Jason “Krantz” Rosenkrantz Fala Sobre Seu Filme Bet Raise Fold E Mais

Por: 29/05/2013

Jason “Krantz” Rosenkrantz é um dos jogadores mais conhecidos dos primeiros anos após o boom do poker online.

Jogando principalmente com o nickname “pr1nnyraid” no Full Tilt, Krantz foi um dos primeiros milionários dos cash games online.

Ele também foi um dos astros do reality show americano 2 Months 2 Million, onde ele e mais três amigos tentavam ganhar $2 milhões de dólares nas mesas em apenas dois meses.

Mas nos últimos anos, Krantz deixou a vida de jogador profissional para se dedicar ao site de treinamento que fundou com amigos, o Deuces Cracked, e seguir uma de suas maiores paixões – o cinema.

Nesta entrevista exclusiva, Krantz fala sobre sua carreira como jogador profissional e seus projetos cinematográficos, principalmente o documentário Bet Raise Fold, que está em fase de produção.

A entrevista foi realizada em uma série de emails e inclui perguntas feitas por usuários do Fórum MaisEV.

 

Você ainda joga?

Não com frequência, mas eu jogo online no BlackChip Poker, com o screen name “wigglypuff”. Jogo micro/small stakes de NLH 6-max.

Faço vídeos de treinamento no Deuces Cracked e estou aprendendo uma aproximação GTO para o poker em uma série chamada “blah ba GTO”. Estou mantendo minhas habilidades afiadas enquanto a legalização do poker online nos EUA se desenrola.

E os outros jogadores do Team Israel, ainda jogam?

Brian (Robertson), Dani (Stern) e Emil (Patel) se mudaram para o Canadá depois da Black Friday para continuar jogando poker. Então todos eles continuam grindando online, mid-high stakes cash games e jogando muitos torneios ao vivo no circuito internacional.

Você parou de jogar por causa do stress, da alta variância? Diria que é mais feliz agora que não joga mais em tempo integral?

Não, eu estava acostumado a lidar com os swings, embora não ter que lidar com eles diariamente é um ótimo bônus! Eu parei de jogar porque tenho grandes ambições como escritor e cineasta e precisa me devotar a isso para melhorar minhas habilidades. Além disso, a Black Friday dificultou muito continuar jogando poker do jeito que eu queria.

Se você não fosse tão bem sucedido quanto é e não tivesse esperanças de atingir os stakes mais caros, mas ainda amasse o jogo mesmo que seja bastante estressante jogar em tempo integral, continuaria jogando profissionalmente ou faria outra coisa?

Depende se eu encontraria ou não algo que me satisfizesse como pessoa. Para algumas pessoas isso pode ser ótimo, e eu pessoalmente não teria problemas em jogar stakes menores do que estava acostumado profissionalmente. Mas para mim, essa vida não é pessoalmente satisfatória, eu quero alcançar mais do que é possível sendo apenas um jogador profissional de poker.

Como você lida com o tilt?

Respire fundo, saia das mesas, tente focar no momento e apenas naquele momento, e tome a melhor decisão possível em cada passo para a frente. O livro de Tommy Angelo “Elements of Poker” e a série de vídeos “The Eightfold Path to Poker Enlightenment” são ótimos recursos para aprender a lidar com o tilt, assim com o livro “The Mental Game of Poker”, de Jared Tendler.

Para muitas pessoas, 2 Months 2 Million (2M2MM) era ótimo, o melhor programa de poker de todos. Por que não houve uma segunda temporada? Ainda existe essa possibilidade?

Não houve uma segunda temporada por causa de políticas da rede de TV. O canal em que era transmitido, G4, decidiu que queria gastar seu dinheiro em outras áreas. Infelizmente não haverá uma segunda temporada, todas as pessoas envolvidas já estão fazendo outras coisas. Tendo dito isso, espero que algum dia alguém crie um programa como aquele no futuro porque, como fã do poker online eu também acho que era um programa maneiríssimo, único!

O dinheiro que vocês ganharam no programa cobriu as perdas nas mesas durante a gravação?

No geral, nós saímos ganhando. Mal nos pagaram alguma coisa para gravar o programa, embora o canal tenha bancado as despesas básicas e a casa em que vivemos. Fora isso, toda a ação nas mesas foi com o nosso próprio bankroll.

2 months 2 million

Por que você decidiu produzir um documentário sobre poker?

Nós sentimos que a população em geral tem muitas ideias erradas sobre o poker online, jogadores de poker e o boom do poker, e que temos uma oportunidade de corrigir isso. Não achávamos que mais alguém poderia fazer isso satisfatoriamente, então decidimos fazer nós mesmos! Nós também achamos que é uma história tão louca e ótima que alguém precisava fazer um filme sobre isso!

E por que mudaram o nome original de BOOM para Bet Raise Fold?

Mudamos porque para um completo leigo, BOOM simplesmente não lembra nada relacionado a um filme de poker ou apostas, e BET RAISE FOLD é imediatamente identificado como um filme sobre poker.

Qual é a maior diferença entre Bet Raise Fold e outros documentários sobre poker como ALL IN e até mesmo o From Busto to Robusto?

Bet Raise Fold é a história do boom do poker online e das jovens pessoas afetadas por ele. É a história de três diferentes tipos de pessoas que se prenderam em uma montanha russa. Bet Raise Fold é a história do boom que fabricou um sonho e das forças que o roubaram. É sobre pessoas que assumem riscos, que seguem suas paixões para alcançar seus sonhos, totalmente conscientes das consequências se suas decisões não tiverem um bom resultado. Não é ALL IN, não é Cartas na Mesa… é real, aconteceu, é poker. É maior que qualquer coisa que já fiz antes, e nunca houve um filme de poker tão pessoal.

