Manifestantes Divulgam Números do Protesto Contra o PokerStars

Por: 14/01/2016

Grupo We Are Poker Players analisou o tráfego durante o protesto contra o novo sistema VIP do PokerStars

estatística poker

O grupo We Are Poker Players, que está organizando uma série de greves de jogadores contra o novo sistema VIP do PokerStars, divulgou os números do tráfego da sala durante o período de 1 a 7 de janeiro, em que foi realizado o primeiro protesto.

LEIA TAMBÉM: SEGUNDO PROTESTO CONTRA O POKERSTARS TEM EFEITO INESPERADO

Os dados foram angariados pelo site Macropoker, e foram comparadas com outros 10 períodos levando em conta fatores sazonais e variações normais do ambiente.

Segundo o serviço, levando em consideração 63 países de atuação do PokerStars, houve uma redução média de 13,9% no tráfego de jogadores, com destaque para locais como Costa Rica (63,5%), Malta (54,8%) e Uruguai (52,1%). Outras nações também puxaram essa valor para cima como República Checa (30,7%),  Sérvia (31,2%),  Taiwan (25,5%) e Argentina (20,8%).

Em contrapartida, um aumento foi identificado no Equador (30,7%), Chipre (40,5%), Suécia (18,5%), Hong Kong (13,2%), Suíça (12,5%), Dinamarca (inferior a 10%), Nova Zelândia (inferior a 10%).

Ao analisarmos pelo prisma dos stakes, a participação foi maior nos jogos mais caros, com nenhuma participação nos torneios e sit and go’s mais baratos e até 22.6%  de redução no field dos torneios entre US$60 e US$100.

A maior redução no tráfico foi nos sit and go’s. As mesas 6-max tiveram queda de um terço do field, enquanto os torneios turbo e hyperturbo com buy-ins acima de US$100 tiveram 80% menos jogadores.

O efeito se repetiu nas mesas de cash games, com mais jogadores aderindo ao protesto nos limites mais altos, em especial acima de NL400, com 30.2% de redução no field.

as mesas mais caras tiveram aumento do tráfego na ordem de 35%. Já o Spin & Go acima de US $ 30 sofreu redução de até 22,6%. Já nas mesas de de sit and go, as quedas apareceram nos torneios turbo e hiperturbo.

De acordo com o site  wearepokerplayers.com, a adesão de Supernovas e Supernovas Elite, um dos grupos mais prejudicados pelas mudanças, chegou a 30% dos manifestantes, e o impacto financeiro real para o PokerStars foi de US$ 1.386 milhões durante os 7 dias de protesto.

 

Curta a página do MaisEV no Facebook e siga-nos no Twitter

 

AQUI VOCÊ ENCONTRA OS MELHORES LIVROS DE ESTRATÉGIA PARA TORNEIOS


Veja mais:

Salas de Poker