Campeão da WSOP de 2011, Pius Heinz Diz Que Poker Agora é Só Um Hobby

Por: 17/05/2014

Campeão do Main Event da WSOP 2011, Pius Heinz só quer aproveitar seus milhões

Em uma entrevista recente ao site PokerNews, o alemão Pius Heinz, vencedor do Main Event na World Series of Poker de 2011, explicou o motivo de ter se afastado do mundo do poker quase completamente.

“O poker se tornou basicamente só um hobby para mim, eu acho. Eu era um profissional quando ganhei o Main Event, e fui um profissional por um ano e meio depois que ganhei o Main Event. Agora eu só jogo quando tenho vontade e estou me divertindo, e se não, simplesmente não jogo. E é basicamente assim que quero continuar jogando. Eu só tento fazer o que me deixa mais confortável e feliz. Eu sei que não sou o melhor amigo da mídia, mas estou bem assim,” declarou o ex-campeão.

Pius Heinz até que tentou continuar no mundo do poker após sua impressionante vitória sobre o tcheco Martin Staszko (que por sua vez permanece relativamente ativo no poker).

Assim como aconteceu com muitos campeões mundiais pós-2003, Pius Heinz foi contratado pelo PokerStars, mas com sua pouca atividade, acabou se desligando do site no ano seguinte.

Depois disso, ele só reapareceu no cenário do poker no EPT Viena deste ano, evento que só jogou por um único motivo. Heinz mora em Viena. “Não gosto de viajar, então esse lado do poker nunca me atraiu. Mas eu moro em Viena, então não precisei viajar. Podia dormir na minha cama e andar 15 minutos até o local do evento, então obviamente eu iria jogar.”

Fora de Viena, ele agora só joga acompanhado de sua nova namorada, a profissional Natalie Hof, que também foi apresentadora de televisão para a oitava temporada do EPT para o PokerStars. “Joguei o EPT Sanremo porque tenho uma namorada agora que também joga poker, e ela tinha que jogar aquele evento, então me juntei a ela.”

O desprendimento de Heinz com o poker é tanto que até o troféu que registrou nome no poker, o bracelete que todos sonham ter, não está mais com ele.

“Está na casa de um amigo, porque ele pegou emprestado uns dois anos atrás e nunca devolveu. Sei que ainda esta´com ele, e uma hora tenho que pegar de volta.”

Quanto as polêmicas declarações de Joe Hachem sobre a responsabilidade dos campeões como embaixadores do poker, Pius Heinz disse que compreende, mas concorda com a opinião de Phil Galfond de que muitos dos novos jogadores simplesmente não se sentem confortáveis nesse papel.

“Só posso falar por mim mesmo, mas não gosto de estar sob os holofotes, não gosto que me peçam entrevistas a cada break, nem de tirar fotos o tempo todo ou qualquer coisa do tipo (…) eu entendo o ponto de Hachem, mas ao mesmo tempo não acho que você possa dizer o que pessoas como os últimos campeões, incluindo a mim, devem fazer. Sua vida muda da noite para o dia, e é muito difícil se adaptar e esperar que as pessoas se sejam o embaixador perfeito logo de cara.”

Com seu prêmio de mais de US$ 8 milhões conquistado na WSOP em 2011, Pius Heinz tem todo o direito de aproveitar a vida e jogar poker apenas por prazer. Mas ainda o veremos neste ano, pois ele deve jogar a WSOP, pelo menos o Main Event.

Historiador por formação, conheceu o MaisEV em sua primeira semana de vida, ainda em 2007. Em pouco tempo, tornou-se editor-chefe do site para fazer o que faz de melhor: escrever.

Veja mais:

Salas de Poker