Acordo de Compra do FTP é Assinado com o Depto de Justiça dos EUA

Por: 18/11/2011

De acordo com os advogados do Full Tilt, os termos do acordo exigem que o Full Tilt abra mão de seus bens para o Depto. de Justiça (DOJ), em troca de que este abandone as ações legais contra o site. Feito isso, estes bens serão repassados ao GBT por $80 milhões, tornando-se sócio majoritário.Nenhum dos atuais diretores poderão ter ações da empresa, mas esta proibição não se estende aos atuais acionistas.

Vejam abaixo o comunicado oficial emitido pelo Full Tilt Poker:

O Full Tilt Poker se sente feliz que os termos do acordo entre o Groupe Bernard Tapie (GBT) e o DOJ finalmente foram finalizados, e que o acordo permite ao GBT pagar ou compensar jogadores de fora dos Estados Unidos, e aos jogadores dos EUA fica permitido requisitar compensação por seus fundos bloqueados. Desde a Black Friday, reembolsar os clientes sempre foi a prioridade número um do FTP.

Ray Bittar, co-fundador do Full Tilt, diz: “estou extremamente feliz com os esforços do DOJ e do GBT, e aprecio sua contínua dedicação em trabalhar por um acordo de benefício mútuo que irá facilitar o reembolso dos jogadores.”

Agora que o acordo com o DOJ foi alcançado, o GBT e o Full Tilt Poker irão finalizar os últimos termos do acordo, para trazer uma resolução completa o mais breve possível.

O Full Tilt gostaria de agradecer a todos os seus clientes por sua paciência desde a Black Friday e durante o processo de negociação.

 

Historiador por formação, conheceu o MaisEV em sua primeira semana de vida, ainda em 2007. Em pouco tempo, tornou-se editor-chefe do site para fazer o que faz de melhor: escrever.

Veja mais:

Salas de Poker