Lista de Usuários Marcados

Página 4 de 15 PrimeiroPrimeiro ... 2345614 ... ÚltimoÚltimo
Resultados 31 a 40 de 149

Tópico: Ranking de titulos de times brasileiros

  1. #31
    Expert Avatar de Luccas
    Data de Ingresso
    08/09/09
    Localização
    Belo Horizonte, Brazil, Brazil
    Posts
    3.684
    ATLÉTICO-MG X FLUMINENSE:

    Nessa disputa, não serão considerados títulos estaduais, nem regionais.

    TÍTULOS NACIONAIS:

    ATLÉTICO-MG: 1 Brasileiro (21,6 pontos) e 1 Torneio dos Campeões (7,3): 28,9 pontos
    FLUMINENSE: 1 Brasileiro (21,6), 1 Robertão (19,3) e 1 Copa do Brasil (13,5): 54,4 pontos

    Vencedor: FLUMINENSE (25,5 pontos a mais).

    TÍTULOS INTERNACIONAIS:

    ATLÉTICO-MG: 2 Copas Conmebol (19,0): 19,0 pontos
    FLUMINENSE: 0 pontos

    Vencedor: ATLÉTICO-MG (19,0 pontos a mais).

    TOTAL:

    ATLÉTICO-MG: 1 Brasileiro (21,6 pontos), 2 Copas Conmebol (19,0) e 1 Torneio dos Campeões (7,3): 47,9 pontos
    FLUMINENSE: 1 Brasileiro (21,6), 1 Robertão (19,3) e 1 Copa do Brasil (13,5): 54,4 pontos


    Vencedor: FLUMINENSE. Com uma vantagem de apenas 6,5 pontos, o tricolor carioca derrotou o Galo. O título mais importante de ambos é o do Brasileiro, e a decisão fica no segundo título mais importante. Como o Robertão do Fluminense é mais importante que a Conmebol do Atlético, o Fluminense leva vantagem.


    BOTAFOGO X FLUMINENSE:

    Nessa disputa, serão considerados todos os títulos, inclusive regionais e estaduais.

    TÍTULOS REGIONAIS E ESTADUAIS:

    BOTAFOGO: 18 Estaduais (104,4) e 4 Torneios Rio-SP (20,0) : 124,4 pontos
    FLUMINENSE: 30 Estaduais (171,4) e 2 Torneios Rio-SP (11,9): 183,3 pontos

    Vencedor: FLUMINENSE.(58,9 pontos mais)

    TÍTULOS NACIONAIS:

    BOTAFOGO: 1 Brasileiro (21,6) e 1 Taça Brasil (13,3): 34,9 pontos
    FLUMINENSE: 1 Brasileiro (21,6), 1 Robertão (19,3) e 1 Copa do Brasil (13,5): 54,4 pontos

    Vencedor: FLUMINENSE (19,5 pontos a mais).

    TÍTULOS INTERNACIONAIS:

    BOTAFOGO: 1 Copa Conmebol (9,5): 9,5 pontos
    FLUMINENSE: 0 pontos

    Vencedor: BOTAFOGO (9,5 pontos a mais).

    TOTAL:

    BOTAFOGO: 1 Brasileiro (21,6), 1 Taça Brasil (13,3), 1 Copa Conmebol (9,5), 18 Estaduais (104,4) e 4 Torneios Rio-SP (20,0) : 168,8 pontos
    FLUMINENSE: 1 Brasileiro (21,6), 1 Robertão (19,3), 1 Copa do Brasil (13,5), 30 Estaduais (171,4) e 2 Torneios Rio-SP (11,9): 237,7 pontos

    Vencedor: FLUMINENSE. Com uma boa vantagem de 68,9 pontos, o Fluminense derrotou o Botafogo nesse clássico carioca. O tricolor carioca leva vantagem nos títulos regionais e estaduais, e nos títulos nacionais e só perde do Fogão nos títulos internacionais. Na realidade, o que fez essa diferença do Fluminense ser grande foi no número que títulos estaduais, onde o clube possui 12 títulos a mais que o Botafogo. Se não fossem os títulos estaduais, a vantagem do Fluminense seria de apenas 1,9 pontos, uma vez que o alvinegro também possui 2 Torneios Rio-SP a mais que o tricolor.

    Assim, a classificação final do grupo dos MEDIANOS é a seguinte:

    1º Fluminense (2 vitórias);
    2º Atlético-MG (1 vitória e 1 derrota);
    3º Botafogo (2 derrotas);

    Lembrando que o Fluminense, vencedor desse grupo dos MEDIANOS, enfrentará numa disputa o time que ficar na última colocação no grupo dos GRANDES. Caso o Fluminense perca, os clubes do grupo dos MEDIANOS ficarão nas seguintes colocações finais no RANKING COMPARATIVO:

    10º Fluminense
    11º Atlético-MG
    12º Botafogo

    Mas, caso o Fluminense vença na comparação contra o pior dos GRANDES, os clubes do grupo dos MEDIANOS terão a chance de melhorarem a sua colocação, disputando contra os dois clubes do grupo dos GRANDES.
    Registre-se ou faça login para ver assinaturas.

  2. #32
    Expert Avatar de Luccas
    Data de Ingresso
    08/09/09
    Localização
    Belo Horizonte, Brazil, Brazil
    Posts
    3.684
    3.2) COMPARAÇÃO DO GRUPO DOS GRANDES:

    São apenas 2 clubes que fazem parte do grupo dos GRANDES: Corinthians e Vasco. Assim, será realizada apenas uma comparação de títulos:


    CORINTHIANS X VASCO:

    Nessa disputa, não serão considerados títulos estaduais, porém os títulos regionais serão considerados.

    ÍTULOS REGIONAIS:

    CORINTHIANS: 5 Torneios Rio-SP (32,2): 32,2 pontos
    VASCO: 3 Torneios Rio-SP (16,9): 16,9 pontos

    Vencedor: CORINTHIANS (15,3 pontos a mais).

    TÍTULOS NACIONAIS:

    CORINTHIANS: 4 Brasileiros (86,4), 2 Copas do Brasil (28) e 1 Supercopa do Brasil (1,4): 115,8 pontos
    VASCO: 4 Brasileiros (86,4): 86,4 pontos

    Vencedor: CORINTHIANS (29,4 pontos mais).

    TÍTULOS INTERNACIONAIS:

    CORINTHIANS: 1 Mundial da Fifa 2000 (14,0) 14,0
    VASCO: 1 Libertadores (28,5), 1 Torneio Sul-Americano 1948 (14,0) e 1 Copa Mercosul (11,5): 54,0 pontos

    Vencedor: VASCO (54,0 pontos a mais).

    TOTAL:

    CORINTHIANS: 4 Brasileiros (86,4), 2 Copas do Brasil (28), 1 Mundial da Fifa 2000 (14,0), 5 Torneios Rio-SP (32,2) e 1 Supercopa do Brasil (1,4): 162,0
    VASCO: 1 Libertadores (28,5), 4 Brasileiros (86,4), 1 Torneio Sul-Americano 1948 (14,0), 1 Copa Mercosul (11,5) e 3 Torneios Rio-SP (16,9): 157,3 pontos

    Vencedor: CORINTHIANS. Com uma vantagem de apenas 4,7 pontos, o Timão venceu o Vascão nessa comparação de títulos. Há muito equilíbrio entre os títulos de ambos, e o que ajudou muito o Corinthians nessa disputa foi o maior número de Torneios Rio-SP. Se fossem desconsiderados esses títulos regionais o Vasco venceria com 140,4 contra 129,8. Nessa comparação o Vasco se destaca nos títulos internacionais, enquanto o Corinthians tem um número maior de títulos nacionais.

    Depois dessa única comparação de títulos, temos a classificação final do grupo dos GRANDES:

    1º Corinthians (1 vitória);
    2º Vasco (1 derrota);

    Como o Vasco ficou na última colocação desse grupo dos GRANDES, enfrentará o Fluminense numa disputa de títulos. Caso o Vasco perca, será necessário fazer outras comparações de títulos entre os clubes do grupo dos MEDIANOS com os dos GRANDES. Caso o Vasco ganhe, não haverá a necessidade de haver essas outras comparações.

    3.2.1) Comparação do Melhor MEDIANO x Pior GRANDE:

    FLUMINENSE X VASCO:

    Nessa disputa, serão considerados todos os títulos, inclusive regionais e estaduais.

