Algumas Dicas de Seleção de Mesas

Por: 11/08/2009

Teorias Do Poker

Diferentes tipos de jogadores preferem diferentes tipos de oponentes. Por exemplo, se você for um jogador loose agressive que tem várias situações lucrativas da sua fold equity, talvez você prefira oponentes tight, passivos e nits que serão fáceis de vencer. Se você é um jogador tight agressive que normalmente está forte quando joga potes grandes, você provavelmente quer jogar contra o tipo de fish loose/passive, que paga muitas mãos. Para jogadores séries de micro stakes, esse normalmente é o caso, porque não importa muito que tipo de mesa de micro stakes você está, blefar em várias streets com blefe ou uma mão marginal é algo que você não irá fazer, mesmo se os oponentes forem tight.

Então, como você acha o típico jogador loose/passive que vai muito para o showdown? Em NL10, por exemplo, a maioria das mesas estará cheia deles. Mas mesmo lá você gostaria de achar as mesas mais suculentas, talvez com dois ou mais jogadores com estatísticas do tipo 70/8/1. Entretanto, quanto mais alto você chega nos stakes, menos fishes enfrentará. Na NL50 por exemplo, cada mesa terá pelo menos dois TAGs. É claro que há muitos fishes na NL50 também, mas eles são mais incomuns. É aí que a seleção de jogos é mais importante.

A estratégia do tamanho do pote

Muitas pessoas começam suas sessões entrando em listas de espera das mesas com os maiores potes médios. A razão por trás dessa tática é óbvia, nas mesas que os potes são maiores os jogadores parecem estar mais dispostos a colocar dinheiro no pote. Isso é bom para nós, que normalmente teremos boas cartas quando decidirmos jogar potes grandes. Pessoalmente, eu usei muito essa estratégia, e tive várias experiências com ela.

Problemas com essa estratégia:

1 – Como resultado de outras pessoas usando essa estratégia, não haverá muitos lugares livres neste tipo de mesa, então você irá esperar 10-15 minutos até conseguir um lugar. Até lá, o fish que estava colocando todo aquele dinheiro nos potes pode já ter perdido todo seu stack para jogadores mais sólidos.

2 – Potes grandes não necessariamente significam jogadores ruins. Pode ser apenas resultado de variância. Por exemplo, se em uma mão no button você pega KK e big blind tem AA, provavelmente irão all in pré-flop, e na próxima vez que se enfrentarem após essa mão estarão deep stack e os potes serão maiores, o que aumentará o valor médio dos potes nessa mesa.

Além disso, bons jogadores sabem acrescentar valor em suas mãos fortes e construir grandes potes com elas. Digamos que você está em uma mesa de NL50 6-max com pote médio de $10. esse é um número bem baixo, e a dedução lógica sobre os jogadores nessa mesa é que eles não pagarão muito suas mãos fortes. Pergunte a si mesmo, qual seu tipo preferido de fish? Pessoas diferentes tem respostas diferentes para essa pergunta, mas pessoalmente, eu prefiro os do tipo loose passive. Eu gostaria que ele jogasse muitas mãos, pagasse raises pré-flop o tempo todo e raramente usasse agressão. As vantagens de enfrentar esse tipo de oponentes são óbvias. Nós poderemos decidir quando o dinheiro entrará no pote contra eles, e eles não são o tipo agressivo que nos blefa para largarmos a melhor mão de tempos em tempos.

Exemplo:

Hero (CO): 100bb: T T
Fish (BB): 70bb [70/6/0.5]: 9 7

Preflop: (1.5bb, 6 players)
UTG folds, MP folds, Hero raises to 4bb, BTN folds, SB folds, BB calls 3bb.

Flop: 6 8 A (8.5bb, 2 players)
BB checks, Hero bets 8bb, BB calls 8bb.

Turn: K (24.5bb, 2 players)
BB checks, Hero checks.

River: 7 (24.5bb, 2 players)

Essa é uma situação onde vários oponentes normalmente tentarão um blefe. Ele errou seu OESDFD (algo que deixa a maioria dos jogadores frustrados), e ele nos viu mostrar fraqueza ao dar check behind no turn. Então na maioria das vezes ele vai tentar um blefe, tirando o pote de nós. Entretanto, o jogador 70/6/0.5 não aposta nesse river ele apenas quer ver o showdown, afinal ele tem um par (e todos sabemos o quanto esses jogadores supervalorizam suas mãos). Então ele dá check, e nós damos check behind e levamos o pote de 24bb. Estes potes pequenos fazem uma diferença impressionante em nosso resultado final.

