Lista de Usuários Marcados

Página 3 de 15 PrimeiroPrimeiro 1234513 ... ÚltimoÚltimo
Resultados 21 a 30 de 149

Tópico: Ranking de titulos de times brasileiros

  1. #21
    Expert Avatar de Luccas
    Data de Ingresso
    08/09/09
    Localização
    Belo Horizonte, Brazil, Brazil
    Posts
    3.687
    2.1.5) Ranking da Variedade de Títulos Importantes:

    Semelhante ao Ranking 2.1.4, porém a diferença é que nesse Ranking somente é considerado a variedade de títulos importantes (Mundial, Libertadores, Brasileiro, Copa do Brasil, Robertão e Taça Brasil). Em caso de empate, fica na frente quem tem títulos mais importantes (conforme critérios no Ranking de Títulos Importantes).

    Ranking da Variedade de Títulos Importantes
    1º Santos: 5 títulos importantes diferentes
    2º Palmeiras: 5 títulos
    3º Grêmio: 4 títulos
    4º Flamengo: 4 títulos
    5º Internacional: 4 títulos
    6º Cruzeiro: 4 títulos
    7º São Paulo: 3 títulos
    8º Fluminense: 3 títulos
    9º Vasco: 2 títulos
    10º Corinthians: 2 títulos
    11º Botafogo: 2 títulos
    12º Atlético-MG: 1 título


    2.1.6) Ranking da Soma de Títulos Importantes Existentes:

    Esse é um ranking da soma dos principais títulos que ainda existem: Mundial, Libertadores, Brasileiro e Copa do Brasil. Em caso de empate, fica na frente quem tem mais Mundiais. Persistindo o empate, quem tem mais Libertadores e assim sucessivamente.

    Ranking da Soma de Títulos Importantes Existentes
    1º São Paulo (3 Mun, 3 Lib, 6 Bra): 12 títulos;
    2º Grêmio (1 Mun, 2 Lib, 2 Bra, 4 CdB): 9 títulos;
    3º Flamengo (1 Mun, 1 Lib, 5 Bra, 2 CdB): 9 títulos;
    4º Cruzeiro (2 Lib, 1 Bra, 4 CdB): 7 títulos;
    5º Santos (2 Mun, 2 Lib, 2 Bra): 6 títulos;
    6º Internacional (1 Mun, 1 Lib, 3 Bra, 1 CdB): 6 títulos;
    7º Palmeiras (1 Lib, 4 Bra, 1 CdB): 6 títulos;
    8º Corinthians (4 Bra, 2 CdB): 6 títulos;
    9º Vasco (1 Lib, 4 Bra): 5 títulos;
    10º Fluminense (1 Bra, 1 CdB): 2 títulos
    11º Atlético-MG e Botafogo (1 Brasileiro cada): 1 título


    2.1.7) Ranking da Quantidade de Títulos:

    Nesse ranking o que vale é simplesmente a quantidade de títulos. Neste ranking, se conta todos os títulos, sendo internacionais, nacionais, regionais e estaduais. Em caso de empate fica na frente quem tem os títulos mais importantes (conforme critérios no Ranking de Títulos Importantes).

    Ranking da Quantidade de Títulos
    1º Cruzeiro: 50 títulos
    2º Grêmio: 47 títulos
    3º Internacional: 46 títulos
    4º Atlético-MG: 43 títulos
    5º Flamengo: 43 títulos
    6º São Paulo: 39 títulos
    7º Palmeiras: 39 títulos
    8º Corinthians: 38 títulos
    9º Santos: 36 títulos
    10º Fluminense: 35 títulos
    11º Vasco: 32 títulos
    12º Botafogo: 25 títulos

    2.1.8) Ranking da Quantidade de Títulos – Sem Estaduais e Regionais:

    Muito semelhante ao Ranking 2.1.7, mas a diferença é que nesse Ranking não são somados os títulos estaduais e regionais. Em caso de empate fica na frente quem tem os títulos mais importantes (conforme critérios no Ranking de Títulos Importantes).

    Ranking da Quantidade de Títulos – Sem Estaduais e Regionais
    1º São Paulo: 17 títulos
    2º Santos: 14 títulos
    3º Cruzeiro: 13 títulos
    4º Flamengo: 12 títulos
    5º Palmeiras: 12 títulos
    6º Grêmio: 11 títulos
    7º Internacional: 8 títulos
    8º Corinthians: 8 títulos
    9º Vasco: 7 títulos
    10º Atlético-MG: 4 títulos
    11º Fluminense: 3 títulos
    12º Botafogo: 3 títulos


    2.1.9) Ranking de Títulos Atuais

    Esse Ranking simplesmente apenas analisa os títulos que ainda existem, ou seja, só são considerados títulos que ainda são disputados: Mundial, Libertadores, Brasileiro, Copa do Brasil, Copa Sul-Americana (que por enquanto nenhum clube brasileiro ganhou), Recopa Sul-Americana e Estaduais. Para se estabelecer a pontuação de cada título, foi utilizado os critérios já mostrados na Tabela 1. Em caso de empate, fica na frente quem tem os títulos mais importantes.

    Ranking de Títulos Atuais
    1º São Paulo (3 Mun, 3 Lib, 6 Bra, 2 Rec e 21 Est): 449,2 pontos
    2º Flamengo (1 Mun, 1 Lib, 5 Bra, 2 CdB e 30 Est): 367,7
    3º Grêmio (1 Mun, 2 Lib, 2 Bra, 4 CdB, 1 Rec e 35 Est): 354,1
    4º Internacional (1 Mun, 1 Lib, 3 Bra, 1 CdB, 1 CSA, 1 Rec e 38 Est): 334,5
    5º Cruzeiro (2 Lib, 1 Bra, 4 CdB, 1 Rec e 34 Est): 297,3
    6º Santos (2 Mun, 2 Lib, 2 Bra e 17 Est): 266,8
    7º Palmeiras (1 Lib, 4 Bra, 1 CdB e 22 Est): 266,7
    8º Corinthians (4 Bra, 2 CdB e 25 Est): 266,7
    9º Vasco (1 Lib, 4 Bra e 22 Est): 244,3
    10º Fluminense (1 Bra, 1 CdB e 30 Est ): 206,5
    11º Atlético-MG (1 Bra e 39 Est): 204,0
    12º Botafogo (1 Bra e 18 Est): 126,0
    Registre-se ou faça login para ver assinaturas.

  2. #22
    Expert Avatar de Luccas
    Data de Ingresso
    08/09/09
    Localização
    Belo Horizonte, Brazil, Brazil
    Posts
    3.687
    2.1.10) Ranking do Desempenho Estadual e Regional

    Esse Ranking é um pouco diferente dos 9 anteriores. Nele estará sendo analisado como determinado clube se comporta no âmbito regional e estadual. No total os 12 clubes são divididos em quatro regiões: Minas Gerais, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e São Paulo. Ou seja, serão considerados apenas títulos estaduais e regionais, sendo que a comparação só será feita entre times de um mesmo estado. Em caso de empate no número de títulos, fica na frente quem possui mais estaduais, pois na maior parte da história, os estaduais foram mais importantes que os regionais, além de atualmente somente os estaduais ainda serem disputados.
    Assim, são 4 Rankings (um para cada região):

    Ranking do Desempenho Estadual e Regional – Minas Gerais
    1º Atlético-MG (39 Est): 39 títulos
    2º Cruzeiro (34 Est, 2 CSM e 1 CCO): 37 títulos

    Ranking do Desempenho Estadual e Regional – Rio de Janeiro
    1º Fluminense (30 Est e 2 RSP): 32 títulos
    2º Flamengo (30 Est e 1 RSP): 31 títulos
    3º Vasco (22 Est e 3 RSP): 25 títulos
    4º Botafogo (18 Est e 4 RSP): 22 títulos

    Ranking do Desempenho Estadual e Regional – Rio Grande do Sul
    1º Internacional (38 Est): 38 títulos
    2º Grêmio (35 Est e 1 CS): 36 títulos

    Ranking do Desempenho Estadual e Regional – São Paulo
    1º Corinthians (25 Est e 5 RSP): 30 títulos
    2º Palmeiras (22 Est e 5 RSP): 27 títulos
    3º São Paulo (21 Est e 1 RSP): 22 títulos
    4º Santos (17 Est e 5 RSP): 22 títulos

    Classificação final do RANKING de Aspectos:

    Através da média de posições dos 10 Rankings anteriores, se chega ao RANKING DE ASPECTOS. Em caso de empate na média de posição, ficará na frente o clube mais bem posicionado no “Ranking de Títulos Importantes”.