    TÍTULOS REGIONAIS E ESTADUAIS:

    FLUMINENSE: 30 Estaduais (171,4) e 2 Torneios Rio-SP (11,9):183,3 pontos
    VASCO: 22 Estaduais (129,4) e 3 Torneios Rio-SP (16,9) :146,3 pontos

    Vencedor: FLUMINENSE.(37,0 pontos mais)

    TÍTULOS NACIONAIS:

    FLUMINENSE: 1 Brasileiro (21,6), 1 Robertão (19,3) e 1 Copa do Brasil (13,5): 54,4 pontos
    VASCO: 4 Brasileiros (86,4): 86,4 pontos

    Vencedor: VASCO (32,0 pontos a mais).

    TÍTULOS INTERNACIONAIS:

    FLUMINENSE: 0 pontos
    VASCO: 1 Libertadores (28,5), 1 Torneio Sul-Americano 1948 (14,0) e 1 Copa Mercosul (11,5): 54,0 pontos

    Vencedor: VASCO (54,0 pontos a mais).

    TOTAL:

    FLUMINENSE: 1 Brasileiro (21,6), 1 Robertão (19,3), 1 Copa do Brasil (13,5), 30 Estaduais (171,4) e 2 Torneios Rio-SP (11,9): 237,7 pontos
    VASCO: 1 Libertadores (28,5), 4 Brasileiros (86,4), 1 Torneio Sul-Americano 1948 (14,0), 1 Copa Mercosul (11,5), 22 Estaduais (129,4) e 3 Torneios Rio-SP (16,9): 286,7 pontos

    Vencedor: VASCO. Nessa comparação do melhor time MEDIANO, contra o pior GRANDE, o Vascão ganhou com facilidade do tricolor carioca. O Vasco levou a melhor tanto nos títulos nacionais, quanto nos títulos internacionais. No total, foram 49,0 pontos de diferença, devido a maior diversidade e, sobretudo importância dos títulos do Vasco, que venceu mesmo tendo 8 estaduais a menos que o Fluminense.

    Assim, não será necessário fazer as demais comparações dos clubes do grupo dos GRANDES com os MEDIANOS, já que os GRANDES ganhariam todas as disputas.
    Relembrando que o vencedor do grupo dos GRANDES, o Corinthians, enfrentará o pior clube da ELITE. Caso o Corinthians ganhe serão feitas outras comparações entre os clubes do grupo dos GRANDES com o da ELITE, mas caso o Corinthians perca, não serão necessárias essas comparações e já teremos a classificação final dos clubes GRANDES no RANKING COMPARATIVO:
    8º Corinthians
    9º Vasco
    Registre-se ou faça login para ver assinaturas.

  3. #33
    Expert Avatar de Luccas
    Data de Ingresso
    08/09/09
    Localização
    Belo Horizonte, Brazil, Brazil
    Posts
    3.684
    3.3) COMPARAÇÃO DO GRUPO DA ELITE:

    Será realizado um total de 21 comparações nesse grupo da ELITE, que é formado pelos seguintes clubes: Cruzeiro, Flamengo, Grêmio, Internacional, Palmeiras, Santos e São Paulo:


    CRUZEIRO X FLAMENGO:

    Nessa disputa, não serão considerados títulos estaduais, nem regionais.

    TÍTULOS NACIONAIS:

    CRUZEIRO: 1 Brasileiro (21,6), 1 Taça Brasil (16,3) e 4 Copas do Brasil (57,0): 94,9 pontos
    FLAMENGO: 5 Brasileiros (108,0), 2 Copas do Brasil (28,0) e 1 Copa dos Campeões (6,2): 142,2 pontos

    Vencedor: FLAMENGO (47,3 pontos a mais).

    TÍTULOS INTERNACIONAIS:

    CRUZEIRO: 2 Libertadores (57,0), 2 Supercopas da Libertadores (25,4), 1 Recopa Sul-Americana (5,9), 1 Copa Master (1,4) e 1 Copa Ouro (1,4): 91,1 pontos
    FLAMENGO: 1 Mundial (30,0), 1 Libertadores (28,5), 1 Copa Mercosul (11,5), e 1 Copa Ouro (1,4): 71,4 pontos

    Vencedor: CRUZEIRO (19,7 pontos a mais).

    TOTAL:

    CRUZEIRO: 2 Libertadores (57,0), 1 Brasileiro (21,6), 1 Taça Brasil (16,3), 4 Copas do Brasil (57,0), 2 Supercopas da Libertadores (25,4), 1 Recopa Sul-Americana (5,9), 1 Copa Master (1,4) e 1 Copa Ouro (1,4): 186,0 pontos
    FLAMENGO: 1 Mundial (30,0), 1 Libertadores (28,5), 5 Brasileiros (108,0), 2 Copas do Brasil (28,0), 1 Copa Mercosul (11,5), 1 Copa dos Campeões (6,2) e 1 Copa Ouro (1,4): 213,6 pontos

    Vencedor: FLAMENGO. O fato de possuir 4 Brasileiros a mais que Cruzeiro pesou a favor do Flamengo. A diferença de 27,6 pontos a favor do Mengão sobre a Raposa também veio através do Mundial Interclubes, título que o Cruzeiro ainda não tem e caso tivesse, estaria na frente do Flamengo. Nos títulos nacionais a vantagem foi do Flamengo, já nos títulos internacionais, o Cruzeiro ficou na frente.
    Registre-se ou faça login para ver assinaturas.

  4. #34
    Expert Avatar de Luccas
    Data de Ingresso
    08/09/09
    Localização
    Belo Horizonte, Brazil, Brazil
    Posts
    3.684
    CRUZEIRO X GRÊMIO:

    Nessa disputa, não serão considerados títulos estaduais, porém, alguns títulos regionais serão considerados. Dos títulos regionais, só será considerado o título da Copa Sul-Minas. Ambos ganharam um título regional em 1999 (o Grêmio ganhou a Copa Sul e o Cruzeiro a Copa Centro-Oeste), mas eles disputaram títulos diferentes e por isso são desconsiderados.

    TÍTULOS REGIONAIS:

    CRUZEIRO: 2 Copas Sul-Minas (8,5): 8,5 pontos
    GRÊMIO: 0 pontos

    Vencedor: CRUZEIRO (8,5 pontos a mais).

    TÍTULOS NACIONAIS:

    CRUZEIRO: 1 Brasileiro (21,6), 1 Taça Brasil (16,3) e 4 Copas do Brasil (57,0): 94,9 pontos
    GRÊMIO: 2 Brasileiros (43,2), 4 Copas do Brasil (57,0) e 1 Supercopa do Brasil (1,4): 101,6 pontos

    Vencedor: GRÊMIO (6,7 pontos a mais).

    TÍTULOS INTERNACIONAIS:

    CRUZEIRO: 2 Libertadores (57,0), 2 Supercopas da Libertadores (25,4), 1 Recopa Sul-Americana (5,9), 1 Copa Master (1,4) e 1 Copa Ouro (1,4): 91,1 pontos
    GRÊMIO: 1 Mundial (30,0), 2 Libertadores (57,0) e 1 Recopa Sul-Americana (5,9): 92,9 pontos

    Vencedor: GRÊMIO (1,8 pontos a mais).

    TOTAL:

    CRUZEIRO: 2 Libertadores (57,0), 1 Brasileiro (21,6), 1 Taça Brasil (16,3), 4 Copas do Brasil (57,0), 2 Supercopas da Libertadores (25,4), 1 Recopa Sul-Americana (5,9), 2 Copas Sul-Minas (8,5), 1 Copa Master (1,4) e 1 Copa Ouro (1,4): 194,5 pontos
    GRÊMIO: 1 Mundial (30,0), 2 Libertadores (57,0), 2 Brasileiros (43,2), 4 Copas do Brasil (57,0), 1 Recopa Sul-Americana (5,9) e 1 Supercopa do Brasil (1,4): 194,5 pontos

    Vencedor: GRÊMIO. Numa disputa extremamente equilibrada houve empate no número de pontos, e o Grêmio só conseguiu superar o Cruzeiro no critério de desempate que é o do título mais importante. O Grêmio possui um Mundial enquanto o Cruzeiro tem como título mais importante a Libertadores e assim, o Grêmio leva a vantagem. A Raposa e o tricolor gaúcho tem vários títulos em comum como 2 Libertadores, 4 Copas do Brasil e 1 Recopa Sul-Americana.

    O fato de ter 1 Mundial e 1 Brasileiro a mais que o Cruzeiro ajudou muito o Grêmio, que quase se complicou nessa disputa por causa da grande diversidade de títulos do clube mineiro. Nessa comparação específica, o Cruzeiro contou com 9 títulos diferentes contra apenas 6 títulos do Grêmio. Outro fator que ajudou muito o Cruzeiro foi o fato de possuir 2 Copas Sul-Minas, levando vantagem assim nos títulos regionais. Tanto nos títulos nacionais, quanto nos títulos internacionais, houve uma apertada vantagem do Grêmio.



