David Baazov é Acusado de Usar Informações Privilegiadas e Ações da Amaya Despencam

Por: 24/03/2016

Ações da Amaya caem 20% após executivos serem denunciados de tentar manipular os preços dos títulos no mercado

david baazov

As ações da Amaya tiveram forte baixa na bolsa de Quebec depois do anúncio de que David Baazov, CEO da empresa, estava sendo acusado de usar informações privilegiadas para influenciar ou tentar influenciar o preço de mercado de títulos. Pesam sobre ele cinco acusações e junto ao processo foram citados vários outros nomes, totalizando 23 queixas.

“Os réus são acusados, em particular, por ter usado, entre dezembro de 2013 e junho de 2014, de informações privilegiadas relativas aos títulos da Amaya Inc. para fins de negociação”, informou a Autorité des Marchés Financiers, órgão regulador de valores mobiliários da província de Quebec, Canadá.

A resposta da bolsa foi imediata, com os papéis da Amaya perdendo 20% do seu valor na  Bolsa de Toronto e tendo também uma queda acentuada nos EUA.

A empresa tentou manter um clima de tranquilidade para seus clientes, e afirmou que esse caso não deverá ter influencia sobre os sites.“Não haverá nenhuma alteração para o PokerStars ou ofertas de produtos do Full Tilt, seja na experiência do cliente, segurança, fundo do jogador ou integridade do jogo”

David Baazov, que está no meio de uma proposta de compra da Amaya repudiou as denúncias. “Essas alegações são falsas e tenho a intenção de contestar vigorosamente as acusações.”

 

Curta a página do MaisEV no Facebook e siga-nos no Twitter.

 

VEJA OS MELHORES ACESSÓRIOS PARA JOGAR POKER


Veja mais:

Salas de Poker