    1º São Paulo (1º/1º/5º/2º/7º/1º/6º/1º/1º/3º): 2,8
    2º Flamengo (4º/6º/2º/4º/4º/3º/5º/4º/2º/2º): 3,6
    3º Santos (2º/2º/3º/3º/1º/5º/9º/2º/6º/4º): 3,7
    4º Grêmio (3º/4º/6°/6º/3º/2º/2º/6º/3º/2º): 3,7
    5º Cruzeiro (6º/3º/7º/1º/6º/4º/1º/3º/5º/2º): 3,8
    6º Palmeiras (7º/8°/1º/5º/2º/7º/7º/5º/7º/2º): 5,1
    7º Internacional (5º/5°/9º/7º/5º/6º/3º/7º/4º/1º): 5,2
    8º Corinthians (9º/10º/4º/9º/10º/8º/8º/8º/8º/1º): 7,5
    9º Vasco (8º/7º/8º/8º/9º/9º/11º/9º/9º/3º): 8,1
    10º Fluminense (10º/12º/10º/10º/8º/10º/10º/11º/10º/1º): 9,2
    11º Atlético-MG (12º/9º/12º/12º/12º/11º/4º/10º/11º/1º): 9,4
    12º Botafogo (11º/11º/11º/11º/11º/11º/12º/12º/12º/4º): 10,6


    2.2) RANKING HISTÓRICO:

    O Ranking Histórico será formado da mesma maneira que o Ranking de Aspectos. Haverá 14 Rankings diferentes (4 Rankings a mais que o Ranking de Aspectos), e o Ranking Histórico será estabelecido através da média de posições desses 14 Rankings anteriores. Porém, os quesitos analisados nesses Rankings serão diferentes dos que foram analisados para a formação do Ranking Aspectos.
    Nesse Ranking Histórico, será analisado como cada clube foi em matéria de títulos importantes ao passar do tempo. Basicamente serão considerados apenas os títulos de elite: Mundial, Libertadores, Brasileiro, Robertão, Copa do Brasil e Taça Brasil. Será avaliado como cada clube foi historicamente, e também como é atualmente nessa questão de títulos. Além disso, será levado em conta a regularidade de títulos importantes dos times conforme as décadas e também a quantidade de títulos importantes que cada clube possui, bem como a seqüência de títulos durante os anos, e os anos que cada clube ficou sem título.

    2.2.1) Ranking da Valorização de Títulos Anteriores:

    Nesse Ranking além de ser valorizado a quantidade de determinado título, também atribui um valor mais alto para competições mais antigas. Nesse ranking, o Torneio dos Campeões, o Robertão e a Taça Brasil têm um valor tão alto quanto do atual Campeonato Brasileiro, enquanto o Torneio Sul-Americano de 1948 tem o valor de uma Libertadores. Além disso, apenas os títulos realmente importantes serão computados neste Ranking. Cada título vale um determinado número de pontos e em caso de empate fica na frente quem tem títulos mais importantes.

    Mundial: 50 pontos
    Libertadores e Torneio Sul-Americano: 40 pontos
    Brasileiro, Robertão, Taça Brasil e Torneio dos Campeões: 30 pontos
    Copa do Brasil: 24 pontos

    Ranking da Valorização de Títulos Anteriores
    1º São Paulo (3 Mundiais, 3 Libertadores e 6 Brasileiros): 450 pontos
    2º Santos (2 Mundiais, 2 Libertadores, 2 Brasileiros, 1 Robertão e 5 Taças Brasil): 420 pontos
    3º Palmeiras (1 Libertadores, 4 Brasileiros, 2 Robertões, 2 Taças Brasil e 1 Copa do Brasil): 304 pontos
    4º Flamengo (1 Mundial, 1 Libertadores, 5 Brasileiros e 2 Copas do Brasil): 288 pontos
    5º Grêmio (1 Mundial, 2 Libertadores, 2 Brasileiros e 4 Copas do Brasil): 286 pontos
    6º Cruzeiro (2 Libertadores, 1 Brasileiro, 1 Taça Brasil e 4 Copas do Brasil): 236 pontos
    7º Internacional (1 Mundial, 1 Libertadores, 3 Brasileiros e 1 Copa do Brasil): 204 pontos
    8º Vasco (1 Libertadores, 1 Torneio Sul-Americano e 4 Brasileiros): 200 pontos
    9º Corinthians (4 Brasileiros e 2 Copas do Brasil): 168 pontos
    10º Fluminense (1 Brasileiro, 1 Robertão e 1 Copa do Brasil): 84 pontos
    11º Botafogo (1 Brasileiro e 1 Taça Brasil): 60 pontos
    12º Atlético-MG (1 Brasileiro e 1 Torneio dos Campeões): 60 pontos
    Registre-se ou faça login para ver assinaturas.

  3. #23
    Expert Avatar de Luccas
    Data de Ingresso
    08/09/09
    Localização
    Belo Horizonte, Brazil, Brazil
    Posts
    3.687
    2.2.2) Ranking da Soma de Títulos Importantes:

    Semelhante ao Ranking 2.1.6. A diferença é que o Ranking 2.1.6 somente soma os títulos importantes ainda existentes, enquanto esse Ranking é uma soma dos principais títulos importantes em toda a história: Mundial, Libertadores, Brasileiro, Copa do Brasil, Robertão e Taça Brasil. Em caso de empate, fica na frente quem tem mais Mundiais. Persistindo o empate, quem tem mais Libertadores e assim sucessivamente, em ordem de importância.

    Ranking da Soma de Títulos Importantes
    1º São Paulo (3 Mun, 3 Lib e 6 Bra): 12 títulos;
    2º Santos (2 Mun, 2 Lib, 2 Bra, 5 TBr e 1 Rob): 12 títulos;
    3º Palmeiras (1 Lib, 4 Bra, 2 Rob, 2 Tbr e 1 CdB): 10 títulos;
    4º Grêmio (1 Mun, 2 Lib, 2 Bra e 4 CdB): 9 títulos;
    5º Flamengo (1 Mun, 1 Lib, 5 Bra e 2 CdB): 9 títulos;
    6º Cruzeiro (2 Lib, 1 Bra, 4 CdB e 1 TBr): 8 títulos;
    7º Internacional (1 Mun, 1 Lib, 3 Bra e 1 CdB): 6 títulos;
    8º Corinthians (4 Bra e 2 CdB): 6 títulos;
    9º Vasco (1 Lib e 4 Bra): 5 títulos;
    10º Fluminense (1 Bra, 1 Rob e 1 CdB): 3 títulos
    11º Botafogo (1 Bra e 1 TBr ): 2 títulos
    12º Atlético-MG (1 Brasileiro): 1 título


    2.2.3) Ranking Atual:

    Nesse Ranking Atual, quanto menos tempo o time está sem conquistar um título importante, melhor será a colocação no Ranking. No caso de times que conquistaram seu último título importante no mesmo ano (um exemplo é o de Flamengo e o Internacional em 2006) ficará na frente o que conquistou o título mais importante.

    Ranking Atual
    1º São Paulo (Brasileiro 2008): 0 anos
    2º Fluminense (Copa do Brasil 2007): 1 ano
    3º Internacional (Mundial e Libertadores 2006): 2 anos
    4º Flamengo (Copa do Brasil 2006): 2 anos
    5º Corinthians (Brasileiro 2005): 3 anos
    6º Santos (Brasileiro 2004): 4 anos
    7º Cruzeiro (Brasileiro e Copa do Brasil 2003): 5 anos
    8º Grêmio (Copa do Brasil 2001): 7 anos
    9º Vasco (Brasileiro 2000): 8 anos
    10º Palmeiras (Libertadores 1999): 9 anos
    11º Botafogo (Brasileiro 1995): 13 anos
    12º Atlético-MG (Brasileiro 1971): 37 anos

    2.2.4) Ranking do 1º Título Importante:

    Neste Ranking é levado em conta quanto tempo cada clube levou pra ganhar um título realmente importante (Taça Brasil Robertão ou Brasileiro). Quanto menos tempo, melhor será a colocação do clube no ranking. Obviamente, o Mundial e a Libertadores são os títulos mais importantes, porém antes de conquistar um desses dois títulos, todos os clubes ganharam antes um título nacional importante, e por isso nesse Ranking, os títulos internacionais são irrelevantes.

