Gus Hansen Explica Sua Eliminação no WSOP 2008

Por: 21/07/2008

Ele acrescenta ainda: “Não me entenda mal – esse é uma estratégia muito poderosa contra jogadores inexperientes que estejam jogando seu primeiro Main Event, mas penso que você tenha que mudar sua estratégia uma vez que você tenha construído um stack sólido que te leva mais perto de um resultado fantástico ou mesmo uma mesa final. Em resumo – você tem que ter uma marcha ré!”

Na jogada em questão, Gus explica que o chip leader era sick-agressive e estava UTG em sua mesa. Quando o UTG uber-agressivo fez um raise – como vinha fazendo em muitas rodadas – Gus decidiu que mandaria uma mensagem a ele. Gus conta que olhou apenas uma carta ,vendo uma Q e fez outro raise em cima do uber-agressivo e, no momento em que o chip leader apenas deu call, Gus sabia que ele não teria uma mão muito forte e pensou em AJ, AT.

O flop veio 8 5 6 e Gus apostou para tentar empurrar seu oponente para fora do pot, mas ao invés disso foi posto em all-in. Gus explica que pelo tamanho do call em relação ao pot ele teria que vencer 30% das vezes já que ele não colocava em seu adversário nada diferente do que havia pensado anteriormente: AJ, AT. Problema matemático resolvido, Gus dá seu call com open-ended straight draw e Q high e vê que seu oponente tinha exatamente AJ!

Infelizmente, não veio nenhum out de Mr. Hansen, e Gus foi eliminado.

Em posterior reflexão, olhando o mar mediterrâneo, na Europa, onde vai disputar o Riviera Cup – o último torneio do World Series of Backgammon antes do Main Event – Gus diz que não se arrepende do call; mas que podia ter esperado pelo menos 2 horas a mais para entrar em conflito com um uber-agressivo.


Veja mais:

Salas de Poker