

Ele divulgou o documento no fórum 2+2, onde usa o nickname PokerXanadu, pedindo o feedback de outros jogadores.

O projeto recebeu o nome de Internet Wagering Citizens Protection Act (Ato de Proteção aos Cidadãos em Apostas na Internet) e para seu autor, reúne o que há de melhor nos textos dos deputados Pete King e Joe Barton, ambos favoráveis à regulamentação do poker online. A intenção do jogador é que seu projeto de lei sirva como guia para que os legisladores possam aprovar uma lei que seja justa para jogadores, empresas e governo.

“Tomei essa iniciativa porque ninguém o fez antes. Todos os projetos que já foram apresentados o Congresso até hoje são incompletos e não foram aprovados porque são parciais a um número limitado de interessados. Pensei que já era hora de surgir um projeto que cubra todos os aspectos, preserve todas as proteções e direitos dos jogadores e reconheça as necessidades de todos as partes interessadas em um compromisso que possam apoiar,” disse Shapiro ao site Pokerfuse.

O projeto de Shapiro cobre tópicos como licenciamento, taxação de empresas e jogadores, fiscalização e proteção ao consumidor, além de atualizar leis existentes como a famigerada UIGEA.

Shapiro agora tenta fazer com que seu projeto chegue até os deputados e senadores que já apresentaram projetos de leis para a legalização do poker online. “Minha maior esperança é que alguém com influência em Washington leve o projeto pra frente.”

Historiador por formação, conheceu o MaisEV em sua primeira semana de vida, ainda em 2007. Em pouco tempo, tornou-se editor-chefe do site para fazer o que faz de melhor: escrever.

Veja mais:

Salas de Poker