    Ranking do 1º Título Importante
    1º Palmeiras: Taça Brasil 1960;
    2º Santos: Taça Brasil 1961;
    3º Cruzeiro: Taça Brasil 1966;
    4º Botafogo: Taça Brasil 1968;
    5º Fluminense: Robertão 1970;
    6º Atlético-MG: Brasileiro 1971;
    7º Vasco: Brasileiro 1974;
    8º Internacional: Brasileiro 1975;
    9º São Paulo: Brasileiro 1977;
    10º Flamengo: Brasileiro 1980;
    11º Grêmio: Brasileiro 1981;
    12º Corinthians: Brasileiro 1990;


    2.2.5) Ranking da Regularidade nas Décadas:

    Neste Ranking, será valorizado a regularidades de títulos importantes dos clubes conforme as décadas. Quanto mais décadas em que o clube conquistou pelo menos um dos títulos mais importantes (Taça Brasil, Robertão, Copa do Brasil, Brasileiro, Libertadores ou Mundial) melhor será a posição do clube no Ranking. O objetivo desse Ranking é demonstrar a regularidade que cada clube teve nas últimas 6 décadas (década de 50 até agora). Em caso de empate no número de décadas, será feita uma análise da década mais vencedora de cada clube e o que tiver mais títulos importantes em sua década ficará na frente. Persistindo o empate, fica na frente quem tem os títulos mais recentes. Serão contados títulos a partir da década de 50 que teve apenas duas edições da Taça Brasil (em 1959 e 1960, uma delas foi vencida pelo Bahia e outra pelo Palmeiras), que foi o único título importante disputado na década. Depois será contado da década de 60 (ano de 1961 em diante) até a década 00 (de 2001 em diante).

    Ranking da Regularidade nas Décadas
    1º São Paulo (70: 1 Bra; 80: 1 Bra; 90: 2 Mun, 2 Lib e 1 Bra; 00: 1 Mun, 1 Lib e 3 Bra): 4
    décadas
    2º Flamengo (70: 1 Bra; 80: 1 Mun, 1 Lib, 3 Bra e 1 CdB; 90: 1 Bra; 00: 1 CdB): 4 décadas
    3º Palmeiras (50: 1 TBr; 60: 2 Rob e 1 TBr; 70: 2 Bra; 90: 1 Lib, 2 Bra e 1CdB): 4 décadas
    4º Cruzeiro (60: 1 TBr; 70: 1 Lib; 90: 1 Lib e 3 CdB; 00: 1 Bra e 1 CdB): 4 décadas
    5º Grêmio (80: 1 Mun, 1 Lib, 1 Bra e 1 CdB; 90: 1 Lib, 1 Bra e 2 CdB; 00: 1 CdB): 3 décadas
    6º Vasco (70: 1 Bra; 80: 1 Bra; 90: 1 Lib e 2 Bra): 3 décadas
    7º Internacional (70: 3 Bra; 90: 1 CdB; 00: 1 Mun e 1 Lib): 3 décadas
    8º Corinthians (80: 1 Bra; 90: 2 Bra e 1 CdB; 00: 1 Bra e 1 CdB): 3 décadas
    9º Fluminense (60: 1 Rob; 80: 1 Bra; 00: 1 CdB): 3 décadas
    10º Santos (60: 2 Mun, 2 Lib 1 Rob e 5 TBr; 00: 2 Bra): 2 décadas
    11º Botafogo (60: 1 TBr; 90: 1 Bra) 2 décadas
    12º Atlético-MG (70: 1 Bra): 1 década
    Registre-se ou faça login para ver assinaturas.

  4. #24
    Expert Avatar de Luccas
    Data de Ingresso
    08/09/09
    Localização
    Belo Horizonte, Brazil, Brazil
    Posts
    3.687
    2.2.6) Ranking das Filas de Títulos

    Este Ranking tem como objetivo mostrar qual o tempo máximo que um clube ficou sem conquistar qualquer título ao longo da história. Porém, só é considerado o maior jejum de um clube após a conquista do primeiro título em sua história. Por exemplo, o Santos foi fundado no ano de 1912 e só foi conquistar um título em 1935, levando então 23 anos para conquistar um título. Porém, o jejum de títulos que é considerado é o pior desde a conquista do seu primeiro título, e depois dessa conquista em 1935, o Santos só foi ser campeão em 1955, tendo assim um jejum de 19 anos sem títulos e é esse o jejum considerado nesse Ranking. Caso exista um empate entre dois ou mais clubes, fica na frente quem teve o menor segundo maior jejum. Por exemplo, Atlético-MG e Cruzeiro ficaram 10 anos sem conquistar títulos nos seus maiores jejuns da história. Assim, para desempatar o confronto é considerado o segundo maior jejum da história, que do Cruzeiro foi de 9 anos (1931 a 1939) e do Atlético-MG foi de 6 anos (de 1963 a 1970).
    Portanto, o Atlético-MG fica na frente do Cruzeiro nessa classificação.
    Entre parênteses o período maior que o clube ficou sem títulos:

    Ranking das Filas de Títulos
    1º Internacional (1962 a 1968): 7 anos
    2º Vasco (1937 a 1944): 8 anos
    3º Atlético-MG (1916 a 1925): 10 anos; 6 anos
    4º Cruzeiro (1946 a 1955): 10 anos; 9 anos
    5º Flamengo (1928 a 1938): 11 anos; 8 anos
    6º Fluminense (1925 a 1935): 11 anos; 9 anos
    7º Corinthians (1955 a 1965): 11 anos; 10 anos
    8º São Paulo (1958 a 1969): 12 anos
    9º Grêmio (1933 a 1945): 13 anos
    10º Palmeiras (1977 a 1992): 16 anos
    11º Santos (1936 a 1954): 19 anos
    12º Botafogo (1969 a 1988): 20 anos


    2.2.7) Ranking das Filas de Títulos Importantes

    Assim como Ranking anterior, esse Ranking também analisa a fila de títulos, sendo que a diferença é que agora será analisado qual foi o tempo máximo que os clubes ficaram sem conquistar um título importante ao longo da história. Ou seja, só será levado em conta o maior tempo que um clube ficou sem uma conquista importante (Mundial, Libertadores, Brasileiro, Copa do Brasil, Taça Brasil e Robertão). Em caso de empate, fica na frente o clube que conquistou o título mais importante após o jejum.

    Ranking das Filas de Títulos Importantes
    1º Vasco (1959 a 1973): 15 anos
    2º Internacional (1959 a 1974): 16 anos
    3º Cruzeiro (1977 a 1992): 16 anos
    4º São Paulo (1959 a 1976): 18 anos
    5º Palmeiras (1974 a 1992): 19 anos
    6º Flamengo (1959 a 1979): 21 anos
    7º Grêmio (1959 a 1980): 22 anos
    8º Fluminense (1985 a 2006): 22 anos
    9º Botafogo (1969 a 1994): 26 anos
    10º Corinthians (1959 a 1989): 31 anos
    11º Santos (1969 a 2001): 33 anos
    12º Atlético-MG (1972 a 2008): 37 anos

    2.2.8) Ranking da Seqüência de Títulos

    Esse é um Ranking que analisa qual a maior seqüência de títulos de um clube sem passar nenhum ano em branco. Todos os títulos serão considerados, inclusive regionais e estaduais. No caso de um clube ter duas seqüências de anos iguais, é considerado o período que o clube conquistou mais títulos. Um exemplo é o Vasco que teve uma seqüência de 4 anos seguidos conquistando títulos entre 1947 e 1950 e outra seqüência de 4 anos entre 1997 e 2000. Nesse caso a seqüência de 4 anos considerada é entre 1997 e 2000, porque nesse período o Vasco conquistou 6 títulos, enquanto que na seqüência entre 1947 e 1950 o clube conquistou 4 títulos.
    Em caso de empate entre dois clubes no número de anos seguidos ganhando título, ficará na frente o clube que conquistou um maior número de títulos durante esses anos. Persistindo o empate, fica na frente quem obteve títulos mais importantes, e caso ainda haja empate, leva vantagem quem obteve a seqüência mais recente.
    Entre parênteses, o número de anos seguidos que o clube ganhou pelo menos um título.

