Katchalov e Elky Confirmam Participação no Grand Finals Carnival Poker Festival

Por: 03/02/2012

Recentemente, Katchalov e Grospellier foram eleitos o primeiro e segundo melhores jogadores de 2011 pela edição americana da revista Bluff, enquanto Grospellier também foi eleito “Personalidade do Ano” no European Poker Awards em Paris. Somados, eles já receberam mais de US$ 15 milhões em premiações em torneios ao vivo de poker, sendo campeões de diversos títulos de World Series of Poker (WSOP), World Poker Tour (WPT) e European Poker Tour (EPT).

Katchalov é formado em finanças e negócios internacionais e trabalhou no mercado de ações até 2003, quando tornou-se jogador profissional de poker. Ele já conquistou um bracelete do World Series of Poker (WSOP) e um título do World Poker Tour (WPT), além do evento Super High Roller no PokerStars Caribbean Adventure (PCA), no ano passado, com um prêmio de US$ 1,5 milhão.

Grospellier, no entanto, teve uma experiência bem diferente. Conhecido como “ElkY”, ele era jogador profissional de videogame antes de mudar para o poker. Após conquistar o vice-campeonato mundial de StarCraft em 2001, foi morar na Coréia do Sul, onde os principais campeonatos eram disputados. Ele mudou para o pôquer durante o boom em meados da década de 2000 e em 2007, foi o primeiro jogador do PokerStars a conquistar os status Supernova e Supernova Elite no PokerStars VIP Club. Atualmente ele é um dos únicos cinco jogadores do mundo que possuem a chamada “Tríplice Coroa” do pôquer ao vivo, que inclui vencer cada um dos três principais circuitos do mundo: WSOP, WPT e EPT.

Os nomes de Katchalov e Grospellier somam-se às confirmações de vários Team Pros, incluindo Daniel Negreanu, Chris Moneymaker, Fátima Moreira de Melo e a recente inclusão do belga Matthias de Meulder. Também estarão presentes os Team PokerStars Pro latinoamericanos, como o brasileiro André Akkari (detentor de um bracelete do WSOP), os argentinos José Ignácio “Nacho” Barbero (campeão do Evento Principal em duas etapas do LAPT) e Leo Fernandez, os mexicanos Christian de Leon e Angel Guillén, e o costarriquenho Humberto Brenes.

Coleção de braceletes

Pela primeira vez em um torneio no Brasil, haverá a participação de tantos jogadores com braceletes da World Series of Poker. Akkari, Katchalov e Grospellier conquistaram seus braceletes no ano passado, enquanto Negreanu, que tem quatro títulos, venceu em 1998, 2003, 2004 e 2008, e Brenes ganhou seus dois braceletes em 1993. Chris Moneymaker foi coroado campeão do Evento Principal em 2003.

O Grand Finals Carnival Poker Festival, patrocinado pelo PokerStars, combina os eventos finais do Latin American Poker Tour e do Brasil Poker Tour, fazendo dele um dos mais glamorosos torneios da América Latina.

Historiador por formação, conheceu o MaisEV em sua primeira semana de vida, ainda em 2007. Em pouco tempo, tornou-se editor-chefe do site para fazer o que faz de melhor: escrever.

Veja mais:

Salas de Poker