É uma história sobre o nascimento de uma indústria, a explosão de uma subcultura, a evolução de um jogo e a invenção de uma profissão altamente lucrativa. É uma história sobre a boa sorte, sobre estar no lugar certo no momento certo – sobre um breve momento no tempo que mudou tantas vidas. É uma história sobre a luta pela sobrevivência, a lenta morte de uma indústria de um bilhão de dólares, e o repentino deslocamento de toda uma geração de profissionais do poker. É sobre política, estigmas, dinheiro, injustiça. Azar, variância e perda.

Nós nunca tivemos um veículo como esse que conte como realmente foi, que possa mostrar aos nossos amigos e famílias porque somos tão apaixonados sobre esse jogo fantástico. Mas agora temos.

Você terminou a faculdade de cinema ou largou tudo para jogar poker profissionalmente?

Me formei na Universidade de Boston em 2006.

E tentou trabalhar na área?

Nunca tentei trabalhar no mercado de filmes em Hollywood, mas fiz algo mais independente. Enquanto jogava poker, eu também escrevia roteiros, produzi dois filmes curtos (From Busto to Robusto), produzi o 2 Months 2 Million, escrevi e produzi o The Micros. Aprendi muito com a experiência de tentar combinar minhas duas paixões.

Sendo um amante do cinema e agora um produtor, qual é sua opinião sobre os filmes de poker já feitos?

Quase todos os filmes de poker são terríveis.  Com exceção de Cartas na Mesa, que eu realmente amo, e A Mesa do Diabo, eles realmente não entendem o que tem de tão interessante no poker.

Você pensa em produzir algum filme sobre poker?

Ryan Firpo (diretor e editor de Bet Raise Fold) e eu estamos trabalhando em um roteiro para um filme de ficção sobre poker que devemos tentar fazer depois desse documentário. É muito, muito diferente de tudo o que já foi feito.

Pode falar mais sobre esse projeto?

Nós temos algumas ideias, mas a única que sempre retomamos é realmente divertida. Eu não conseguiria descrevê-la satisfatoriamente agora, porque ainda não foi desenvolvida o suficiente. Vou dizer apenas que é uma história de poker altamente original que combina alguns gêneros de filme que eu acho que você não pensaria normalmente quando pensa em um filme de poker!

Tanto ele quanto eu queremos fazer algo que não seja voltado apenas para fãs de poker, mas que fãs dos nossos trabalhos anteriores no mundo também possam amar… e nos sentimos atraídos para essa ideia em particular, então estamos escrevendo o roteiro. Se você está curioso digo apenas para me seguir no twitter @dckrantz, e quando estiver bem encaminhado eu com certeza falarei sobre isso.

Gostamos da ideia de fazer um Kickstarter para o filme, nós dois acreditamos que esse é o futuro do cinema independente e amaríamos ter os fãs diretamente envolvidos em todo o processo de produção da próxima vez! Dessa maneira não seremos só nós lutando por esse conceito, mas também convenceremos muitas pessoas de que “sim, essa é uma ideia excelente, juntos vamos fazer dela uma realidade!”

Você também pensa produzir algo não relacionado ao poker?

Com certeza. Sou muito atraído por ficção científica, fantasia e histórias de aventura. Adoro filmes que combinam vários gêneros de maneiras interessantes. Quero continuar contribuindo com trabalhos cada vez mais impactantes para a nossa cultura. Eu vejo o mundo de uma maneira interessante por causa do meu background como jogador de poker, então imagino que essas experiências inevitavelmente aparecerão em tudo o que eu fizer. Mas tenho outras ideias fora do poker que estou desenvolvendo e quero produzir nos próximos anos. Mas ainda nada que valha a pena compartilhar.

E o que você pensa sobre os outros reality shows sobre poker? Por que o 2 Months 2 Million foi o único bem sucedido?

Bem, acho que a maioria dos reality shows sobre poker não tem criatividade, eles estão tentando ser reality shows, enquanto o 2M2MM tentava ser um programa único, sobre o poker online. Isso nos permitiu ser autênticos, sendo filmados pelo que somos: nerds, um pouco esquisitos, maníacos obcecados por poker online. Os produtores do programa eram nos conheciam pessoalmente há muito tempo então eles tinham uma boa noção do que faz do poker online algo tão interessante e divertido. Acho que é raro ter essa mistura de talento, criatividade e entendimento em reality shows, especialmente naqueles sobre poker na TV.

Qual é sua opinião sobre futuro do poker online, em relação a field, lucratividade e legislação?

É difícil dizer. Estou otimista de que o poker vai ser legalizado nos EUA mas não sei estimar tempo ou lucratividade. Há muitos obstáculos que precisam ser superados nos próximos anos. Se houver um mercado livre e aberto e uma tonelada de novas companhias injetando dólares na economia, o rake cobrado dos jogadores não for alto, e os sites conseguirem se proteger de bots cada vez mais inteligentes… então o céu é o limite. Mas há muitas variáveis.

Quando você criou o Deuces Cracked, vídeos de poker eram basicamente sessões de jogo gravadas, sem um assunto específico. Por que você e seus sócios decidiram fazer vídeos no formato de séries de oito partes, com foco em tópicos específicos ao invés de sessões gravadas?

Nós apenas vimos uma oportunidade de ensinar as pessoas de um jeito mais eficiente. Nós sentimos que faltava estrutura no treinamento de poker, algo que havia nos livros de poker, e sabíamos que esse formato ofereceria uma chance única de combinar o melhor dos dois mundos.

 

Historiador por formação, conheceu o MaisEV em sua primeira semana de vida, ainda em 2007. Em pouco tempo, tornou-se editor-chefe do site para fazer o que faz de melhor: escrever.

Veja mais:

Salas de Poker