    Ranking da Seqüência de Títulos
    1º Cruzeiro (1990 a 2004): 15 anos seguidos e 23 títulos
    2º Santos (1958 a 1969): 12 anos seguidos e 24 títulos
    3º Internacional (1969 a 1976): 8 anos seguidos e 10 títulos
    4º Corinthians (1997 a 2003): 7 anos seguidos e 9 títulos
    5º Grêmio (1962 a 1968): 7 anos seguidos e 7 títulos
    6º Flamengo (1978 a 1983): 6 anos seguidos e 9 títulos
    7º Atlético-MG (1978 a 1983): 6 anos seguidos e 6 títulos
    8º São Paulo (1991 a 1994): 4 anos seguidos e 11 títulos
    9º Vasco (1997 a 2000): 4 anos seguidos e 6 títulos
    10º Botafogo (1932 a 1935): 4 anos seguidos e 4 títulos
    11º Fluminense (1906 a 1909): 4 anos seguidos e 4 títulos
    12º Palmeiras (1998 a 2000): 3 anos seguidos e 5 títulos

    2.2.9) Ranking da Seqüência de Títulos Importantes

    Semelhante ao Ranking 2.2.8. A diferença é que esse Ranking considera apenas a seqüência de títulos importantes. Caso um clube tenha duas seqüências de anos iguais, é considerada a seqüência em que obteve mais títulos, e caso o empate persista, é levado em consideração a importância dos títulos.
    Já no em caso de empate entre dois ou mais clubes, fica na frente o clube que conquistou mais títulos durante a seqüência de anos. Persistindo o empate, fica na frente quem obteve títulos mais importantes, e caso ainda haja empate, leva vantagem quem obteve a seqüência mais recente.

    Ranking da Seqüência de Títulos Importantes
    1º Santos (1961 a 1965): 5 anos seguidos e 9 títulos
    2º São Paulo (2005 a 2008): 4 anos seguidos e 5 títulos
    3º Flamengo (1980 a 1983): 4 anos seguidos e 5 títulos
    4º Grêmio (1994 a 1997): 4 anos seguidos e 4 títulos
    5º Vasco (1997 a 1998): 2 anos seguidos e 2 títulos
    6º Palmeiras (1998 a 1999): 2 anos seguidos e 2 títulos
    7º Corinthians (1998 a 1999): 2 anos seguidos e 2 títulos
    8º Cruzeiro (1996 a 1997): 2 anos seguidos e 2 títulos
    9º Internacional (1975 a 1976): 2 anos seguidos e 2 títulos
    10º Botafogo (1995): 1 ano seguido e 1 título
    11º Fluminense (1984): 1 ano seguido e 1 título
    12º Atlético-MG (1971): 1 ano seguido e 1 título
    Registre-se ou faça login para ver assinaturas.

  5. #25
    Expert Avatar de Luccas
    Data de Ingresso
    08/09/09
    Localização
    Belo Horizonte, Brazil, Brazil
    Posts
    3.687
    2.2.10) Ranking do Ano Vitorioso

    É um Ranking que avalia qual o ano mais vitorioso na história de cada clube. É analisado a importância e a quantidade de títulos em um ano para se chegar ao ano em que cada clube obteve mais títulos. Em caso de empate na pontuação, fica na frente o clube que teve o título mais importante. Persistindo o empate leva vantagem o clube que teve o seu melhor ano recentemente.
    Para se avaliar o valor dos títulos são utilizados os critérios já explicados na Tabela 1 (na seção 1).
    Entre parênteses o melhor ano de cada clube e os títulos conquistados nesse ano. E ao lado os títulos conquistados nesse ano e a pontuação conquistada no respectivo ano.

    1º Santos (1962: 1 Mun, 1 Lib, 1 TBr e 1 Est): 81,0
    2º São Paulo (1993: 1 Mun, 1 Lib, 1 Sup e 1 Rec): 76,4
    3º Flamengo (1981: 1 Mun, 1 Lib e 1 Est): 64,3
    4º Internacional (2006: 1 Mun e 1 Lib) 58,5
    5º Grêmio (1983: 1 Mun e 1 Lib): 58,5
    6º Cruzeiro (2003: 1 Bra, 1 CdB e 1 Est): 39,7
    7º Vasco (1998: 1 Lib e 1 Est): 34,3
    8º Palmeiras (1993: 1 Bra, 1 Est e 1 RSP): 32,8
    9º Corinthians (1999: 1 Bra e 1 Est): 27,8
    10º Fluminense (1984: 1 Bra e 1 Est): 27,4
    11º Botafogo (1995: 1 Bra): 21,6
    12º Atlético-MG (1971: 1 Bra): 21,6


    2.2.11) Ranking do Século XX

    Este Ranking analisa como cada clube foi em matéria de títulos no século passa. Esse Ranking será feito através da média de posições dois Rankings: ou seja, um Ranking onde serão contados todos os títulos, inclusive regionais e estaduais, que os clubes conquistaram no século passado. E outro Ranking que conta apenas os títulos mais importantes de cada clube. Caso ocorra empate na média de posições ficará na frente o clube que conseguir uma vantagem maior na comparação de títulos. Por exemplo, Santos e Palmeiras empataram com uma média de posição de 1,5. Para se definir qual que fica na frente, é analisado a vantagem que cada um teve sobre o outro nos dois rankings. No 1º Ranking, o Palmeiras obteve uma vantagem de 17,4 pontos. Por outro lado, no 2º Ranking, o Santos obteve uma vantagem de 20,7 pontos. Assim como a vantagem obtida pelo Santos foi maior, então o Santos fica na frente no Ranking Final do Século XX.
    Os critérios de pontuação são os que foram mostrados na Tabela 1.
    Ranking do Século XX – Todos os Títulos
    1º) PALMEIRAS – 374,4 pontos
    1 Libertadores (1999) – 28,5
    4 Brasileiros (1972, 73, 93 e 94) – 86,4
    2 Robertões (1967 e 69) – 35,1 (15,8 + 19,3)
    2 Taças Brasil (1960 e 67) – 32,6
    1 Copa do Brasil (1998) – 14,5
    1 Copa Mercosul (1998) – 11,5
    1 Copa dos Campeões (2000) – 6,2
    21 Estaduais (1920, 26, 27, 32, 33, 34, 36, 40, 42, 44, 47, 50, 59, 63, 66, 72, 74, 76, 93, 94 e 96) – 131,1 (3*5,6 + 9*6,5 + 9*6,2)
    5 Torneios Rio-SP (1933, 51, 65, 93 e 2000) – 28,5 (2*6,9 + 3*5,0)

    2º) SANTOS – 357,0
    2 Mundiais (1962 e 63) – 60,0
    2 Libertadores (1962 e 63) – 57,0
    1 Robertão (1968) – 19,3
    5 Taças Brasil (1961, 62, 63, 64 e 65) – 81,5
    1 Supercopa Intercontinental (1968) – 10,5
    1 Copa Conmebol (1998) – 9,5
    15 Estaduais (1935, 55, 56, 58, 60, 61, 62, 64, 65, 67, 68, 69, 73, 78, 84) – 94,2 (4*6,5 + 11*6,2)
    5 Torneios Rio-SP (1959, 63, 64, 66 e 97) – 25,0

    3º) FLAMENGO – 348,9
    1 Mundial (1981) – 30,0
    1 Libertadores (1981) – 28,5
    5 Brasileiros (1980, 82, 83, 87 e 92) – 108,0
    1 Copa do Brasil (1990) – 14,5
    1 Copa Mercosul (1999) – 11,5
    26 Estaduais (1914, 15, 20, 21, 25, 27, 39, 42, 43, 44, 53, 54, 55, 63, 65, 72, 74, 78, 79, 79 Especial, 81, 86, 91, 96, 99, 2000) – 150,0 (6*5,2 + 7*6,2 + 13*5,8)
    1 Torneio Rio-SP (1961) – 5,0
    1 Copa Ouro (1996) – 1,4

