Annie Duke Testemunha em Audiência Sobre Regulamentação do Poker Online

Por: 23/07/2010

O projeto de lei, oficialmente entitulado HR 2267, ou Internet Gambling Consumer Protection and Enforcement Act foi criado pelo congressista Barney Frank, visando a legalização e a devida regulamentação dos jogos de apostas na internet.

A audiência, realizada pelo Comitê de Finanças do governo estadunidense, teve entre suas cinco testemunhas a jogadora profissional do UB.com Annie Duke.

“Este Comitê e este Congresso não devem tolerar leis que busquem proibir adultos responsáveis de jogar um jogo que nós  consideramos estimulante, desafiador e divertido,” disse Duke, representando a organização Poker Players Alliance.

Os assuntos em pauta já são recorrentes, como o impacto das apostas online em menores de idade, como lidar com jogadores compulsivos e como a regulamentação dos jogos online pode afetar os cassinos.

Em determinado momento, houve discussões acaloradas entre Annie Duke e o congressista Spencer Bachus, que é contra a regulamentação.

Bachus chegou ao ponto de comparar jogadores de poker com pessoas viciadas em heroína, e citou a afiliação de Duke com o UltimateBet, criticando os polêmicos escândalos das super-contas.

Annie Duke sabiamente respondeu que tais acontecimentos foram corrigidos pela própria indústria, mas que seriam melhor resolvidos se houvesse uma regulamentação do governo.

“O site se corrigiu e reembolsou todo o dinheiro aos seus clientes. Eu preferiria ter algo como HR 2267 para que o governo pudesse supervisionar o caso. Eu acho que os clientes do site tiveram sorte de que estavam jogando em um site com nova direção que se comportou de maneira honesta e os reembolsou. O único indivíduo que cometeu o crime e invadiu o software não foi processado porque infelizmente não há jurisdição para fazê-lo,” disse ela.

Ao fim de duas horas de discussão, a audiência foi encerrada. Espera-se que em breve haja uma nova audiência para que o projeto possa ser revisado e que possíveis emendas sejam adicionadas. E em seguida deve acontecer a esperada votação, para que então possa seguir em frente para a câmara dos deputados.

Historiador por formação, conheceu o MaisEV em sua primeira semana de vida, ainda em 2007. Em pouco tempo, tornou-se editor-chefe do site para fazer o que faz de melhor: escrever.

Veja mais:

Salas de Poker