Uma mesa com um pote médio pequeno pode muito bem estar cheia desse tipo de jogadores loose passive. Sua natureza passiva os preveniu de criar muitos potes grandes. Por exemplo, vamos olhar outra mão onde ambos os jogadores envolvidos são fishes com estatísticas similares às do vilão da mão anterior:

CO: 130bbs: 8 8
BTN: 130bbs: 9 9

Preflop: (1.5bb, 6 players)
UTG folds, MP folds, CO calls 1bb, BTN calls 1bb, SB folds, BB checks.

Apenas no pré-flop nós já vimos jogadores ruins que adoram jogar mas não criam potes grandes. Se pelo menos um desses jogadores fosse um TAG, haveria pelo menos um raise pré-flop nessa mão, talvez até mesmo um 3bet.

Flop: 9 8 2 (3.5bb, 3 players)
BB checks, CO checks, BTN checks (lol)

Os dois jogadores decidem fazer slowplay com seus sets, o que obviamente não é bom em um board como esse e com esses stacks. Mas é uma jogada extremamente comum com esse tipo de jogador.

Turn: 4 (3.5bb, 3 players)
BB checks, CO bets 2bb, BTN calls 2bb, BB folds.

O CO percebe que o pote está muito pequeno e tenta (corretamente) colocar algum dinheiro no pote. Entretanto, o button decide continuar fazendo slowplay, com medo de eu o CO irá desistir da mão se ele aumentar.

River: 7 (7.5bb, 2 players)
CO bets 4bb, BTN calls 4bb.

O CO vê a última carta completar os draws. Assustado, ele tenta uma pequena value/blocking bet. O button, que também tem medo dos draws, apenas paga! O tamanho final do pote é de 15.5bb, um pote incrivelmente pequeno considerando os monstros que os jogadores tinham, mas essas jogadas não são incomuns entre esse tipo de jogadores. Se essa mão tivesse acontecido entre dois TAGs, o tamanho final do pote seria algo como uns 260bbs.

Então um tamanho de pote médio alto não significa jogadores ruins, e um tamanho pequeno não significa jogadores bons. Entretanto, se um jogador bom e agressivo sentar em uma mesa cheia desses oponentes, ele conseguirá controlar o tamanho dos potes contra eles. Eles normalmente pagam muito, e se o jogador agressivo pegar um monte de mãos que possa dar value bets em várias streets, potes contra calling stations e podem ficar grandes. É por isso que essas mesas com tamanho de pote médio baixo podem não ser tão ruins. Tudo o que eles precisam é alguém que aposta para que eles possam pagar. Alguém que construa potes grandes: VOCÊ!

Como você encontra mesas com esses tipos de oponentes? Quando eu começo uma sessão eu abro várias mesas vazias e sento nelas. Que tipo de jogadores você acha que sentarão nessa mesa comigo? Você acha que outros jogadores TAGs decentes que jogam várias meãs sentarão e jogarão heads up contra outro regular? Pouco provável. Na maior parte do tempo as pessoas que sentarão serão totais fishes. Normalmente entram com 20-50bb (um ótimo sinal), e começam a dar limp para todo lado. Não costuma levar muito tempo até que eu tenha vários loose passive sentados ao meu lado, com estatísticas como 50/10/1. Então um fish dobra o stack do outro e eu jogo contra eles com 100bb. Em micro stakes, eu aconselho usar essa técnica de seleção de mesas da próxima vez que começar uma sessão.

Se você tiver dúvidas sobre os termos utilizados neste artigo, veja nosso dicionário de termos de poker.

Este artigo foi originalmente postado no fórum estadunidense Two Plus Two e traduzido pela equipe do site Teorias do Poker.

 

Historiador por formação, conheceu o MaisEV em sua primeira semana de vida, ainda em 2007. Em pouco tempo, tornou-se editor-chefe do site para fazer o que faz de melhor: escrever.

Veja mais:

Salas de Poker