    4º) SÃO PAULO – 337,0
    2 Mundiais (1992, 93) – 60,0
    2 Libertadores (1992, 93) – 57,0
    3 Brasileiros (1977, 86, 91) – 64,8
    1 Supercopa da Libertadores (1993) – 12,7
    1 Copa Conmebol (1994) – 9,5
    19 Estaduais (1943, 45, 46, 48, 49, 53, 57, 70, 71, 75, 80, 81, 85, 87, 89, 91, 92, 98, 2000) – 119,9 (7*6,5 + 12*6,2 )
    2 Recopas Sul-Americanas (1993 e 94) – 11,8
    1 Supercopa da Conmebol (1996) – 1,3

    5º) GRÊMIO – 331,8
    1 Mundial (1983) – 30,0
    2 Libertadores (1983 e 95) – 57,0
    2 Brasileiros (1981 e 96) – 43,2
    3 Copas do Brasil (1989, 94 e 97) – 43,5 (3*14,5)
    1 Recopa Sul-Americana (1996) – 5,9
    32 Estaduais (1921, 22, 26, 31, 32, 46, 49, 56, 57, 58, 59, 60, 62, 63, 64, 65, 66, 67, 68, 77, 79, 80, 85, 86, 87, 88, 89, 90, 93, 95, 96, 99) – 147,2 (3*3,9 + 7*4,9 + 22*4,6)
    1 Copa Sul (1999) – 3,6
    1 Supercopa do Brasil (1990) – 1,4

    6º) CRUZEIRO – 287,3
    2 Libertadores (1976 e 97) – 57,0
    1 Taça Brasil (1966) – 16,3
    3 Copas do Brasil (1993, 96 e 2000) – 43,5 (3*14,5)
    2 Supercopas da Libertadores (1991 e 92) – 25,4
    1 Recopa Sul-Americana (1998) – 5,9
    29 Estaduais (1928, 29, 30, 40, 43, 44, 45, 56, 59, 60, 61, 65, 66, 67, 68, 69, 72, 73, 74, 75, 77, 84, 87, 90, 92, 94, 96, 97 e 98) – 132,8 (3*3,9 + 5*4,9 + 21*4,6)
    1 Copa Centro-Oeste (1999) – 3,6
    1 Copa Master (1995) – 1,4
    1 Copa Ouro (1995) – 1,4

    7º) VASCO – 280,9
    1 Libertadores (1998) – 28,5
    4 Brasileiros (1974, 89, 97 e 2000) – 86,4
    1 Torneio Sul-Americano (1948) – 14,0
    1 Copa Mercosul (2000) – 11,5
    21 Estaduais (1923, 24, 29, 34, 36, 45, 47, 49, 50, 52, 56, 58, 70, 77, 82, 87, 88, 92, 93, 94 e 98) – 123,6 (3*5,2 + 9*6,2 + 9*5,8)
    3 Torneios Rio-SP (1958, 66 e 99) – 16,9 (1*6,9 + 2*5,0)

    8º) CORINTHIANS – 260,3
    3 Brasileiros (1990, 98 e 99) – 64,8
    1 Copa do Brasil (1995) – 14,5
    1 Mundial da Fifa (2000) – 14,0
    23 Estaduais (1914, 16, 22, 23, 24, 28, 29, 30, 37, 38, 39, 41, 51, 52, 54, 77, 79, 82, 83, 88, 95, 97 e 99) – 139,9 (8*5,6 + 7*6,5 + 8*6,2)
    4 Torneios Rio-SP (1950, 53, 54, 66) – 25,7 (3*6,9 + 1*5,0)
    1 Supercopa do Brasil (1991) – 1,4

    9º) INTERNACIONAL – 234,6
    3 Brasileiros (1975, 76 e 79) – 64,8
    1 Copa do Brasil (1992) – 14,5
    33 Estaduais (1927, 34, 40, 41, 42, 43, 44, 45, 47, 48, 50, 51, 52, 53, 55, 61, 69, 70, 71, 72, 73, 74, 75, 76, 78, 81, 82, 83, 84, 91, 92, 94 e 97) – 155,3 (1*3,9 + 14*4,9 + 18*4,6)

    10º) ATLÉTICO-MG – 225,7
    1 Brasileiro (1971) – 21,6
    2 Copas Conmebol (1992 e 97) – 19,0
    1 Torneio dos Campeões (1937) – 7,3
    38 Estaduais (1915, 26, 27, 31, 32, 36, 38, 39, 41, 42, 46, 47, 49, 50, 52, 53, 54, 55, 56, 58, 62, 63, 70, 76, 78, 79, 80, 81, 82, 83, 85, 86, 88, 89, 91, 95, 99 e 2000) – 177,8 (3*3,9 + 17*4,9 + 18*4,6)

    11º) FLUMINENSE – 212,6
    1 Brasileiro (1984) – 21,6
    1 Robertão (1970) – 19,3
    28 Estaduais (1906, 07, 08, 09, 11, 17, 18, 19, 24, 36, 37, 38, 40, 41, 46, 51, 59, 64, 69, 71, 73, 75, 76, 80, 83, 84, 85 e 95) – 159,8 (9*5,2 + 7*6,2 + 12*5,8)
    2 Torneios Rio-SP (1957 e 60) – 11,9 (1*6,9 + 1*5,0)

    12º) BOTAFOGO – 163,0
    1 Brasileiro (1995) – 21,6
    1 Taça Brasil (1968) – 13,3
    1 Copa Conmebol (1993) – 9,5
    17 Estaduais (1907, 10, 12, 30, 32, 33, 34, 35, 48, 57, 61, 62, 67, 68, 89, 90 e 97) – 98,6 (4*5,2 + 6*6,2 + 7*5,8)
    4 Torneios Rio-SP (1962, 64, 66 e 98) – 20,0
    Registre-se ou faça login para ver assinaturas.

  6. #26
    Expert Avatar de Luccas
    Data de Ingresso
    08/09/09
    Localização
    Belo Horizonte, Brazil, Brazil
    Posts
    3.687
    Ranking do Século XX – Títulos Importantes
    1º) SANTOS – 217,8 pontos
    2 Mundiais (1962 e 63) – 60,0
    2 Libertadores (1962 e 63) – 57,0
    1 Robertão (1968) – 19,3
    5 Taças Brasil (1961, 62, 63, 64 e 65) – 81,5

    2º) PALMEIRAS – 197,1
    1 Libertadores (1999) – 28,5
    4 Brasileiros (1972, 73, 93 e 94) – 86,4
    2 Robertões (1967 e 69) – 35,1 (15,8 + 19,3)
    2 Taças Brasil (1960 e 67) – 32,6
    1 Copa do Brasil (1998) – 14,5

    3º) SÃO PAULO – 181,8
    2 Mundiais (1992, 93) – 60,0
    2 Libertadores (1992, 93) – 57,0
    3 Brasileiros (1977, 86, 91) – 64,8

    4º) FLAMENGO – 181,0
    1 Mundial (1981) – 30,0
    1 Libertadores (1981) – 28,5
    5 Brasileiros (1980, 82, 83, 87 e 92) – 108,0
    1 Copa do Brasil (1990) – 14,5

    5º) GRÊMIO – 173,7
    1 Mundial (1983) – 30,0
    2 Libertadores (1983 e 95) – 57,0
    2 Brasileiros (1981 e 96) – 43,2
    3 Copas do Brasil (1989, 94 e 97) – 43,5 (3*14,5)

    6º) CRUZEIRO – 116,8
    2 Libertadores (1976 e 97) – 57,0
    1 Taça Brasil (1966) – 16,3
    3 Copas do Brasil (1993, 96 e 2000) – 43,5 (3*14,5)

    7º) VASCO – 114,9
    1 Libertadores (1998) – 28,5
    4 Brasileiros (1974, 89, 97 e 2000) – 86,4

    8º) CORINTHIANS – 79,3
    3 Brasileiros (1990, 98 e 99) – 64,8
    1 Copa do Brasil (1995) – 14,5

    8º) INTERNACIONAL – 79,3
    3 Brasileiros (1975, 76 e 79) – 64,8
    1 Copa do Brasil (1992) – 14,5

    10º) FLUMINENSE – 40,9
    1 Brasileiro (1984) – 21,6
    1 Robertão (1970) – 19,3

    11º) BOTAFOGO – 34,9
    1 Brasileiro (1995) – 21,6
    1 Taça Brasil (1968) – 13,3

    12º) ATLÉTICO-MG – 21,6
    1 Brasileiro (1971) – 21,6


    Ranking Final do Século XX
    1º Santos (2º/1º): 1,5
    2º Palmeiras (1º/2º): 1,5
    3º Flamengo (3º/4º): 3,5
    4º São Paulo (4º/3º): 3,5
    5º Grêmio (5º/5º): 5,0
    6º Cruzeiro (6º/6º): 6,0
    7º Vasco (7º/7º): 7,0
    8º Corinthians (8º/8º): 8,0
    9º Internacional (9º/8º): 8,5
    10º Fluminense (11º/10º): 10,5
    11º Atlético-MG (10º/12º): 11,0
    12º Botafogo (12º/11º): 11,5
    Registre-se ou faça login para ver assinaturas.

