Full Tilt Sai Vitorioso de Dois Processos

Por: 23/10/2009

FtpMas para o alívio do Full Tilt, estes outros dois processos foram encerrados recentemente, com a vitória da empresa.

O caso contra a jogadora Clonie Gowen, que fazia parte do time de profissionais do site, foi vencido na semana passada. Há um ano atrás, Gowen entrou com a ação, alegando que a empresa falhou em pagá-la adequadamente por promover o site. De acordo com ela, o contrato assinado dava direito a 1% dos lucros, o que estima-se, segundo seus advogados, em $400 milhões. Clonie Gowen pediu uma indenização de $40 milhões, que foi negada pela corte.

O processo incluia entre os réus as empresas Tiltware e Pocket Kings, afiliadas ao site, e todos os membros. Team Full Tilt.

O outro processo foi feito pela empresa britânica Pocket Kings, parceira do Full tilt, contra o estado norte-americano do Kentucky, que bloqueou inúmeros nomes de domínios ligados à empresas de apostas online. Segundo a companhia, a empresa que controla seu domínio, a SafeNames, foi instruída pelo estado à ceder o domínio da Pocket Kings, o que viola o contrato entre as empresas.

O juiz Michael Furness declarou que o bloqueio realizado pelo estado do Kentucky não é obrigatório em solo britânico, onde o caso foi julgado.

A empresa SafeNames concordou em não cumprir o bloqueio para que o Full Tilt mantenha seu nome de domínio.


Veja mais:

Salas de Poker