O Doping no Poker

Por: 22/07/2015

Olá, meu nome é Silvio Peters, faço parte do Time MaisEV desde dezembro e este é meu primeiro post aqui no blog. E ao ler o título desse post, você pode ter imaginado um jogador que se entope de energético para aguentar uma sessão de dois dias seguidos. Não é esse o caso.

O doping no esporte profissional em geral é relacionado com alguma substância que incremente o rendimento do esportista para que ele possa render mais fisicamente. No caso do poker, um esporte da mente, o doping seria uma vantagem para que a mente funcionasse melhor, não o corpo.

E qual o doping que faz com que haja vantagens para a mente de um jogador em relação a outro que não utiliza isso? No poker ao vivo não há nada, mas no poker online temos uma gama de softwares que nos ajudam a pensar o jogo tanto em tempo real, ajudando nas leituras dos adversários, quanto no nosso estudo, quando iremos corrigir nossos leaks. Seriam então os softwares uma espécie de doping?

Vamos destacar alguns pontos peculiares ao doping:

  • Ele te dá vantagem sobre quem não usa.
  • Ele não é uma coisa inerente ao esporte, é algo a parte.
  • Ele é proibido.

Das três características acima, as duas primeiras também são características do uso de softwares no jogo online. SitNGo Wizard, Hold’em Manager e NoteCaddy são alguns exemplos de softwares que te trarão vantagens sobre adversários que não os utilizam. Somente a terceira característica foge disso. Então podemos afirmar que pelo menos NÃO É ANTIÉTICO se valer usar desse artifício, pois eles são bem divulgados e permitidos para todos.

holdem manager fb2

Nesse ponto de vista seria então apenas a proibição deles o que separaria o termo “doping” de “não-doping” no poker online. Mas a pergunta que quero deixar aqui é se isso não altera a essência do jogo. Não seria mais esportivo deixar o jogo puro? Ou você acha que os softwares são apenas uma ferramenta, assim como são as raquetes mais avançadas nas mãos de tenistas ou um time de técnicos, fisiologistas e equipamentos de última geração para um boxeador?

Na minha opinião, se os softwares fossem usados apenas off-poker, no seu tempo de estudo para aprimorar sua técnica, então não seriam nada demais. Mas com um HUD na tela, ao vivo, dizendo para você qual jogador é mais agressivo e qual o mais tight, ou mais reg ou mais maniac, tira uma parte da essência do poker que é a observação e a leitura de jogo. No entanto, para um jogador regular que joga 20 mesas simultâneas, talvez seja pedir demais que haja leitura e compreensão de tudo o que acontece na mesa como se fosse um jogo ao vivo.

E você, o que pensa disso tudo? Acharia mais legal se fosse proibido softwares de leitura em tempo real nas salas ou acha que são apenas ferramentas de uso legítimo e o poker continua sendo um esporte da mente puro e simples?

Confesso que minha opinião sobre esse assunto muda de tempos em tempos e me encontro algumas vezes em cima do muro, por isso gostaria da participação de todos vocês!

Abraços!


Veja mais:

Salas de Poker