  7. #27
    Expert Avatar de Luccas
    Data de Ingresso
    08/09/09
    Localização
    Belo Horizonte, Brazil, Brazil
    Posts
    3.687
    2.2.12) Ranking do Século XXI

    Pode-se dizer que esse Ranking é um complemento do anterior. Ou seja, só são contados os títulos desse século. Da mesma forma que o Ranking anterior, o Ranking Final do Século XXI será formado através da média de posições de dois outros Rankings: um Ranking que conta todos os títulos, inclusive estaduais e regionais e outro Ranking que conta somente títulos importantes. Caso ocorra empate, os critérios de desempate são os mesmos do Ranking do Século XX.
    Os critérios de pontuação são os que foram mostrados na Tabela 1.

    Ranking do Século XXI – Todos os Títulos
    1º) SÃO PAULO – 140,7 pontos
    1 Mundial (2005) – 30,0
    1 Libertadores (2005) – 28,5
    3 Brasileiros (2006, 2007 e 2008) – 64,8
    2 Estaduais (2002 e 05) – 12,4
    1 Torneio Rio-SP (2001) – 5,0

    2º) INTERNACIONAL – 99,9
    1 Mundial (2006) – 30,0
    1 Libertadores (2006) – 28,5
    1 Copa Sul-Americana (2008) – 12,5
    1 Recopa Sul-Americana (2007) – 5,9
    5 Estaduais (2002, 03, 04, 05 e 08) – 23,0

    3º) CRUZEIRO – 66,6
    1 Brasileiro (2003) – 21,6
    1 Copa do Brasil (2003) – 13,5
    5 Estaduais (2002, 2003, 2004, 06 e 08) – 23,0
    2 Copas Sul-Minas (2001 e 02) – 8,5 (3,7 + 4,8)

    4º) SANTOS – 55,6
    2 Brasileiros (2002 e 2004) – 43,2
    2 Estaduais (2006 e 2007) – 12,4

    5º) CORINTHIANS – 54,0
    1 Brasileiro (2005) – 21,6
    1 Copa do Brasil (2002) – 13,5
    1 Torneio Rio-SP (2002) – 6,5
    2 Estaduais (2001 e 03) – 12,4

    6º) FLAMENGO – 42,9
    1 Copa do Brasil (2006) – 13,5
    1 Copa dos Campeões (2001) – 6,2
    4 Estaduais (01, 04, 07 e 08) – 23,2

    7º) GRÊMIO – 27,3
    1 Copa do Brasil (2001) – 13,5
    3 Estaduais (2001, 06 e 07) – 13,8

    8º) FLUMINENSE – 25,1
    1 Copa do Brasil (2007) – 13,5
    2 Estaduais (2002 e 05) – 11,6

    9º) PALMEIRAS – 6,2
    1 Estadual (2008) – 6,2

    10º) BOTAFOGO – 5,8
    1 Estadual (2006) – 5,8

    10º) VASCO – 5,8
    1 Estadual (2003) – 5,8

    12º) ATLÉTICO-MG – 4,6
    1 Estadual (2007) – 4,6


    Ranking do Século XXI – Títulos Importantes
    1º) SÃO PAULO – 123,3 pontos
    1 Mundial (2005) – 30,0
    1 Libertadores (2005) – 28,5
    3 Brasileiros (2006, 2007 e 2008) – 64,8

    2º) INTERNACIONAL – 58,5
    1 Mundial (2006) – 30,0
    1 Libertadores (2006) – 28,5

    3º) SANTOS – 43,2
    2 Brasileiros (2002 e 2004) – 43,2

    4º) CORINTHIANS – 35,1
    1 Brasileiro (2005) – 21,6
    1 Copa do Brasil (2002) – 13,5

    4º) CRUZEIRO – 35,1
    1 Brasileiro (2003) – 21,6
    1 Copa do Brasil (2003) – 13,5

    6º) FLAMENGO – 13,5
    1 Copa do Brasil (2006) – 13,5

    6º) FLUMINENSE – 13,5
    1 Copa do Brasil (2007) – 13,5

    6º) GRÊMIO – 13,5
    1 Copa do Brasil (2001) – 13,5

    9º) ATLÉTICO-MG – 0
    9º) BOTAFOGO – 0
    9º) PALMEIRAS – 0
    9º) VASCO – 0


    Ranking Final do Século XXI
    1º São Paulo (1º/1º): 1,0
    2º Internacional (2º/2º): 2,0
    3º Cruzeiro (3º/4º): 3,5
    4º Santos (4º/3º): 3,5
    5º Corinthians (5º/4º): 4,5
    6º Flamengo (6º/6º): 6,0
    7º Grêmio (7º/6º): 6,5
    8º Fluminense (8º/6º): 7,0
    9º Palmeiras (9º/9º): 9,0
    10º Botafogo (10º/9º): 9,5
    10º Vasco (10º/9º): 9,5
    12º Atlético (12º/9º): 10,5
    Registre-se ou faça login para ver assinaturas.

  8. #28
    Expert Avatar de Luccas
    Data de Ingresso
    08/09/09
    Localização
    Belo Horizonte, Brazil, Brazil
    Posts
    3.687
    2.2.13) Ranking da Média de Pontos de Títulos por Ano

    Neste Ranking será analisada a média de pontos por ano de cada clube. Ou seja, a partir do ano de fundação de cada clube se poderá saber quantos pontos em média cada clube acumula por ano. A pontuação dos títulos é a já mostrada na Tabela 1. Na maioria dos clubes será considerado o ano de fundação, as exceções são Vasco e Flamengo que foram fundados em e tal, porém esses clubes foram fundados primeiramente como clube de regatas, ou seja, não praticavam futebol e assim não tinham como conquistar títulos durante esse período. Assim, para esses dois clubes a data considerada é a da fundação dos respectivos departamentos de futebol, ou seja, 19 no caso do Vasco e 19 no caso do Flamengo.
    O Ranking da Média de Pontos de Títulos por ano será formulado através da média de posições de dois outros Rankings: no primeiro são contados todos os títulos dos clubes, ou seja, a pontuação de cada clube será exatamente igual à pontuação obtida por cada um no RANKING III. Depois, divide-se essa pontuação pelo número de anos de cada clube e se tem uma média de pontos por ano. Já no segundo Ranking só são contados os títulos mais importantes, ou seja, a pontuação de cada clube será exatamente igual à pontuação obtida por cada um no RANKING II. E assim como no primeiro Ranking se divide essa pontuação pelo número de anos de cada clube. Em caso de empate na média de posições ficará na frente à equipe melhor colocada no segundo Ranking.
    A seguir a data de fundação considerada para cada um dos clubes:

    Atlético-MG: 1908 (100 anos)
    Botafogo: 1904 (104 anos)
    Corinthians: 1910 (98 anos)
    Cruzeiro: 1921(87 anos)
    Flamengo: 1912 (96 anos)
    Fluminense: 1902 (106 anos)
    Grêmio: 1903 (105 anos)
    Internacional: 1909 (99 anos)
    Palmeiras: 1914 (94 anos)
    Santos: 1912 (96 anos)
    São Paulo: 1935 (73 anos)
    Vasco: 1915 (93 anos)

