França Quer Voltar a Ser Parte do Mercado Internacional no Poker Online

Por: 02/03/2015

Queda drástica em receitas é o argumento de grupo de deputados da França para que jogadores voltem à base .com.

Uma das nacionalidades que os brasileiros mais sentem falta em jogar contra são os franceses.

Conhecidos por seu baixo nível técnico, eles foram sacados do mercado global quando leis que regulamentaram o poker online no país foram aprovadas e deram origem ao mercado restrito. Mas um grupo de deputados quer mudar isso.

O principal motivo é a queda apresentada nos números. Nos últimos três anos, as receitas com os tributos caíram um terço, e o último trimestre de 2014 viu uma redução de 12% em comparação com o mesmo período de 2013.

Com isso em mente, um grupo de 22 deputados entrou em acordo a fim de tornar o mercado francês global novamente. A iniciativa consiste em criar uma emenda na lei que permitiria o acesso de jogadores a sites não regulados pela ARJEL, órgão que autoriza o funcionamento de empresas de jogos online no país. Com um pool maior de jogadores, as receitas aumentariam, segundo o grupo de deputados.

Entretanto, ainda há muito por rolar. A câmara francesa consiste de 571 parlamentares, e se o grupo não encontrar apoio o resultado será o mesmo visto em 2013, quando proposta semelhante foi amplamente rejeitada.

ps france

Jogadores franceses só podem competir entre eles.

 

Curta a página do MaisEV no Facebook e siga-nos no Twitter.

 

Clique aqui e conheça uma ampla variedade de livros de poker.


Veja mais:

Salas de Poker