Minha saga no BSOP São Paulo

Por: 06/08/2012

Recentemente o PokerStars anunciou seu patrocínio do Brazilian Series Of Poker (BSOP), maior circuito de poker do país.

Como a maioria deve saber eu particularmente tinha optado em não jogar nenhuma etapa esse ano do BSOP devido ao fato “tributação de imposto” que infelizmente da maneira que vem sendo tributado acaba afetando muito o bolso do jogador, mas com essa parceria PokerStars e BSOP confesso que acabei me animando novamente, apesar de nessa etapa de São Paulo eu ter gastado mais de US$500 com satélites e não ter puxado nenhuma vaga, tenho certeza que no longo prazo eu vou conseguir ter bons resultados diminuindo assim o custo do buy-in.

Apesar de alguns jogadores ainda resistirem a esse fator optando por não jogar o BSOP, já vimos uma enorme crescente no field e acredito que essa seja uma tendência, principalmente se os organizadores junto com o PokerStars num futuro próximo conseguirem amenizar ainda mais o leão, sei que essa questão é muito delicada e que todos estão se esforçando para isso!

Chega de blá blá blá e vamos ao que interessa!!

Antes de tudo gostaria de parabenizar o pessoal do MaisEV pelo excelente trabalho realizado fazendo a cobertura completa dessa maratona que é o BSOP, show de bola!!

Com dois dias iniciais, buy-in de R$1,800, stack inicial de 25.000 fichas e blinds de 60 minutos, o BSOP São Paulo foi disputado de 26 a 31 de Julho, no Holiday Inn Parque Anhembi e teve como campeão o sr Cassio Kiles, jogador que durante boa parte do dia 2 jogou em minha mesa (até minha eliminação). Eu ainda brinquei com ele dizendo que não queria conversa com o mesmo, pois além de estar fazendo um belo torneio acertando em todas suas decisões fazendo o trabalho de CL pressionando a turma a conta já estava regulada, não perdia uma race e apesar de ainda ser cedo eu já tinha certeza que ele ia longe podendo levar o caneco, sem surpresa!!!!

No dia 1A, por possuir uma estrutura bem deep, eu optei por jogar mais mãos que de costume e não consegui encaixar um bom jogo comprometendo mais da metade do meu stack antes do termino do segundo nível de blinds, foi aí que levantei fui até o banheiro joguei uma água no rosto e voltei, devagar fui conseguindo encaixar o jogo e puxando alguns potes fui crescendo meu stack a mesa facilitou um pouco tinham dois bons jogadores e jogamos pouquíssimas mãos. Perto do fim do dia 1A eu já tinha um stack com um pouco mais de 40K em fichas naquele momento a média estava em pouco mais de 55K, mas se levarmos em consideração os blinds 400/800 eu com um stack de 50 blinds estava numa situação bem confortável. Nessa altura perco um flip AK vs 99 all-in pré-flop e fico com aproximadamente 25K em fichas, aí acho que cometo talvez meu único erro no torneio, um jogador tight limpa em MP eu estou no buton e olho AJs dou um raise para 3K, os blinds dão fold e o limp da call.

Flop TJ2 (rainbow) vilão check eu bet 3,5K, vilão reraise 7K eu paro e penso por uns 30 segundos apesar do vilão ser um jogador tight TT JJ eu descarto do range, não acredito num limp pre-flop, 22 apesar de ser uma mão bem possível eu não acredito num check/raise acho que o vilão daria apenas check/call, QK que eu teria uma pequena vantagem e também não acredito que o adversário jogasse desta forma, TJ talvez ele jogasse dessa maneira, mas pelo perfil do jogador eu acredito num limp fold pre-flop. Resumindo, isso mais me parece uma ação de quem quer uma informação e acha que eu estou cbetando sem absolutamente nada do que valor. Opto em dar o call disposto a ir pro chão, turn blank, vilão check e aí cometo um erro, pois eu sei que meu check não vai induzir o vilão a ir ali-n no river, pois ele já se desligou da mão, eu apenas estou dando uma free card para ele, enfim! River T vilão all-in 12K. Booom agora me parece obvio que eu fiz besteira e está estampado AT na mão do vilão não satisfeito eu olho pro relógio pro tamanho do pote e dou aquele call que todos já deram pelo menos 1 vez na vida, chorando e pensando sou um idiota por favor me mostre AT e assim foi feito!!

Nessa hora fico com 3.100 fichas nos blinds 400/800 sei que não posso esperar e em duas mãos sou agraciado com um A7o. Consigo uma dobra e logo em seguida sou mudado de mesa. Mesa nova, vida nova! Primeira mão recebo um AA, dobro novamente e após alguns steals consigo terminar o dia com 22K. Isso mesmo!!!!! Menos do que o stack inicial de 25K, porém são 18 blinds. Aqui queria comentar um erro muito comum que acontece com a grande maioria: geralmente muitos jogadores com esse stack olham pro restante da mesa veem aqueles castelos de fichas e se esquecem que possuem 18 blinds e acabam optando por ir all-in any2, isso ocorre porque a estrutura do BSOP é tão boa mas tão boa que nessa altura 18 blinds dão essa falsa sensação de impotência. Apenas ressaltando que vale a pena esperar e que no dia 2 você terá muitas oportunidades melhores para tentar dobrar o seu stack. Vale destacar aqui o feito do Rodrigo Scartezini que passou com 8.000 fichas para o dia 2 e conseguiu entrar ITM, sensacional!!

No dia 2 a mesa era bem complicada, Cassio Kiles, Ramiro, Rodrigo Scartezini, Caio Pessagno, Thiago entre outros! Logo no inicio do dia eu acho um cooler e acabo dobrando dando uma pequena bad beat JJ vs QQ, one time! J no flop, me dê minhas fichas! Nesse momento, com blinds 600-1200, vou para aproximadamente 50K em fichas, mal tenho tempo de respirar a acabo perdendo uma mão importante AK vs QK (Thiago) all-in pre-flop de 18K.

Volto para 30K em fichas e daí para frente consigo puxar vários potes seguidos sem showdown, subindo meu stack de 30K para 90K. Sem sombra de dúvidas esse foi meu melhor momento no torneio, selecionando bem os adversários, variando muito bem as jogadas, mas infelizmente nos blinds 1500-3000, após perder 2 potes seguidos, vejo meu stack cair para aproximadamente 14 blinds e acabo indo all-in do UTG com 77. A mesa roda em fold até o BB que dá call com AQ. No flop o BB já acerta o A e fim de papo, GG.

Apesar de não ter feito um ótimo dia 1 no geral fiquei satisfeito com meu desempenho principalmente no dia 2 onde consegui triplicar meu stack sem showdown!!

Após minha eliminação me restou apenas torcer, para o Paulo Novaes “Tricotijr” (amigo e companheiro de quarto) que jogou sua segunda BSOP esse ano fazendo sua segunda mesa final, infelizmente o gordinho acabou sendo eliminado na 7º colocação.

Que venha o BSOP MILLION!!

Twitter: @Reiarturo_

Email: arturorusconi@hotmail.com


Veja mais:

Salas de Poker