    CRUZEIRO X INTERNACIONAL:

    Nessa disputa, não serão considerados títulos estaduais, porém, assim como foi na disputa do Cruzeiro contra o Grêmio, o título regional da Copa Sul-Minas será considerado.

    TÍTULOS REGIONAIS:

    CRUZEIRO: 2 Copas Sul-Minas (8,5): 8,5 pontos
    INTERNACIONAL: 0 pontos

    Vencedor: CRUZEIRO (8,5 pontos a mais).

    TÍTULOS NACIONAIS:

    CRUZEIRO: 1 Brasileiro (21,6), 1 Taça Brasil (16,3) e 4 Copas do Brasil (57,0): 94,9 pontos
    INTERNACIONAL: 3 Brasileiros (64,8) e 1 Copa do Brasil (14,5): 79,3 pontos

    Vencedor: CRUZEIRO (15,6 pontos a mais)

    TÍTULOS INTERNACIONAIS:

    CRUZEIRO: 2 Libertadores (57,0), 2 Supercopas da Libertadores (25,4), 1 Recopa Sul-Americana (5,9), 1 Copa Master (1,4) e 1 Copa Ouro (1,4): 91,1 pontos
    INTERNACIONAL: 1 Mundial (30,0), 1 Libertadores (28,5), 1 Copa Sul-Americana (12,5) e 1 Recopa Sul-Americana (5,9): 76,9 pontos

    Vencedor: CRUZEIRO (14,2 pontos a mais)

    TOTAL:

    CRUZEIRO: 2 Libertadores (57,0), 1 Brasileiro (21,6), 1 Taça Brasil (16,3), 4 Copas do Brasil (57,0), 2 Supercopas da Libertadores (25,4), 1 Recopa Sul-Americana (5,9), 2 Copas Sul-Minas (8,5), 1 Copa Master (1,4) e 1 Copa Ouro (1,4): 194,5 pontos
    INTERNACIONAL: 1 Mundial (30,0), 1 Libertadores (28,5), 3 Brasileiros (64,8), 1 Copa do Brasil (14,5), 1 Copa Sul-Americana (12,5) e 1 Recopa Sul-Americana (5,9): 156,2 pontos

    Vencedor: CRUZEIRO. Apesar de ter o título mais importante, que o Cruzeiro não tem que é o título Mundial, o Internacional não teve chances contra o Cruzeiro nessa comparação de títulos. Com 38,3 pontos de vantagem a Raposa derrotou o Colorado, levando vantagem nos títulos regionais, nacionais e internacionais. Isso graças a maior diversidade de títulos do clube mineiro.


    CRUZEIRO X PALMEIRAS:

    Nessa disputa, não serão considerados títulos estaduais, nem regionais.

    TÍTULOS NACIONAIS:

    CRUZEIRO: 1 Brasileiro (21,6), 1 Taça Brasil (16,3) e 4 Copas do Brasil (57,0): 94,9 pontos
    PALMEIRAS: 4 Brasileiros (86,4), 2 Robertões (35,1), 2 Taças Brasil (32,6), 1 Copa do Brasil (14,5) e 1 Copa dos Campeões (6,2): 174,8 pontos

    Vencedor: PALMEIRAS (79,9 pontos a mais).

    TÍTULOS INTERNACIONAIS:

    CRUZEIRO: 2 Libertadores (57,0), 2 Supercopas da Libertadores (25,4), 1 Recopa Sul-Americana (5,9), 1 Copa Master (1,4) e 1 Copa Ouro (1,4): 91,1 pontos
    PALMEIRAS: 1 Libertadores (28,5) e 1 Copa Mercosul (11,5): 40,0 pontos

    Vencedor: CRUZEIRO (51,1 pontos a mais).

    TOTAL:

    CRUZEIRO: 2 Libertadores (57,0), 1 Brasileiro (21,6), 1 Taça Brasil (16,3), 4 Copas do Brasil (57,0), 2 Supercopas da Libertadores (25,4), 1 Recopa Sul-Americana (5,9), 1 Copa Master (1,4) e 1 Copa Ouro (1,4): 186,0 pontos
    PALMEIRAS: 1 Libertadores (28,5), 4 Brasileiros (86,4), 2 Robertões (35,1), 2 Taças Brasil (32,6), 1 Copa do Brasil (14,5), 1 Copa Mercosul (11,5) e 1 Copa dos Campeões (6,2): 214,8 pontos

    Vencedor: PALMEIRAS. Mesmo tendo uma Libertadores a menos, o Verdão conseguiu vencer a Raposa nessa disputa de títulos. Essa vitória veio principalmente por causa do impressionante número de títulos nacionais do Palmeiras, e assim os 3 Brasileiros a mais do Palmeiras ajudaram o time paulista a ter uma vantagem de 28,8 pontos, mesmo com o Cruzeiro levando boa vantagem nos títulos internacionais.
    Registre-se ou faça login para ver assinaturas.

  5. #35
    Expert Avatar de Luccas
    Data de Ingresso
    08/09/09
    Localização
    Belo Horizonte, Brazil, Brazil
    Posts
    3.684
    CRUZEIRO X SANTOS:

    Nessa disputa, não serão considerados títulos estaduais, nem regionais.

    TÍTULOS NACIONAIS:

    CRUZEIRO: 1 Brasileiro (21,6), 1 Taça Brasil (16,3) e 4 Copas do Brasil (57,0): 94,9 pontos
    SANTOS: 2 Brasileiros (43,2), 1 Robertão (19,3) e 5 Taças Brasil (81,5): 144,0 pontos

    Vencedor: SANTOS (49,1 pontos a mais).

    TÍTULOS INTERNACIONAIS:

    CRUZEIRO: 2 Libertadores (57,0), 2 Supercopas da Libertadores (25,4), 1 Recopa Sul-Americana (5,9), 1 Copa Master (1,4) e 1 Copa Ouro (1,4): 91,1 pontos
    SANTOS: 2 Mundiais (60,0), 2 Libertadores (57,0), 1 Supercopa Intercontinental (10,5) e 1 Copa Conmebol (9,5): 137,0 pontos

    Vencedor: SANTOS (45,9 pontos a mais)

    TOTAL:

    CRUZEIRO: 2 Libertadores (57,0), 1 Brasileiro (21,6), 1 Taça Brasil (16,3), 4 Copas do Brasil (57,0), 2 Supercopas da Libertadores (25,4), 1 Recopa Sul-Americana (5,9), 1 Copa Master (1,4) e 1 Copa Ouro (1,4): 186,0 pontos
    SANTOS: 2 Mundiais (60,0), 2 Libertadores (57,0), 2 Brasileiros (43,2), 1 Robertão (19,3), 5 Taças Brasil (81,5), 1 Supercopa Intercontinental (10,5) e 1 Copa Conmebol (9,5): 281,0 pontos

    Vencedor: SANTOS. Com uma vantagem de nada menos que 95,0 pontos, o Santos não teve dificuldades em superar o Cruzeiro. O maior número de títulos importantes, tanto nacionais quanto internacionais fez a diferença a favor do Peixe contra a Raposa.



    CRUZEIRO X SÃO PAULO:

    Nessa disputa, não serão considerados títulos estaduais, nem regionais.

    TÍTULOS NACIONAIS:

    CRUZEIRO: 1 Brasileiro (21,6), 1 Taça Brasil (16,3) e 4 Copas do Brasil (57,0): 94,9 pontos
    SÃO PAULO: 6 Brasileiros (129,6): 129,6 pontos

    Vencedor: SÃO PAULO (34,7 pontos a mais).

    TÍTULOS INTERNACIONAIS:

    CRUZEIRO: 2 Libertadores (57,0), 2 Supercopas da Libertadores (25,4), 1 Recopa Sul-Americana (5,9), 1 Copa Master (1,4) e 1 Copa Ouro (1,4): 91,1 pontos
    SÃO PAULO: 3 Mundiais (90,0), 3 Libertadores (85,5), 1 Supercopa da Libertadores (12,7), 1 Copa Conmebol (9,5), 2 Recopas Sul-Americanas (11,8) e 1 Supercopa da Conmebol (1,3): 210,8 pontos

    Vencedor: SÃO PAULO (119,7 pontos a mais).

