Vantagem Posicional

Por: 24/03/2009

Para implementar esse idéia, você deve:

1. Jogar mais mãos em LP.
2. Aumentar mais mãos em LP.

O conceito é chamado “consciência posicional”, e isso é pedra fundamental de uma boa estratégia no poker. Minha regra de ouro geral em jogadas posicionais é que se eu olhar para meu VPIP para cada posição, ele deve diminuir conforme eu me distancio do button (blinds são uma categoria à parte, ignore-os por ora). Eu gostaria de ver meu “VPIP do botão” o dobro do meu “VPIP do UTG” em um jogo full-ring, mas se o seu VPIP do Button não é PELO MENOS 50% maior que seu VPIP do UTG, você não está jogando suficientemente a posição no jogo.

Minha regra de ouro sobre agressão pré-flop é que eu quero que meu PFR% seja pelo menos metade do meu VPIP. Se eu não estiver aumentando com PELO MENOS metade das mãos com as quais eu pago para ver, eu estarei muito passivo ou muito solto pré-flop.

Então como nos podemos implementar essa estrégia “posicionalmente consciente”? Aqui estão algumas sugestões:

1. De EP, jogo mais-tight-que-tight. Eu jogo qualquer par, AK, AQ, talvez AQ e KQ (dependendo da mesa e da minha imagem); é isso. Eu aumento com AA-TT e AK, AQ, AJ, e KQ (se eu jogá-los). Algumas vezes aumento com 99 e 88 também.

2. De MP, eu não entro de limp. Se a mão é boa para jogar, é boa o suficiente para aumentar como primeiro jogador a agir. Eu adicionarei suited connectors até T9s na minha linha, e QJ e JT não naipados. Irei também considerar open-raise com quaisquer cartas se minha imagem é de tight e os jogadores atrás de mim são tight pré-flop e/ou horríveis (ou pelo menos weak-tight) pós-flop.

3. De LP, se chegar em fold, eu irei de open-raise com qualquer par, qualquer ás, qualquer rei, qualquer duas figuras, qualquer suited connector até 54s, qualquer mão não naipada até 87o. Eu tentarei roubar pelo menos 1/3 das vezes, e isso é enormemente rentável. E também acompanho qualquer tentativa de roubo com um continuation bet, indiferentemente do bordo ou da minha mão. Eu irei, entretanto, rapidamente largar uma mão lixo se eu levar um reraise pré-flop ou uma aposta no flop; não há razão para apegar-me se eu for pego roubando.

4. De LP depois de limpers, eu fico um pouco mais tight nos meus padrões de raise mas ainda jogo muito solto: eu irei aplicar raise com qualquer ás naipado, qualquer par AA-TT, AK, AQ, AJ, KQ, e QJ; adicionarei qualquer outro par e suited e unsuited connectors se estiver me sentindo fanfarrão e minha imagem estiver tight. Irei pelo menos entrar de limp com suited connectors e qualquer par.

Posição é uma poderosa vantagem em no-limit hold’em; se você não a usa, você está perdendo dinheiro. A melhor maneira de usá-la é jogar razoavelmente loose de LP (exceto com raises pré-flops na sua frente) e razoavelmente tight em EP. Tenha certeza que você permaneça agressivo – Você deve aumentar pelo menos metade dessas mãos pré-flop. Isso significa que há um bocado de mãos que você não deve jogar de EP que merecem um raise em LP, mesmo depois de limpers.

Se você tiver dúvidas sobre os termos utilizados neste artigo, veja nosso dicionário de termos de poker.

Este artigo foi originalmente postado no site estadunidense Two Plus Two e traduzido e disponibilizado pelo site Teorias do Poker.

Historiador por formação, conheceu o MaisEV em sua primeira semana de vida, ainda em 2007. Em pouco tempo, tornou-se editor-chefe do site para fazer o que faz de melhor: escrever.

Veja mais: