Pesquisa de Harvard Diz Que Jogar Online Não Causa Vício em Apostas

Por: 28/08/2014

Um novo estudo da prestigiada faculdade Harvard descobriu que jogar poker online não contribui para o aumento do vício em apostas.

Pesquisadores da Harvard Medical School (escola de medicina da faculdade Harvard) divulgaram uma nova pesquisa em que descobriram que jogos de apostas online não contribui para o vício no jogo.

harvard medical school

A pesquisa foi feito em parceira com o bwin.party e a Universidade de Hamburgo, que focou especificamente no poker online, enquanto a equipe de Harvard estudou todos os jogos de cassino.

De acordo com os resultados da pesquisa da equipe de Harvard, 95% das pessoas estudadas jogam moderadamente e o “comportamento apostador intenso” apareceu em apenas em 1 a 5% dos jogadores.

Utilizando a base de clientes da rede bwin.party, descobriu-se que estes jogadores logam em média uma ou duas vezes por semana e perdem em torno de 5.5% de seus bankrolls a cada vez, com 2.5 apostas esportivas sendo feitas a cada quatro dias com valores médios de $5.50.

Em seu parecer final, os pesquisadores então concluem: “As descobertas epidemilogicas destes estudos contradizem a visão condicional de que a maioria dos jogadores online exibem comportamentos de apostadores compulsivos. Ao contrário: a evidência mostra que a grande maioria dos clientes (da bwin.party) jogam moderadamente e assim apenas poucas perdas ocorreram. Uma pequena parcela de jogadores estava mais envolvida e desta forma requereu medidas de proteção adicionais para jogar responsavelmente.”

 

Curta a página do MaisEV no Facebook e siga-nos no Twitter.

 

Na Loja MaisEV você encontra os melhores livros de poker.

 

 

Historiador por formação, conheceu o MaisEV em sua primeira semana de vida, ainda em 2007. Em pouco tempo, tornou-se editor-chefe do site para fazer o que faz de melhor: escrever.

Veja mais:

Salas de Poker