    TOTAL:

    CRUZEIRO: 2 Libertadores (57,0), 1 Brasileiro (21,6), 1 Taça Brasil (16,3), 4 Copas do Brasil (57,0), 2 Supercopas da Libertadores (25,4), 1 Recopa Sul-Americana (5,9), 1 Copa Master (1,4) e 1 Copa Ouro (1,4): 186,0 pontos
    SÃO PAULO: 3 Mundiais (90,0), 3 Libertadores (85,5), 6 Brasileiros (129,6), 1 Supercopa da Libertadores (12,7), 1 Copa Conmebol (9,5), 2 Recopas Sul-Americanas (11,8) e 1 Supercopa da Conmebol (1,3): 340,4 pontos

    Vencedor: SÃO PAULO. Com uma impressionante vantagem de 154,4 pontos, o tricolor paulista venceu com muita facilidade a Raposa. Essa grande diferença veio, sem dúvida, dos títulos Mundiais, onde o São Paulo obteve 90 pontos contra nenhum do Cruzeiro. O time paulista levou vantagem tanto nos títulos nacionais, quanto nos títulos internacionais.


    FLAMENGO X GRÊMIO:

    Nessa disputa, não serão considerados títulos estaduais, nem regionais.

    TÍTULOS NACIONAIS:

    FLAMENGO: 5 Brasileiros (108,0), 2 Copas do Brasil (28,0) e 1 Copa dos Campeões (6,2): 142,2 pontos
    GRÊMIO: 2 Brasileiros (43,2), 4 Copas do Brasil (57,0) e 1 Supercopa do Brasil (1,4): 101,6 pontos

    Vencedor: FLAMENGO (40,6 pontos a mais).

    TÍTULOS INTERNACIONAIS:

    FLAMENGO: 1 Mundial (30,0), 1 Libertadores (28,5), 1 Copa Mercosul (11,5), e 1 Copa Ouro (1,4): 71,4 pontos
    GRÊMIO: 1 Mundial (30,0), 2 Libertadores (57,0) e 1 Recopa Sul-Americana (5,9): 92,9 pontos

    Vencedor: GRÊMIO (21,5 pontos a mais).

    TOTAL:

    FLAMENGO: 1 Mundial (30,0), 1 Libertadores (28,5), 5 Brasileiros (108,0), 2 Copas do Brasil (28,0), 1 Copa Mercosul (11,5), 1 Copa dos Campeões (6,2) e 1 Copa Ouro (1,4): 213,6 pontos
    GRÊMIO: 1 Mundial (30,0), 2 Libertadores (57,0), 2 Brasileiros (43,2), 4 Copas do Brasil (57,0), 1 Recopa Sul-Americana (5,9) e 1 Supercopa do Brasil (1,4): 194,5 pontos

    Vencedor: FLAMENGO. O grande número de títulos Brasileiros decidiu o confronto em favor do Mengão, que levou boa vantagem nos títulos nacionais. O tricolor gaúcho ficou na frente nos títulos internacionais, mas no geral ficou 19,1 pontos atrás, mesmo tendo 1 Libertadores a mais que o clube carioca.


    FLAMENGO X INTERNACIONAL:

    Nessa disputa, não serão considerados títulos estaduais, nem regionais.

    TÍTULOS NACIONAIS:

    FLAMENGO: 5 Brasileiros (108,0), 2 Copas do Brasil (28,0) e 1 Copa dos Campeões (6,2): 142,2 pontos
    INTERNACIONAL: 3 Brasileiros (64,8) e 1 Copa do Brasil (14,5): 79,3 pontos

    Vencedor: FLAMENGO (62,9 pontos a mais)

    TÍTULOS INTERNACIONAIS:

    FLAMENGO: 1 Mundial (30,0), 1 Libertadores (28,5), 1 Copa Mercosul (11,5), e 1 Copa Ouro (1,4): 71,4 pontos
    INTERNACIONAL: 1 Mundial (30,0), 1 Libertadores (28,5), 1 Copa Sul-Americana (12,5) e 1 Recopa Sul-Americana (5,9): 76,9 pontos

    Vencedor: INTERNACIONAL (5,5 pontos a mais).

    TOTAL:

    FLAMENGO: 1 Mundial (30,0), 1 Libertadores (28,5), 5 Brasileiros (108,0), 2 Copas do Brasil (28,0), 1 Copa Mercosul (11,5), 1 Copa dos Campeões (6,2) e 1 Copa Ouro (1,4): 213,6 pontos
    INTERNACIONAL: 1 Mundial (30,0), 1 Libertadores (28,5), 3 Brasileiros (64,8), 1 Copa do Brasil (14,5), 1 Copa Sul-Americana (12,5) e 1 Recopa Sul-Americana (5,9): 156,2 pontos

    Vencedor: FLAMENGO. Em número de títulos Mundiais e da Libertadores, tudo empatado entre o Mengão e o Colorado. Porém o clube carioca leva vantagem tanto em Brasileiros, quanto em Copas do Brasil, além de possuir uma Copa Mercosul e uma Copa dos Campeões, títulos que o Inter não tem, apesar que o Colorado possui uma Copa Sul-Americana e uma Recopa Sul-Americana a mais que o Mengão. O Flamengo vence essa comparação de títulos com 57,4 pontos de vantagem, derrotando o Inter em títulos nacionais. Já nos títulos internacionais, a vantagem é do Inter;
    Registre-se ou faça login para ver assinaturas.

  6. #36
    Expert Avatar de Luccas
    Data de Ingresso
    08/09/09
    Localização
    Belo Horizonte, Brazil, Brazil
    Posts
    3.684
    FLAMENGO X PALMEIRAS:

    Nessa disputa, não serão considerados títulos estaduais, porém os títulos regionais serão considerados.

    TÍTULOS REGIONAIS:

    FLAMENGO: 1 Torneio Rio-SP (5,0): 5,0 pontos
    PALMEIRAS: 5 Torneios Rio-SP (28,5): 28,5 pontos

    Vencedor: PALMEIRAS (23,5 pontos a mais).

    TÍTULOS NACIONAIS:

    FLAMENGO: 5 Brasileiros (108,0), 2 Copas do Brasil (28,0) e 1 Copa dos Campeões (6,2): 142,2 pontos
    PALMEIRAS: 4 Brasileiros (86,4), 2 Robertões (35,1), 2 Taças Brasil (32,6), 1 Copa do Brasil (14,5) e 1 Copa dos Campeões (6,2): 174,8 pontos

    Vencedor: PALMEIRAS (32,6 pontos a mais).

    TÍTULOS INTERNACIONAIS:

    FLAMENGO: 1 Mundial (30,0), 1 Libertadores (28,5), 1 Copa Mercosul (11,5), e 1 Copa Ouro (1,4): 71,4 pontos
    PALMEIRAS: 1 Libertadores (28,5) e 1 Copa Mercosul (11,5): 40,0 pontos

    Vencedor: FLAMENGO (31,4 pontos a mais).

    TOTAL:

    FLAMENGO: 1 Mundial (30,0), 1 Libertadores (28,5), 5 Brasileiros (108,0), 2 Copas do Brasil (28,0), 1 Copa Mercosul (11,5), 1 Copa dos Campeões (6,2), 1 Torneio Rio-SP (5,0) e 1 Copa Ouro (1,4): 218,6 pontos
    PALMEIRAS: 1 Libertadores (28,5), 4 Brasileiros (86,4), 2 Robertões (35,1), 2 Taças Brasil (32,6), 1 Copa do Brasil (14,5), 1 Copa Mercosul (11,5), 1 Copa dos Campeões (6,2) e 5 Torneios Rio-SP (28,5): 243,3 pontos

    Vencedor: PALMEIRAS. Mesmo tendo 1 Mundial e 1 Brasileiro a mais que o Palmeiras, o Mengão não conseguiu superar o Verdão. Ambos tem muitos títulos comuns como 1 Libertadores, 1 Copa Mercosul e 1 Copa dos Campeões. O que decidiu o confronto em favor do Palmeiras foi o grande número de títulos nacionais que fizeram com que o clube paulista ficasse com uma vantagem de 24,7 pontos. Os títulos regionais também ajudaram muito o Palmeiras nessa disputa, pois se não fossem eles, o time paulista ficaria com uma vantagem de somente 1,2 pontos.


    FLAMENGO X SANTOS:

    Nessa disputa, não serão considerados títulos estaduais, porém os títulos regionais serão considerados.

    TÍTULOS REGIONAIS:

    FLAMENGO: 1 Torneio Rio-SP (5,0): 5,0 pontos
    SANTOS: 5 Torneios Rio-SP (25,0): 25,0 pontos

    Vencedor: SANTOS (20,0 pontos a mais).