    Ranking da Média de Pontos de Títulos por Ano – Todos os Títulos
    1º São Paulo (477,7 pontos/73 anos): 6,54
    2º Santos (412,6 pontos/96 anos): 4,30
    3º Flamengo (391,8 pontos/96 anos): 4,08
    4º Cruzeiro (353,9 pontos/87 anos): 4,07
    5º Palmeiras (380,6 pontos/94 anos): 4,05
    6º Grêmio (359,1 pontos/105 anos): 3,42
    7º Internacional (334,5 pontos/99 anos): 3,38
    8º Corinthians (314,3 pontos/98 anos): 3,21
    9º Vasco (286,7 pontos/93 anos): 3,08
    10º Atlético-MG (230,3 pontos/100 anos): 2,30
    11º Fluminense (237,7 pontos/106 anos): 2,24
    12º Botafogo (168,8 pontos/104 anos): 1,62

    Ranking da Média de Pontos de Títulos por Ano – Títulos Importantes
    1º São Paulo (305,1 pontos/73 anos): 4,18
    2º Santos (261,0 pontos/96 anos): 2,72
    3º Palmeiras (197,1 pontos/94 anos): 2,10
    4º Flamengo (194,5 pontos/96 anos): 2,03
    5º Grêmio (187,2 pontos/105 anos): 1,78
    6º Cruzeiro (151,9 pontos/87 anos): 1,75
    7º Internacional (137,8 pontos/99 anos): 1,39
    8º Vasco (114,9 pontos/93 anos): 1,23
    9º Corinthians (114,4 pontos/98 anos): 1,17
    10º Fluminense (54,4 pontos/106 anos): 0,51
    11º Botafogo (34,9 pontos/104 anos): 0,34
    12º Atlético-MG (21,6 pontos/100 anos): 0,22

    Ranking Final da Média de Pontos de Títulos por Ano
    1º São Paulo (1º/1º): 1,0
    2º Santos (2º/2º): 2,0
    3º Flamengo (3º/4º): 3,5
    4º Palmeiras (5º/3º): 4,0
    5º Cruzeiro (4º/6º): 5,0
    6º Grêmio (6º/5º): 5,5
    7º Internacional (7º/7º): 7,0
    8º Vasco (9º/8º): 8,5
    9º Corinthians (8º/9º): 8,5
    10º Fluminense (11º/10º): 10,5
    11º Botafogo (12º/11º): 11,5
    12º Atlético-MG (10º/12º): 11,0



    2.2.14) Ranking da Maior Seqüência de Títulos de um Campeonato

    Nesse Ranking é valorizada qual a maior seqüência de títulos de determinado clube em um Campeonato. Somente serão considerados os títulos conquistados em anos seguidos em um mesmo campeonato.

    Portanto, ficará na frente o clube que obter a maior seqüência de títulos em um mesmo campeonato, independente da importância do título. Por exemplo, um tricampeonato mineiro tem o mesmo valor de um tricampeonato paulista. Em caso de empate na maior seqüência de títulos de um mesmo clube, o primeiro critério de desempate é a quantidade de vezes que o clube conquistou essa maior seqüência de títulos. Caso os clubes sigam empatados, ficará na frente o clube que obteve essa maior seqüência antes.

    Ranking da Maior Seqüência de Títulos de um Campeonato
    1º Internacional: Octacampeão Gaúcho (69, 70, 71, 72, 73, 74, 75, 76)
    2º Grêmio: Heptacampeão Gaúcho (62, 63, 64, 65, 66, 67, 68)
    3º Atlético-MG: Hexacampeão Mineiro (78, 79, 80, 81, 82, 83)
    4º Santos: Pentacampeão da Taça Brasil (61, 62, 63, 64 e 65)
    5º Cruzeiro: Pentacampeão Mineiro (65, 66, 67, 68, 69)
    6º Fluminense: Tetracampeão Carioca (06, 07, 08, 09)
    7º Botafogo: Tetracampeão Carioca (32, 33, 34, 35)
    8º Flamengo: Tricampeão Carioca(42, 43, 44),(53, 54, 55),(78, 79, 79),(99, 2000, 01)
    9º Corinthians: Tricampeão Paulista(22, 23, 24), (28, 29, 30), (37, 38, 39)
    10º Palmeiras: Tricampeão Paulista (32, 33, 34)
    11º Vasco: Tricampeão Carioca (92, 93, 94)
    12º São Paulo: Tricampeão Brasileiro (2006, 2007, 2008)
    Registre-se ou faça login para ver assinaturas.

  9. #29
    Expert Avatar de Luccas
    Data de Ingresso
    08/09/09
    Localização
    Belo Horizonte, Brazil, Brazil
    Posts
    3.687
    Classificação Final do RANKING HISTÓRICO:

    Através da média de posições dos 14 Rankings anteriores, chega-se ao RANKING HISTÓRICO. Em caso de empate nessa média de posições fica na frente quem obteve uma melhor colocação no “Ranking Atual”.

    1º São Paulo (1º/1º/1º/9º/1º/8º/4º/8º/2º/2º/4º/1º/1º/12º): 3,9
    2º Santos (2º/2º/6º/2º/10º/11º/11º/2º/1º/1º/1º/4º/2º/4º): 4,2
    3º Cruzeiro (6º/6º/7º/3º/4º/4º/3º/1º/8º/6º/6º/3º/5º/5º): 4,8
    4º Flamengo (4º/5º/4º/10º/2º/5º/6º/6º/3º/3º/3º/6º/3º/8º): 4,9
    5º Internacional (7º/7°/3º/8º/7º/1º/2º/3º/9º/4º/9º/2º/7º/1º): 5,0
    6º Grêmio (5º/4º/8°/11º/5º/9º/7º/5º/4º/5º/5º/7º/6º/2º): 5,9
    7º Palmeiras (3º/3°/10º/1º/3º/10º/5º/12º/6º/8º/2º/9º/4º/10º): 6,1
    8º Vasco (8º/9º/9º/7º/6º/2º/1º/9º/5º/7º/7º/10º/8º/11º): 7,1
    9º Corinthians (9º/8º/5º/12º/8º/7º/10º/4º/7º/9º/8º/5º/9º/9º): 7,9
    10º Fluminense (10º/10º/2º/5º/9º/6º/8º/11º/11º/10º/10º/8º/10º/6º): 8,3
    11º Atlético-MG (12º/12º/12º/6º/12º/3º/12º/7º/12º/12º/11º/12º/12º/3º): 9,9
    12º Botafogo (11º/11º/11º/4º/11º/12º/9º/10º/10º/11º/12º/10º/11º/7º): 10,0


    2.3) Classificação Final do RANKING DE VARIEDADES:


    Assim, a classificação dos rankings de Aspectos e o Histórico ficaram da seguinte maneira:

    RANKING DE ASPECTOS:

    1º São Paulo: 2,8
    2º Flamengo: 3,6
    3º Santos: 3,7
    4º Grêmio: 3,7
    5º Cruzeiro: 3,8
    6º Palmeiras: 5,1
    7º Internacional: 5,2
    8º Corinthians: 7,5
    9º Vasco: 8,1
    10º Fluminense: 9,2
    11º Atlético-MG: 9,4
    12º Botafogo: 10,6


    RANKING HISTÓRICO:

    1º São Paulo: 3,9
    2º Santos: 4,2
    3º Cruzeiro: 4,8
    4º Flamengo: 4,9
    5º Internacional: 5,0
    6º Grêmio: 5,9
    7º Palmeiras: 6,1
    8º Vasco: 7,1
    9º Corinthians: 7,9
    10º Fluminense: 8,3
    11º Atlético-MG : 9,9
    12º Botafogo: 10,0


    Nota-se, mais uma vez, que em nenhum dos Rankings, um clube do grupo dos GRANDES ultrapassou um clube da ELITE. E também nenhum clube do grupo dos MEDIANOS conseguiu ultrapassar algum clube do grupo dos GRANDES.

    2.3.1) MÉDIA DE POSIÇÕES:

    Através da média de posições dos Rankings de Aspetos e do Ranking Histórico é possível determinar o RANKING DE VARIEDADES.

    RANKING DE VARIEDADES:

    1º São Paulo (1º/1º): 1,0

    2º Santos (3º/2º): 2,5

    3º Flamengo (2º/4º): 3,0

    4º Cruzeiro (5º/3º): 4,0

    5º Grêmio (4º/6º): 5,0

    6º Internacional (7º/5°): 6,0

    7º Palmeiras (6º/7°): 6,5

    8º Corinthians (8º/9º): 8,5
    8º Vasco (9º/8º): 8,5

    10º Fluminense (10º/10º): 10,0

    11º Atlético-MG (11º/11º): 11,0

    12º Botafogo (12/12º): 12,0


    Nota-se que temos 1 empate: Corinthians e Vasco na 8º. O desempate será feito da seguinte forma: será pego a média de posição de cada um desses clubes no Ranking de Aspectos e também no Ranking Histórico, e faz-se uma média dessas médias de posição (pode parece um pouco complicado, mas o cálculo é trivial). O clube que ficar com uma média mais baixa leva vantagem.

