Brasil Está Fora da Final no LAPT Panamá, Jogadora Ucraniana Lidera

Por: 12/05/2015

LAPT Panamá terá uma mulher na liderança da mesa final pela 1ª vez na história do circuito

O Brasil não está entre os países representados na mesa final do LAPT Panamá.

Quatro dos nossos jogadores chegaram até o Dia 3 entre os últimos 32 participantes do torneio, mas não conseguiram sobreviver até a formação da mesa final.

Fernando Grow, nosso melhor jogador, foi eliminado na 14ª posição e ganhou um prêmio de US$10.700.

Os outros brasileiros premiados no Dia 3 foram André Signori (15º, US$10.700), Alex Sako (17º, US$9.580), e Éder Ferronato (32º, US$4.940).

Quem lidera a mesa final é a jogadora ucraniana Olga Iermolcheva, que segue com 2.710.000 fichas, enquanto o segundo melhor jogador, o canadense Shakeeb Kazemipur, tem 1.508.000.

Em seus oito anos de existência, esta é a primeira vez que um evento principal do LAPT tem uma mulher como chip leader da mesa final.

Os oito finalistas do LAPT Panamá retornarão hoje às 14:00 de Brasília, com transmissão ao vivo pela PokerStars.tv.

Este é o chip count da mesa final do LAPT Panamá:

Olga Iermolcheva – 2.710.00
Shakeeb Kazemipur – 1.508.000
Tullio Bertoli – 1.103.000
Francois Lincourt – 890.000
Pierce McKeller – 741.000
Francisco Rocha – 592.000
Damian Salas – 488.000
Derek Ecenarro – 290.000

 

Foto: Carlos Monti/PokerStars

 

Curta a página do MaisEV no Facebook siga-nos no Twitter.

 

Clique aqui e conheça os livros que te transformarão num campeão dos torneios ao vivo!

 

Historiador por formação, conheceu o MaisEV em sua primeira semana de vida, ainda em 2007. Em pouco tempo, tornou-se editor-chefe do site para fazer o que faz de melhor: escrever.

Veja mais:

Salas de Poker