    TÍTULOS NACIONAIS:

    FLAMENGO: 5 Brasileiros (108,0), 2 Copas do Brasil (28,0) e 1 Copa dos Campeões (6,2): 142,2 pontos
    SANTOS: 2 Brasileiros (43,2), 1 Robertão (19,3) e 5 Taças Brasil (81,5): 144,0 pontos

    Vencedor: SANTOS (1,8 pontos a mais).

    TÍTULOS INTERNACIONAIS:

    FLAMENGO: 1 Mundial (30,0), 1 Libertadores (28,5), 1 Copa Mercosul (11,5), e 1 Copa Ouro (1,4): 71,4 pontos
    SANTOS: 2 Mundiais (60,0), 2 Libertadores (57,0), 1 Supercopa Intercontinental (10,5) e 1 Copa Conmebol (9,5): 137,0 pontos

    Vencedor: SANTOS (65,6 pontos a mais).

    TOTAL:

    FLAMENGO: 1 Mundial (30,0), 1 Libertadores (28,5), 5 Brasileiros (108,0), 2 Copas do Brasil (28,0), 1 Copa Mercosul (11,5), 1 Copa dos Campeões (6,2), 1 Torneio Rio-SP (5,0) e 1 Copa Ouro (1,4): 218,6 pontos
    SANTOS: 2 Mundiais (60,0), 2 Libertadores (57,0), 2 Brasileiros (43,2), 1 Robertão (19,3), 5 Taças Brasil (81,5), 1 Supercopa Intercontinental (10,5), 1 Copa Conmebol (9,5) e 5 Torneios Rio-SP (25,0): 306,0 pontos

    Vencedor: SANTOS. A grande vantagem de 87,4 pontos a favor do Peixe sobre o Mengão veio principalmente pelo maior número de títulos Mundiais e da Libertadores do Santos. Além disso, o time paulista ficou na frente do carioca nos títulos regionais, nacionais e internacionais.


    FLAMENGO X SÃO PAULO:

    Nessa disputa, não serão considerados títulos estaduais, porém os títulos regionais serão considerados.

    TÍTULOS REGIONAIS:

    FLAMENGO: 1 Torneio Rio-SP (5,0): 5,0 pontos
    SÃO PAULO: 1 Torneio Rio-SP (5,0): 5,0 pontos

    Vantagem: EMPATE.

    TÍTULOS NACIONAIS:

    FLAMENGO: 5 Brasileiros (108,0), 2 Copas do Brasil (28,0) e 1 Copa dos Campeões (6,2): 142,2 pontos
    SÃO PAULO: 6 Brasileiros (129,6): 129,6 pontos

    Vencedor: FLAMENGO (12,6 pontos a mais).

    TÍTULOS INTERNACIONAIS:

    FLAMENGO: 1 Mundial (30,0), 1 Libertadores (28,5), 1 Copa Mercosul (11,5), e 1 Copa Ouro (1,4): 71,4 pontos
    SÃO PAULO: 3 Mundiais (90,0), 3 Libertadores (85,5), 1 Supercopa da Libertadores (12,7), 1 Copa Conmebol (9,5), 2 Recopas Sul-Americanas (11,8) e 1 Supercopa da Conmebol (1,3): 210,8 pontos

    Vencedor: SÃO PAULO (139,4 pontos a mais).

    TOTAL:

    FLAMENGO: 1 Mundial (30,0), 1 Libertadores (28,5), 5 Brasileiros (108,0), 2 Copas do Brasil (28,0), 1 Copa Mercosul (11,5), 1 Copa dos Campeões (6,2), 1 Torneio Rio-SP (5,0) e 1 Copa Ouro (1,4): 218,6 pontos
    SÃO PAULO: 3 Mundiais (90,0), 3 Libertadores (85,5), 6 Brasileiros (129,6), 1 Supercopa da Libertadores (12,7), 1 Copa Conmebol (9,5), 2 Recopas Sul-Americanas (11,8), 1 Torneio Rio-SP (5,0)1 Supercopa da Conmebol (1,3): 345,4 pontos

    Vencedor: SÃO PAULO. O fato do tricolor paulista ter 2 Mundiais e 2 Libertadores a mais que o Mengão decidiu essa disputa em favor do São Paulo. São 126,8 pontos de vantagem pro time paulista, que venceu essa disputa com essa facilidade devido a impressionante vantagem nos títulos internacionais do São Paulo, que fizeram com que a desvantagem nos títulos nacionais fosse praticamente insignificante.
    Registre-se ou faça login para ver assinaturas.

  7. #37
    Expert Avatar de Luccas
    Data de Ingresso
    08/09/09
    Localização
    Belo Horizonte, Brazil, Brazil
    Posts
    3.684
    GRÊMIO X INTERNACIONAL:

    Nessa disputa, serão considerados todos os títulos, inclusive regionais e estaduais.

    TÍTULOS REGIONAIS E ESTADUAIS:

    GRÊMIO: 35 Estaduais (161,0) e 1 Copa Sul(3,6): 164,6 pontos
    INTERNACIONAL: 38 Estaduais (178,3): 178,3 pontos.

    Vencedor: INTERNACIONAL (13,7 pontos a mais).

    TÍTULOS NACIONAIS:

    GRÊMIO: 2 Brasileiros (43,2), 4 Copas do Brasil (57,0) e 1 Supercopa do Brasil (1,4): 101,6 pontos
    INTERNACIONAL: 3 Brasileiros (64,8) e 1 Copa do Brasil (14,5): 79,3 pontos

    Vencedor: GRÊMIO (22,3 pontos a mais).

    TÍTULOS INTERNACIONAIS:

    GRÊMIO: 1 Mundial (30,0), 2 Libertadores (57,0) e 1 Recopa Sul-Americana (5,9): 92,9 pontos
    INTERNACIONAL: 1 Mundial (30,0), 1 Libertadores (28,5), 1 Copa Sul-Americana (12,5) e1 Recopa Sul-Americana (5,9): 76,9 pontos

    Vencedor: GRÊMIO (16,0 pontos a mais).

    TOTAL:

    GRÊMIO: 1 Mundial (30,0), 2 Libertadores (57,0), 2 Brasileiros (43,2), 4 Copas do Brasil (57,0), 1 Recopa Sul-Americana (5,9), 35 Estaduais (161,0), 1 Copa Sul (3,6) e 1 Supercopa do Brasil (1,4): 359,1 pontos
    INTERNACIONAL: 1 Mundial (30,0), 1 Libertadores (28,5), 3 Brasileiros (64,8), 1 Copa do Brasil (14,5), 1 Copa Sul-Americana (12,5), 1 Recopa Sul-Americana (5,9) e 38 Estaduais (178,3): 334,5 pontos

    Vencedor: GRÊMIO. No Grenal, a vantagem ficou com o tricolor gaúcho sobre o Colorado. Foram 24,6 pontos de vantagem para o Grêmio, que conseguiu vencer essa comparação de títulos por causa do maior número de Libertadores e também de Copas do Brasil. O Internacional obteve a vantagem somente nos títulos regionais e estaduais, e foi derrotado nos títulos nacionais e internacionais.


    GRÊMIO X PALMEIRAS:

    Nessa disputa, não serão considerados títulos estaduais, nem regionais.

    TÍTULOS NACIONAIS:

    GRÊMIO: 2 Brasileiros (43,2), 4 Copas do Brasil (57,0) e 1 Supercopa do Brasil (1,4): 101,6 pontos
    PALMEIRAS: 4 Brasileiros (86,4), 2 Robertões (35,1), 2 Taças Brasil (32,6), 1 Copa do Brasil (14,5) e 1 Copa dos Campeões (6,2): 174,8 pontos

    Vencedor: PALMEIRAS (73,2 pontos a mais).

    TÍTULOS INTERNACIONAIS:

    GRÊMIO: 1 Mundial (30,0), 2 Libertadores (57,0) e 1 Recopa Sul-Americana (5,9): 92,9 pontos
    PALMEIRAS: 1 Libertadores (28,5) e 1 Copa Mercosul (11,5): 40,0 pontos

    Vencedor: GRÊMIO (52,9 pontos a mais).

    TOTAL:

    GRÊMIO: 1 Mundial (30,0), 2 Libertadores (57,0), 2 Brasileiros (43,2), 4 Copas do Brasil (57,0), 1 Recopa Sul-Americana (5,9) e 1 Supercopa do Brasil (1,4): 194,5 pontos
    PALMEIRAS: 1 Libertadores (28,5), 4 Brasileiros (86,4), 2 Robertões (35,1), 2 Taças Brasil (32,6), 1 Copa do Brasil (14,5), 1 Copa Mercosul (11,5) e 1 Copa dos Campeões (6,2): 214,8 pontos

    Vencedor: PALMEIRAS. Mesmo não tendo o título Mundial, o Palmeiras conseguiu superar o Grêmio. Isso por causa do elevado número de títulos nacionais do Verdão, que colaborou muito para a vantagem de 20,3 pontos sobre o tricolor gaúcho.


