Audiência do Full Tilt com AGCC vai ser a Portas Fechadas

Por: 26/07/2011

A AGCC marcou esta audiência pública sobre a questão da licença do Full Tilt Poker no melhor interesse do público e em favor da transparência das ações, mas parece que algo ocorreu no meio do caminho, e entre atrasos, deliberações e adiamentos o caso agora corre a portas fechadas.

Um dos advogados da firma contratada pelo Full Tilt Poker, Martin Heslop, iniciou suas ações, pedindo o adiamento da audiência, e em ato contínuo argumentou sobre a necessidade de este requerimento ser feito de maneira privada.

Entre os argumentos destacaram-se as afirmações de que a publicidade funcionaria contra o interesse da justiça, que tornando-se privada a audiência serviria melhor ao interesse dos clientes do Full Tilt, e que manter a audiência pública poderia prejudicar o Full Tilt em suas negociações com um investidor.

Os advogados da comissão não se mostraram a favor, nem contra o pedido, e sendo assim os 3 representantes da comissão retiraram-se para considerar a proposta do Full Tilt.

Ao retornar a comissão deu sua aprovação ao pedido dos advogados do Full Tilt, provocando grande descontentamento em alguns.

A reação do profissional veterano britânico, Harry Demetriou, foi irromper gritando: “E os interesses dos jogadores?”, para depois finalizar com um “Full Tilt corrupto”. Após o desabafo do jogador uma espontânea salva de palmas se fez ouvir.

A comissão entregou então 9 perguntas ao Full Tilt sobre o porquê da necessidade do adiamento, e concedeu aos advogados da sala 15 minutos para se prepararem.

Os advogados do Full Tilt Poker entregaram o questionário respondido e a comissão que deveria deliberar sobre se iria ou não aceitar o pedido de adiamento, a princípio apenas decidiu também por postergar.

Nesse ínterim também foi discutida uma dívida de £250.000 em taxas de licença, que o Full Tilt deve à AGCC.

Quanto a essa questão Heslop respondeu que se a licença do Full Tilt está revogada, não há sentido em pagar por  algo que não existe mais, mas que as taxas serão pagas em 7 dias, se a licença for renovada.

Já a agência reguladora francesa pra jogos online da França, a ARJEL, confirma que a licença do Full Tilt permanecerá suspensa por lá até que haja a sobreposição de novos fatos e uma definição por parte da AGCC.


Veja mais:

Salas de Poker