Daniel Negreanu e os Cash Games

Por: 29/03/2010

Mas também não é segredo que as habilidades de Negreanu em cash games deixam a desejar para um jogador do seu calibre. O que o diferencia da maioria dos jogadores é o fato de que ele reconhece suas deficiências, e trabalha duro para corrigi-las, como ele mesmo disse em seu blog.

“Eu joguei mais de 60 horas online no PokerStars este mês, a maior quantidade de tempo que joguei em um mês, e o mês ainda não acabou. Eu joguei quase exclusivamente No-Limit Hold’em $100/$200 6-max, contra alguns dos maiores jogadores do mundo. Tem sido muito difícil me ajustar, mas eu estou muito contente com o meu progresso e minha linha de aprendizado.”

“Eu comeci bem, ganhando $200,000, mas desde então eu estive numa maré de perdas e perdi $180,000. Ainda estou com um pouco de lucro, mas creio que estes swings são bem comuns nestes limites. O mais interessante é que eu acho que aprendi muito mais durante o downswing do que aprendi enquanto estava ganhando.”

Enquanto jogadores de cash games tem uma transição relativamente fácil para torneios, é comum que jogadores de torneios não tenham a mesma facilidade para a transição contrária. Mas estamos falando de um dos maiores jogadores de poker da atualidade, que com humildade nos mostra que deseja melhorar suas já impressionante habilidades, e que sem dúvida atingirá seu objetivo.

Para nós, fica o exemplo deste monstro do poker, de que não importa o quanto já sabemos e o que já conquistamos, sempre teremos muito a aprender.

Historiador por formação, conheceu o MaisEV em sua primeira semana de vida, ainda em 2007. Em pouco tempo, tornou-se editor-chefe do site para fazer o que faz de melhor: escrever.

Veja mais:

Salas de Poker