    GRÊMIO X SANTOS:

    Nessa disputa, não serão considerados títulos estaduais, nem regionais.

    TÍTULOS NACIONAIS:

    GRÊMIO: 2 Brasileiros (43,2), 4 Copas do Brasil (57,0) e 1 Supercopa do Brasil (1,4): 101,6 pontos
    SANTOS: 2 Brasileiros (43,2), 1 Robertão (19,3) e 5 Taças Brasil (81,5): 144,0 pontos

    Vencedor: SANTOS (42,4 pontos a mais).

    TÍTULOS INTERNACIONAIS:

    GRÊMIO: 1 Mundial (30,0), 2 Libertadores (57,0) e 1 Recopa Sul-Americana (5,9): 92,9 pontos
    SANTOS: 2 Mundiais (60,0), 2 Libertadores (57,0), 1 Supercopa Intercontinental (10,5) e 1 Copa Conmebol (9,5): 137,0 pontos

    Vencedor: SANTOS (44,1 pontos a mais).

    TOTAL:

    GRÊMIO: 1 Mundial (30,0), 2 Libertadores (57,0), 2 Brasileiros (43,2), 4 Copas do Brasil (57,0), 1 Recopa Sul-Americana (5,9) e 1 Supercopa do Brasil (1,4): 194,5 pontos
    SANTOS: 2 Mundiais (60,0), 2 Libertadores (57,0), 2 Brasileiros (43,2), 1 Robertão (19,3), 5 Taças Brasil (81,5), 1 Supercopa Intercontinental (10,5) e 1 Copa Conmebol (9,5): 281,0 pontos

    Vencedor: SANTOS. Com 86,5 pontos a mais, o Santos vence facilmente o Grêmio nessa comparação de títulos. Essa boa vantagem vem do fato do Peixe ter mais títulos internacionais e nacionais que o tricolor gaúcho.
    Registre-se ou faça login para ver assinaturas.

  8. #38
    Expert Avatar de Luccas
    Data de Ingresso
    08/09/09
    Localização
    Belo Horizonte, Brazil, Brazil
    Posts
    3.684
    GRÊMIO X SÃO PAULO:

    Nessa disputa, não serão considerados títulos estaduais, nem regionais.

    TÍTULOS NACIONAIS:

    GRÊMIO: 2 Brasileiros (43,2), 4 Copas do Brasil (57,0) e 1 Supercopa do Brasil (1,4): 101,6 pontos
    SÃO PAULO: 6 Brasileiros (129,6): 129,6 pontos

    Vencedor: SÃO PAULO (28,0 pontos a mais).

    TÍTULOS INTERNACIONAIS:

    GRÊMIO: 1 Mundial (30,0), 2 Libertadores (57,0) e 1 Recopa Sul-Americana (5,9): 92,9 pontos
    SÃO PAULO: 3 Mundiais (90,0), 3 Libertadores (85,5), 1 Supercopa da Libertadores (12,7), 1 Copa Conmebol (9,5), 2 Recopas Sul-Americanas (11,8) e 1 Supercopa da Conmebol (1,3): 210,8 pontos

    Vencedor: SÃO PAULO (119,9 pontos a mais).

    TOTAL:

    GRÊMIO: 1 Mundial (30,0), 2 Libertadores (57,0), 2 Brasileiros (43,2), 4 Copas do Brasil (57,0), 1 Recopa Sul-Americana (5,9) e 1 Supercopa do Brasil (1,4): 194,5 pontos
    SÃO PAULO: 3 Mundiais (90,0), 3 Libertadores (85,5), 6 Brasileiros (129,6), 1 Supercopa da Libertadores (12,7), 1 Copa Conmebol (9,5), 2 Recopas Sul-Americanas (11,8) e 1 Supercopa da Conmebol (1,3): 340,4 pontos

    Vencedor: SÃO PAULO. O tricolor gaúcho não ofereceu maiores problemas para o São Paulo nessa disputa. Os incríveis 146,4 pontos de vantagem vieram através do elevado número de títulos internacionais do São Paulo, que também levou vantagem nos títulos nacionais.


    INTERNACIONAL X PALMEIRAS:

    Nessa disputa, não serão considerados títulos estaduais, nem regionais.

    TÍTULOS NACIONAIS:

    INTERNACIONAL: 3 Brasileiros (64,8) e 1 Copa do Brasil (14,5): 79,3 pontos
    PALMEIRAS: 4 Brasileiros (86,4), 2 Robertões (35,1), 2 Taças Brasil (32,6), 1 Copa do Brasil (14,5) e 1 Copa dos Campeões (6,2): 174,8 pontos

    Vencedor: PALMEIRAS (95,5 pontos a mais).

    TÍTULOS INTERNACIONAIS:

    INTERNACIONAL: 1 Mundial (30,0), 1 Libertadores (28,5), 1 Copa Sul-Americana (12,5) e 1 Recopa Sul-Americana (5,9): 76,9 pontos
    PALMEIRAS: 1 Libertadores (28,5) e 1 Copa Mercosul (11,5): 40,0 pontos

    Vencedor: INTERNACIONAL (36,9 pontos a mais).

    TOTAL:

    INTERNACIONAL: 1 Mundial (30,0), 1 Libertadores (28,5), 3 Brasileiros (64,8), 1 Copa do Brasil (14,5), 1 Copa Sul-Americana (12,5) e 1 Recopa Sul-Americana (5,9): 156,2 pontos
    PALMEIRAS: 1 Libertadores (28,5), 4 Brasileiros (86,4), 2 Robertões (35,1), 2 Taças Brasil (32,6), 1 Copa do Brasil (14,5), 1 Copa Mercosul (11,5) e 1 Copa dos Campeões (6,2): 214,8 pontos

    Vencedor: PALMEIRAS. O Verdão não teve muitas dificuldades em vencer o Colorado. Foram 58,6 pontos de vantagem para o Palmeiras que mesmo não tendo um Mundial, derrotou o time gaúcho por causa do grande número de títulos nacionais.


    INTERNACIONAL X SANTOS:

    Nessa disputa, não serão considerados títulos estaduais, nem regionais.

    TÍTULOS NACIONAIS:

    INTERNACIONAL: 3 Brasileiros (64,8) e 1 Copa do Brasil (14,5): 79,3 pontos
    SANTOS: 2 Brasileiros (43,2), 1 Robertão (19,3) e 5 Taças Brasil (81,5): 144,0 pontos

    Vencedor: SANTOS (64,7 pontos a mais).

    TÍTULOS INTERNACIONAIS:

    INTERNACIONAL: 1 Mundial (30,0), 1 Libertadores (28,5), 1 Copa Sul-Americana (12,5) e 1 Recopa Sul-Americana (5,9): 76,9 pontos
    SANTOS: 2 Mundiais (60,0), 2 Libertadores (57,0), 1 Supercopa Intercontinental (10,5) e 1 Copa Conmebol (9,5): 137,0 pontos

    Vencedor: SANTOS (60,1 pontos a mais).

    TOTAL:

    INTERNACIONAL: 1 Mundial (30,0), 1 Libertadores (28,5), 3 Brasileiros (64,8), 1 Copa do Brasil (14,5), 1 Copa Sul-Americana (12,5) e 1 Recopa Sul-Americana (5,9): 156,2 pontos
    SANTOS: 2 Mundiais (60,0), 2 Libertadores (57,0), 2 Brasileiros (43,2), 1 Robertão (19,3), 5 Taças Brasil (81,5), 1 Supercopa Intercontinental (10,5) e 1 Copa Conmebol (9,5): 281,0 pontos

    Vencedor: SANTOS. O Peixe não teve trabalho nenhum para derrotar o Colorado nessa disputa de títulos. Os impressionantes 124,8 pontos de vantagem vieram principalmente por causa da maior importância dos títulos do Santos, além da maior diversidade de títulos do clube paulista, que superou o Inter nos títulos nacionais e também nos internacionais.

    INTERNACIONAL X SÃO PAULO:

    Nessa disputa, não serão considerados títulos estaduais, nem regionais.