    Desempate: Corinthians x Vasco

    O Corinthians ficou com uma média de posição de 7,5 no Ranking de Aspectos e uma média de 7,9 no Ranking Histórico. Sua média então é de 7,7.
    Por sua vez, o Vasco ficou com uma média de posição de 8,1 no Ranking de Aspectos e uma média de posição de 7,1 no Ranking Histórico, ficando com uma média de 7,6.
    Assim, o Vasco supera o Corinthians, ficando na 8º colocação, deixando o clube paulista na 9º colocação.

    Assim temos a classificação final do RANKING DE VARIEDADES. Essa classificação é a segunda parte do RANKING FINAL:

    RANKING DE VARIEDADES:

    1º São Paulo (1º/1º): 1,0

    2º Santos (3º/2º): 2,5

    3º Flamengo (2º/4º): 3,0

    4º Cruzeiro (5º/3º): 4,0

    5º Grêmio (4º/6º): 5,0

    6º Internacional (7º/5°): 6,0

    7º Palmeiras (6º/7°): 6,5

    8º Vasco (9º/8º): 8,5

    9º Corinthians (8º/9º): 8,5

    10º Fluminense (10º/10º): 10,0

    11º Atlético-MG (11º/11º): 11,0

    12º Botafogo (12/12º): 12,0


    Os coeficientes de cada clube são os seguintes:

    1º São Paulo: 10,0
    2º Santos: 8,75
    3º Flamengo: 8,33
    4º Cruzeiro: 7,5
    5º Grêmio: 6,67
    6º Internacional: 5,83
    7º Palmeiras: 5,42
    8º Vasco: 3,75
    9º Corinthians: 3,75
    10º Fluminense: 2,5
    11º Atlético-MG: 1,67
    12º Botafogo: 0,84
    Registre-se ou faça login para ver assinaturas.

  10. #30
    Expert Avatar de Luccas
    Data de Ingresso
    08/09/09
    Localização
    Belo Horizonte, Brazil, Brazil
    Posts
    3.687
    3) RANKING COMPARATIVO

    Até aqui, já foram mostrados dois dos três rankings principais: o RANKING DE PONTOS e o RANKING DE VARIEDADES. Agora será apresentado o RANKING COMPARATIVO, que é o último dos Rankings principais. Esse Ranking utiliza os mesmos critérios de pontuação que estão mostrados na Tabela 1.
    Esse Ranking Comparativo será formado a partir de várias comparações entre os títulos dos times. Essa comparação será feita entre os clubes dentro de cada grupo (ELITE, GRANDES E MEDIANOS), mas também haverá uma comparação entre os títulos do melhor clube MEDIANO contra o pior GRANDE, e também do melhor clube GRANDE contra o pior da ELITE. Dependendo do resultado dessas comparações, poderá haver outras comparações entre clubes de diferentes grupos.
    A comparação dos títulos será feita sempre entre dois clubes, seguindo alguns critérios:

    - Se os clubes forem de estados diferentes e tiverem disputado títulos regionais diferentes, NÃO serão levados em conta na comparação os títulos estaduais, nem os títulos regionais.

    - Se os clubes forem de estados diferentes, mas tiverem disputado os mesmos títulos regionais, NÃO serão levados em conta na comparação os títulos estaduais. Porém, os títulos regionais serão considerados nessa comparação.

    - Se os clubes forem do mesmo estado TODOS os títulos, inclusive regionais e estaduais, serão considerados na comparação.

    Os mesmos critérios adotados no Ranking de Pontos, também serão considerados nesse Ranking Comparativo. Em caso de empate no número de pontos ficará na frente o clube que tiver o título mais importante. Relembrando:

    TÍTULO............................................ .......PONTOS
    Mundial Interclubes..................................30,0
    Libertadores da América...........................28,5
    Campeonato Brasileiro.............................21,6
    Robertão – 1968 a 1970...........................19,3
    Robertão - 1967........................................15,8
    Taça Brasil – 1959 a 1967.........................16,3
    Taça Brasil - 1968.....................................13,3
    Copa do Brasil – 1989 a 2000..................14,5
    Copa do Brasil – 2001 a 2007..................13,5
    Mundial da Fifa 2000................................14,0
    Torneio Sul-Americano 1948.....................14,0
    Supercopa......................................... .......12,7
    Copa Sul-Americana.................................12,5
    Mercosul.......................................... .........11,5
    Supercopa Intercontinental ....................10,5
    Copa Conmebol........................................9, 5
    Torneio dos Campeões.............................7,3
    Copa dos Campeões................................6,2
    Recopa Sul-Americana..............................5,9
    Paulista - até 1930..................................5,6
    Paulista – 1931 a 1958 ...........................6,5
    Paulista – 1959 a 2007............................6,2
    Carioca – até 1930..................................5,2
    Carioca – 1931 a 1958............................6,2
    Carioca – 1959 a 2007............................5,8
    Gaúcho – até 1930..................................3,9
    Gaúcho – 1931 a 1958............................4,9
    Gaúcho – 1959 a 2007............................4,6
    Mineiro – até 1930..................................3,9
    Mineiro – 1931 a 1958............................4,9
    Mineiro – 1959 a 2007.............................4,6

    Torneio Rio-SP – até 1958....................6,9
    Torneio Rio-SP – 2002..........................6,5
    Torneio Rio-SP – 1959 a 2001..............5,0
    Copa Sul-Minas 2002............................4,8
    Copa Sul-Minas 2001............................3,7
    Copa Centro-Oeste...............................3,6
    Copa Sul............................................... .3,6
    Copa Master..........................................1, 4
    Copa Ouro.............................................1 ,4
    Supercopa do Brasil...............................1,4
    Supercopa da Conmebol........................1,3

    3.1) COMPARAÇÃO DO GRUPO DOS MEDIANOS:

    São 3 clubes que fazem parte do grupo dos MEDIANOS: Atlético-MG, Botafogo e Fluminense. Sendo assim, serão realizadas três comparações de títulos entre esses clubes:


    ATLÉTICO-MG X BOTAFOGO:

    Nessa disputa, não serão considerados títulos estaduais, nem regionais.

    TÍTULOS NACIONAIS:

    ATLÉTICO-MG: 1 Brasileiro (21,6 pontos) e 1 Torneio dos Campeões (7,3): 28,9 pontos
    BOTAFOGO: 1 Brasileiro (21,6) e 1 Taça Brasil (13,3): 34,9 pontos

    Vencedor: BOTAFOGO (6,0 pontos a mais).

    TÍTULOS INTERNACIONAIS:

    ATLÉTICO-MG: 2 Copas Conmebol (19,0): 19,0 pontos
    BOTAFOGO: 1 Copa Conmebol (9,5): 9,5 pontos

    Vencedor: ATLÉTICO-MG (9,5 pontos a mais).

    TOTAL:

    ATLÉTICO-MG: 1 Brasileiro (21,6 pontos), 2 Copas Conmebol (19,0) e 1 Torneio dos Campeões (7,3): 47,9 pontos
    BOTAFOGO: 1 Brasileiro (21,6), 1 Taça Brasil (13,3) e 1 Copa Conmebol (9,5): 44,4 pontos

    Vencedor: ATLÉTICO-MG. Tanto o Fogão, quanto o Galo tem como título mais importante o de campeão brasileiro. O Atlético fica na frente do Botafogo em apenas 3,5 pontos graças ao título do Torneio dos Campeões e também por causa do maior número de Copas Conmebol, apesar do Botafogo possuir uma Taça Brasil e assim ficar na frente nos títulos nacionais.
    Registre-se ou faça login para ver assinaturas.

Página 3 de 15 PrimeiroPrimeiro 1234513 ... ÚltimoÚltimo

Permissões de postagem

  • Você não pode iniciar novos tópicos
  • Você não pode enviar respostas
  • Você não pode enviar anexos
  • Você não pode editar suas mensagens
  •  
© 2007-2013 · MaisEV · Todos os direitos reservados