Caio Hey Evita Bi de Victor Sbrissa e é Campeão do LAPT/BSOP Brasil

Por: 04/06/2014

Jogador de Rondônia, Caio Hey faturou R$ 680 mil pelo título.

Além do recorde em premiação distribuída em um torneio brasileiro, a etapa do LAPT/BSOP São Paulo foi marcada por muita emoção e um poker de altíssimo nível.

O primeiro eliminado do dia foi Gustavo “Vascão”, que ficou boa parte do dia anterior shortstack, e ainda nessa situação, apostou todas suas fichas com 22, e viu o argentino Joaquin Ruiz fazer um full house com 33. Com a oitava colocação ele faturou R$ 75.530.

A sétima posição coube ao argentino Juan Pablo Franco. Com pouco mais de cinco big blinds, ele empurrou ao centro da mesa o seu stack com Q9, e foi pago por Victor Sbrissa com AT. Victor achou um ás no bordo e mandou o argentino para casa com o prêmio de R$ 105 mil.

Ainda no mesmo nível de blinds foi a vez de Sbrissa fazer mais uma vítima. O português André Cuco apostou tudo com Q J e o A8 de Sbrissa encontrou outro ás no bordo. Sexta posição e R$ 140 mil para Cuco.

O Team Pro PokerStars  Angel Guillén, que no dia anterior protagonizou um belíssimo call quando arriscou sua vida no torneio ao pagar um blefe de João Simão, foi vítima de um caro bad beat. Caio Hey apostou todas suas fichas, pouco mais de 14 big blinds, no botão, com 55, e Guillén pagou do small blind com QQ. O bordo 29346 dá uma sequência a Caio Hey e elimina o mexicano em quarto lugar, restando o prêmio de R$ 190 mil ao jogador da terra de Chaves e Chapolin.

Na sequência, Victor Sbrissa ataca novamente. E para variar, ele tinha um ás na mão. Alex Sako apostou sua vida no torneio com JT, e Sbrissa desta vez não achou um par para seu A7. Como o bordo também não achou nenhum para Alex, ele despediu-se do torneio com R$ 250 mil no bolso pela quarta posição.

Os jogadores fizeram uma pausa para debater um acordo e a seguinte premiação ficou definida:

Caio Hey: R$ 520.000

Victor Sbrissa: R$ 510.000

Joaquin Ruiz: R$ 410.000

Destinado ao campeão: R$ 160.000, troféus, bracelete, e a glória.

victor sbrissa torcida BSOPDepois de definido o acordo, o torneio foi rápido. Sbrissa perdeu parte do seu stack ao aplicar um hero call no river com ace high, contra o argentino Ruiz, que estava trincado. Entretanto, a sorte estava ao lado de Sbrissa. Com pouco mais de 11 big blinds, ele foi all-in com J8, e foi pago por Ruiz, que contava com um stack semelhante, com K7. O flop K98 deu um par aos dois, mas deixava Ruiz ainda em vantagem. Até que o 8 apareceu no feltro e a torcida brasileira presente foi à loucura. O river 9 deixou o argentino em péssima situação, com menos de 1 big blind. Ele ainda conseguiu triplicar o seu stack, mas com 3 big blinds, sua eliminação na terceira posição foi questão de tempo.

Com uma boa vantagem, Caio pôs a mão nos troféus após Victor apostar tudo com 66. Caio ficou feliz em ver o coin flip com K9, e mais ainda após acertar o flop 7JK. O turn 9 ainda pirou a situação de Sbrissa, que contava somente com um único out (6) para seguir vivo, porém, desta vez não houve milagre, e o 4 deu um flush a Caio Hey e o título do LAPT/BSOP Brasil, além de evitar a conquista do bicampeonato de Sbrissa.

Com 1.150 entradas de R$ 4.400, foram mais de R$ 4,5 milhões distribuídos em prêmios, recorde em um torneio de poker em território brasileiro. Caio, que já havia assegurado a maior premiação com o acordo, faturou no total R$ 680 mil.

O LAPT segue para o Panamá, com a próxima etapa a ser realizada entre 23 e 27 de julho, e logo depois acontece a etapa do BSOP em Brasília, de 31 de julho a 4 de agosto.

Classificação Final LAPT/BSOP Brasil:

Campeão: Caio Hey (Brasil) – R$  680.000

2: Victor Sbrissa (Brasil) – R$ 510.000

3: Joaquin Ruiz (Argentina) – R$ 410.000

4: Alex Sako (Brasil) – R$ 250.000

5: Angel Guillen (México) – R$ 190.000

6: André Cuco (Portugal) – R$ 140.000

7: Juan Pablo Franco (Argentina) – R$ 105.000

8: Gustavo Vascão (Brasil) – R$ 75.320

 

(Fotos: Carlos Monti / PokerStars Blog)

 

Os melhores acessórios de poker você encontra na Loja MaisEV.


Veja mais:

Salas de Poker