    TÍTULOS NACIONAIS:

    INTERNACIONAL: 3 Brasileiros (64,8) e 1 Copa do Brasil (14,5): 79,3 pontos
    SÃO PAULO: 6 Brasileiros (129,6): 129,6 pontos

    Vencedor: SÃO PAULO (50,3 pontos a mais).

    TÍTULOS INTERNACIONAIS:

    INTERNACIONAL: 1 Mundial (30,0), 1 Libertadores (28,5), 1 Copa Sul-Americana (12,5) e 1 Recopa Sul-Americana (5,9): 76,9 pontos
    SÃO PAULO: 3 Mundiais (90,0), 3 Libertadores (85,5), 1 Supercopa da Libertadores (12,7), 1 Copa Conmebol (9,5), 2 Recopas Sul-Americanas (11,8) e 1 Supercopa da Conmebol (1,3): 210,8 pontos

    Vencedor: SÃO PAULO (133,9 pontos a mais).

    TOTAL:

    INTERNACIONAL: 1 Mundial (30,0), 1 Libertadores (28,5), 3 Brasileiros (64,8), 1 Copa Sul-Americana (12,5), 1 Copa do Brasil (14,5) e 1 Recopa Sul-Americana (5,9): 156,2 pontos
    SÃO PAULO: 3 Mundiais (90,0), 3 Libertadores (85,5), 6 Brasileiros (129,6), 1 Supercopa da Libertadores (12,7), 1 Copa Conmebol (9,5), 2 Recopas Sul-Americanas (11,8) e 1 Supercopa da Conmebol (1,3): 340,4 pontos

    Vencedor: SÃO PAULO. Na disputa entre o tricolor paulista e o Colorado, vantagem total para o São Paulo. Com 184,2 pontos de vantagem, o São Paulo derrotou com muita facilidade o Internacional nessa comparação de títulos. Essa grande vantagem veio por causa do maior número de títulos Mundiais, da Libertadores e Brasileiros do clube paulista.


    PALMEIRAS X SANTOS:

    Nessa disputa serão considerados todos os títulos, inclusive regionais e estaduais.

    TÍTULOS REGIONAIS E ESTADUAIS:

    PALMEIRAS: 22 Estaduais (137,3) e 5 Torneios Rio-SP (28,5):165,8 pontos
    SANTOS: 17 Estaduais (106,6) e 5 Torneios Rio-SP (25,0):131,6 pontos

    Vencedor: PALMEIRAS (34,2 pontos a mais).

    TÍTULOS NACIONAIS:

    PALMEIRAS: 4 Brasileiros (86,4), 2 Robertões (35,1), 2 Taças Brasil (32,6), 1 Copa do Brasil (14,5) e 1 Copa dos Campeões (6,2): 174,8 pontos
    SANTOS: 2 Brasileiros (43,2), 1 Robertão (19,3) e 5 Taças Brasil (81,5): 144,0 pontos

    encedor: PALMEIRAS (30,8 pontos a mais).

    TÍTULOS INTERNACIONAIS:

    PALMEIRAS: 1 Libertadores (28,5) e 1 Copa Mercosul (11,5): 40,0 pontos
    SANTOS: 2 Mundiais (60,0), 2 Libertadores (57,0), 1 Supercopa Intercontinental (10,5) e 1 Copa Conmebol (9,5): 137,0 pontos

    Vencedor: SANTOS (97,0 pontos a mais).

    TOTAL:

    PALMEIRAS: 1 Libertadores (28,5), 4 Brasileiros (86,4), 2 Robertões (35,1), 2 Taças Brasil (32,6), 1 Copa do Brasil (14,5), 1 Copa Mercosul (11,5), 1 Copa dos Campeões (6,2), 22 Estaduais (137,3) e 5 Torneios Rio-SP (28,5): 380,6 pontos
    SANTOS: 2 Mundiais (60,0), 2 Libertadores (57,0), 2 Brasileiros (43,2), 1 Robertão (19,3), 5 Taças Brasil (81,5), 1 Supercopa Intercontinental (10,5), 1 Copa Conmebol (9,5), 17 Estaduais (106,6) e 5 Torneios Rio-SP (25,0): 412,6 pontos

    Vencedor: SANTOS. A vantagem de 32,0 pontos do Peixe sobre o Verdão veio através dos 2 títulos Mundiais do Santos. Se não fossem os títulos Mundiais a vantagem seria do Palmeiras. O Santos também conseguiu vencer essa disputa por causa do melhor equilíbrio entre os títulos nacionais e internacionais. Em nacionais, o Palmeiras supera o Santos com uma vantagem razoável, porém em títulos internacionais a vantagem do Santos sobre o Palmeiras é consideravelmente grande e devido a isso o Santos conseguiu superar o Palmeiras nessa disputa de títulos.
    Registre-se ou faça login para ver assinaturas.

  9. #39
    Expert Avatar de Luccas
    Data de Ingresso
    08/09/09
    Localização
    Belo Horizonte, Brazil, Brazil
    Posts
    3.684
    PALMEIRAS X SÃO PAULO:

    Nessa disputa, serão considerados todos os títulos, inclusive regionais e estaduais.

    TÍTULOS REGIONAIS E ESTADUAIS:

    PALMEIRAS: 22 Estaduais (137,3) e 5 Torneios Rio-SP (28,5): 165,8 pontos
    SÃO PAULO: 21 Estaduais (132,3), 1 Torneio Rio-SP (5,0): 137,3 pontos

    Vencedor: PALMEIRAS (28,5 pontos a mais).

    TÍTULOS NACIONAIS:

    PALMEIRAS: 4 Brasileiros (86,4), 2 Robertões (35,1), 2 Taças Brasil (32,6), 1 Copa do Brasil (14,5) e 1 Copa dos Campeões (6,2): 174,8 pontos
    SÃO PAULO: 6 Brasileiros (129,6): 129,6 pontos

    Vencedor: PALMEIRAS (45,2 pontos a mais)

    ÍTULOS INTERNACIONAIS:

    PALMEIRAS: 1 Libertadores (28,5) e 1 Copa Mercosul (11,5): 40,0 pontos
    SÃO PAULO: 3 Mundiais (90,0), 3 Libertadores (85,5), 1 Supercopa da Libertadores (12,7), 1 Copa Conmebol (9,5), 2 Recopas Sul-Americanas (11,8) e 1 Supercopa da Conmebol (1,3): 210,8 pontos

    Vencedor: SÃO PAULO (170,8 pontos a mais).

    TOTAL:

    PALMEIRAS: 1 Libertadores (28,5), 4 Brasileiros (86,4), 2 Robertões (35,1), 2 Taças Brasil (32,6), 1 Copa do Brasil (14,5), 1 Copa Mercosul (11,5), 1 Copa dos Campeões (6,2), 22 Estaduais (137,3) e 5 Torneios Rio-SP (28,5): 380,6 pontos
    SÃO PAULO: 3 Mundiais (90,0), 3 Libertadores (85,5), 6 Brasileiros (129,6), 1 Supercopa da Libertadores (12,7), 1 Copa Conmebol (9,5), 21 Estaduais (132,3), 1 Torneio Rio-SP (5,0), 2 Recopas Sul-Americanas (11,8) e 1 Supercopa da Conmebol (1,3): 477,7 pontos

    Vencedor: SÃO PAULO. Enquanto o Palmeiras se destaca nacionalmente, o São Paulo leva vantagem internacionalmente. Principalmente por causa dos títulos Mundiais, a vantagem do tricolor paulista sobre o Verdão é de confortáveis 97,1 pontos, mesmo com o Palmeiras também levando vantagem nos títulos regionais e estaduais.


    SANTOS X SÃO PAULO:

    Nessa disputa, serão considerados todos os títulos, inclusive regionais e estaduais.

    TÍTULOS REGIONAIS E ESTADUAIS:

    SANTOS: 17 Estaduais (106,6) e 5 Torneios Rio-SP (25,0): 131,6 pontos
    SÃO PAULO: 21 Estaduais (132,3), 1 Torneio Rio-SP (5,0): 137,3 pontos

    Vencedor: SÃO PAULO (5,7 pontos a mais).

    TÍTULOS NACIONAIS:

    SANTOS: 2 Brasileiros (43,2), 1 Robertão (19,3) e 5 Taças Brasil (81,5): 144,0 pontos
    SÃO PAULO: 6 Brasileiros (129,6): 129,6 pontos

    Vencedor: SANTOS (14,4 pontos a mais)

    TÍTULOS INTERNACIONAIS:

    SANTOS: 2 Mundiais (60,0), 2 Libertadores (57,0), 1 Supercopa Intercontinental (10,5) e 1 Copa Conmebol (9,5): 137,0 pontos
    SÃO PAULO: 3 Mundiais (90,0), 3 Libertadores (85,5), 1 Supercopa da Libertadores (12,7), 1 Copa Conmebol (9,5), 2 Recopas Sul-Americanas (11,8) e 1 Supercopa da Conmebol (1,3): 210,8 pontos

    Vencedor: SÃO PAULO (73,8 pontos a mais).

