Ponto de Vista

Por: 07/07/2014

Depois de ganhar o segundo maior prêmio da história do poker (US$15,3 milhões de dólares) na terça-feira, Daniel Colman se recusou a dar entrevistas.

Ao se recusar a falar com os jornalistas, Colman despertou a ira da mídia internacional. Depois de ser apedrejado pela mídia, Colman resolveu se pronunciar. Para quem não viu sua declaração segue aqui o link da matéria:

Daniel Colman Faz Declaração Polêmica Após Vitória no Big One, Negreanu Responde

E olha que essa declaração veio de uma pessoa que mora num país que está anos luz na frente do nosso um pequeno exemplo disso é que nos Estados Unidos eles oferecem ajuda gratuita para pessoas com problemas (viciadas) em jogo (tratamentos como o JA) e quem custeia isso são os próprios cassinos.

Enfim, baseado em suas declarações resolvi deixar o meu ponto de vista. Infelizmente a mídia do poker não alerta os jogadores sobre os riscos do jogo, vendem um lindo esporte da mente! Óbvio que o poker pode ser uma coisa saudável até mesmo para os perdedores, mas todos nós sabemos que em casos extremos não é isso o que acontece.

Jogo poker profissionalmente há seis anos com uma pausa de seis meses e nesse meio tempo já vi muitas histórias e vou citar duas como exemplo: a primeira um pai de família ir bem num CPH (Circuito Paulista de Holdem) e abandonar o emprego achando que é o novo Phil Ivey e meses depois cadê o dinheiro? Isso me entristece muito!

Já vi moleque de 20 anos, abandonar a faculdade na USP pra tentar jogar poker e hoje está a quatro anos jogando freerolls sem um centavo no bolso enquanto poderia estar se formando numa das melhores faculdades do país entre outras dezenas de histórias, esses exemplos citados, talvez se tivesse uma transparência melhor sobre a realidade do poker, não teriam ocorrido.

Eu sei que muita gente vai falar: poxa Arturo! Isso ocorre no futebol e em outras áreas e a mídia também não mostra a realidade dos insucessos, mas sinceramente eu não vivi esses outros meios e não posso falar isso com propriedade apenas acho desnecessária essa omissão.

Acontece que no poker, por ser um jogo onde um golpe de sorte pode influenciar num curto prazo de tempo e a pessoa pode acabar ganhando um, dois torneios, faz com que muitos se iludam diferente do futebol, tênis onde a sorte nunca vai fazer com que o indivíduo ache que pode tirar seu sustento daquilo.

Não quero ser hipócrita não ligo de ganhar dinheiro de pessoas que podem perder, do tiozão cheio da grana, do playboy que quer ser poker player, do trabalhador que separa sua parte de diversão por mês, do aposentado que separa uma parcela da sua pensão vai se distrair e fazer amizades ou seja da imensa maioria.

Amo jogar poker, sou fascinado pela sua complexidade, acho um jogo hiper inteligente e que ajuda o ser humano a desenvolver uma série de habilidades, acredito que os pontos positivos são infinitamente maiores que os negativos mas sempre tenho o cuidado de falar para os curiosos, é jogo envolve dinheiro e requer cuidados.

Espero que essa polêmica abra o olho da mídia e das entidades que envolvem o poker no Brasil e que também abram espaço para as novelas tristes, acredito que quanto mais transparência e informação o número de casos como os citados acima ira se reduzir e quem ganha com isso somos todos nós.

A imensa maioria vai ser cada vez maioria e os casos extremos cada vez mais extremos

Nick betmotion : Reiarturoo
Nick PokerStars : Reiarturo

Twiter: Reiarturo_

Email: arturorusconi@hotmail.com


Veja mais:

Salas de Poker