    TOTAL:

    SANTOS: 2 Mundiais (60,0), 2 Libertadores (57,0), 2 Brasileiros (43,2), 1 Robertão (19,3), 5 Taças Brasil (81,5), 1 Supercopa Intercontinental (10,5), 1 Copa Conmebol (9,5), 17 Estaduais (106,6) e 5 Torneios Rio-SP (25,0): 412,6 pontos
    SÃO PAULO: 3 Mundiais (90,0), 3 Libertadores (85,5), 6 Brasileiros (129,6), 1 Supercopa da Libertadores (12,7), 1 Copa Conmebol (9,5), 21 Estaduais (132,3), 1 Torneio Rio-SP (5,0), 2 Recopas Sul-Americanas (11,8) e 1 Supercopa da Conmebol (1,3): 477,7 pontos

    Vencedor: SÃO PAULO. Na disputa entre os dois maiores clubes brasileiros, o tricolor paulista levou a melhor sobre o Peixe. Os 65,1 pontos de vantagem vieram por causa do maior número de títulos Mundiais (3x2), da Libertadores (3x2) e de Brasileiros (6x2) do São Paulo. O São Paulo tem vantagem nos títulos regionais e estaduais, e também nos títulos internacionais, enquanto que o Santos leva vantagem nos títulos nacionais.

    Após essas 21 comparações de títulos entres os clubes da ELITE, temos a seguinte classificação final desse grupo:

    1º São Paulo (6 vitórias);
    2º Santos (5 vitórias e 1 derrota);
    3º Palmeiras (4 vitórias e 2 derrotas);
    4º Flamengo (3 vitórias e 3 derrotas);
    5º Grêmio (2 vitórias e 4 derrotas);
    6º Cruzeiro (1 vitória e 5 derrotas);
    7º Internacional (6 derrotas);

    O Internacional ficou na última colocação nesse grupo da ELITE. Portanto haverá uma comparação de títulos entre o clube gaúcho e o Corinthians, que foi o melhor clube do grupo dos GRANDES.
    Registre-se ou faça login para ver assinaturas.

  10. #40
    Expert Avatar de Luccas
    Data de Ingresso
    08/09/09
    Localização
    Belo Horizonte, Brazil, Brazil
    Posts
    3.684
    3.3.1) Comparação do Melhor GRANDE x Pior da ELITE:

    CORINTHIANS X INTERNACIONAL:

    Nessa disputa, não serão considerados títulos estaduais, nem regionais.

    TÍTULOS NACIONAIS:

    CORINTHIANS: 4 Brasileiros (86,4), 2 Copas do Brasil (28) e 1 Supercopa do Brasil (1,4): 115,8 pontos
    INTERNACIONAL: 3 Brasileiros (64,8) e 1 Copa do Brasil (14,5): 79,3 pontos

    Vencedor: CORINTHIANS (36,5 pontos a mais).

    TÍTULOS INTERNACIONAIS:

    CORINTHIANS: 1 Mundial da Fifa 2000 (14,0) 14,0
    INTERNACIONAL: 1 Mundial (30,0), 1 Libertadores (28,5), 1 Copa Sul-Americana (12,5) e 1 Recopa Sul-Americana (5,9): 76,9 pontos

    Vencedor: INTERNACIONAL (62,9 pontos a mais).

    TOTAL:

    CORINTHIANS: 4 Brasileiros (86,4), 2 Copas do Brasil (28), 1 Mundial da Fifa 2000 (14,0) e 1 Supercopa do Brasil (1,4): 129,8
    INTERNACIONAL: 1 Mundial (30,0), 1 Libertadores (28,5), 3 Brasileiros (64,8), 1 Copa do Brasil (14,5), 1 Copa Sul-Americana (12,5) e 1 Recopa Sul-Americana (5,9): 156,2 pontos

    Vencedor: INTERNACIONAL. O melhor clube do grupo dos GRANDES, o Corinthians, foi derrotado nessa disputa de títulos contra o pior clube da ELITE, o Internacional. A vantagem do Colorado sobre o Timão foi de apenas 26,4 pontos. Mesmo tendo um Brasileiro e uma Copa do Brasil a mais, o clube paulista acabou derrotado justamente pelo Internacional ter os dois títulos mais importantes: Libertadores e Mundial Interclubes, que são títulos ainda não ganhos pelo Corinthians.

    Como o Internacional venceu o Corinthians na comparação dos títulos, não será necessário fazer mais comparações entre os clubes do grupo dos GRANDES com os clubes da ELITE, uma vez que os clubes da ELITE venceriam todas as disputas de títulos.

    3.4) CLASSIFICAÇÃO FINAL DO RANKING COMPARATIVO:

    Assim, depois de várias comparações de títulos entre diversos clubes, temos a classificação final do RANKING COMPARATIVO:

    1º São Paulo
    2º Santos
    3º Palmeiras
    4º Flamengo
    5º Grêmio
    6º Cruzeiro
    7º Internacional
    8º Corinthians
    9º Vasco
    10º Fluminense
    11º Atlético-MG
    12º Botafogo

    3.4.1) Critérios para se chegar aos Coeficientes de cada clube:


    Agora serão mostrados os critérios para se estabelecer os coeficientes de cada clube, ou seja, a média que o time receberá dependendo da posição.
    O 1º lugar receberá a média 10, pois não foi derrotado em nenhum confronto. Já os seguintes vão recebendo as médias conforme for a desvantagem da comparação contra o time que está à sua frente no RANKING COMPARATIVO:
    Os pontos de desvantagem do clube são divididos por 100 e em seguida multiplicados 3 para se chegar a um determinado valor. Depois, é subtraído da média do time acima esse mesmo valor.
    Um exemplo é a média do Santos. O time acima do Santos na classificação é o São Paulo. Na comparação de títulos entre eles, a desvantagem do Santos foi de 65,1 pontos. Portanto se divide por 100 esses 65,1 pontos, e assim chegamos ao valor de 0,651. Multiplicamos esse valor por 3 e então é chego ao valor de 1,953. Pegamos a média do São Paulo, que é 10,0, e subtraímos 1,953. Assim, chegamos ao valor de 8,05, que é a média do Santos. Mais um exemplo é para se chegar à média do Palmeiras. O Santos é o que está logo acima do Palmeiras, e então vemos que a desvantagem do Palmeiras no confronto contra o Santos foi de 32,0 pontos. Dividimos esse valor por 100 e multiplicamos por 3 chegando ao valor de 0,96. Pegamos a média do Santos, que é de 8,05 e subtraímos esses 0,96. O valor atingido é 7,1, que portanto é a média do Palmeiras. E assim por diante, sempre pegando a média do time acima, vai se chegando aos coeficientes de cada um dos clubes.
    A única exceção é quando os clubes empataram na comparação dos títulos. Sempre quando isso aconteceu foi adotado o critério de desempate para se estabelecer as posições, mas para se chegar à média, apenas foi subtraído 0,01 da média do clube anterior.

    Um exemplo é que Grêmio e Cruzeiro empataram em número de pontos (194,5 pontos), e então para se estabelecer a média é feito o seguinte: Vemos que a média do Grêmio é de 5,79. Então, para chegarmos à média do Cruzeiro, simplesmente subtraímos 0,01 dessa média do time gaúcho. Assim, a média do Cruzeiro é de 5,78.
    A seguir os coeficientes que cada clube irá receber no RANKING COMPARATIVO DOS TÍTULOS:

    1º São Paulo: 10,0
    2º Santos: 8,05
    3º Palmeiras: 7,1
    4º Flamengo: 6,36
    5º Grêmio: 5,79
    6º Cruzeiro: 5,78
    7º Internacional: 4,63
    8º Corinthians: 3,84
    9º Vasco: 3,7
    10º Fluminense: 2,23
    11º Atlético-MG: 2,04
    12º Botafogo: 1,94

    Registre-se ou faça login para ver assinaturas.

Página 4 de 15 PrimeiroPrimeiro ... 2345614 ... ÚltimoÚltimo

Permissões de postagem

  • Você não pode iniciar novos tópicos
  • Você não pode enviar respostas
  • Você não pode enviar anexos
  • Você não pode editar suas mensagens
  •  
© 2007-2013 · MaisEV · Todos os direitos reservados