Quando Dar Continuation Bet

Por: 30/06/2009

Eu acho que há várias razões do porquê disso ser popular. Primeiro, torna as decisões mais fáceis. Raise, c-bet, leva o pote ou desiste para um check-raise, e continua até que tenhamos uma situação de grande mão para um grande pote, no qual as decisões são normalmente fáceis. Segundo, o fato que a maiorias dos c-bets com mãos feitas vence o pote convence os jogadores que que suas apostas são, de fato, o movimento correto.

Eu reuni coisas que mudaram meu pensamento sobre c-bet. Parte disso é que conforme você vai subindo nos stakes os jogadores tornam-se muito mais esperto (note que isso é um atributo distinto de “bom”: jogadores ruins podem ser espertos e bons jogadores podem ser espertos). Ele irão dar mais check-raises, e com uma ampla variedade de mãos. Maus jogadores podem dar check-raise com mãos que eles realmente não deveriam, como underpairs, TPNK, ou pares médios, e bons jogadores tendem a balancear mais dando check-raises com monstros, semi-blefes e grandes overpairs. Mas o range de mãos que os jogadores jogam agressivamente muda conforme você sobe os limites.

Eu acho que há poucos fatores a se pensar quando você está decidindo se dá c-bet ou não em um pote heads-up. Para reduzir a complexidade da intricada árvore de decisão, vamos (por enquanto) assumir um stack de 100BB, e um pote de aproximadamente 7-10BB.

1)    O valor da mão
2)    Se você abriu ou não em uma posição de roubo
3)    Se você receber um check-raise irá ou não deparar-se com uma decisão difícil
4)    Se você apostar irá ou não deixar o seu oponente com uma decisão fácil, ou apostar irá tornar a decisão dos oponentes fácil no turn/river
5)    Sua posição
6)    Se o pote é ou não reaumentado.

1) O valor de sua mão

Primeiro, vamos considerar que você tem uma mão pronta, um draw (fraco ou forte) ou um completo air.

Mãos prontas

Cada vez que você faz uma mão, você deve pensar em como extrair o maior valor possível disso contra mãos piores. Em alguns casos você pode decidir que isso não é muito factível (sempre tentar levar ao showdown 22 não melhorado em qualquer bordo não é provavelmente uma grande idéia).

Com mãos fortes a melhor maneira de gerar valor é apostar. AK em um flop A97, por exemplo. Sets em qualquer flop, mas especialmente A-high e flops com draws.

Entretanto, existem algumas mãos fortes que você deve mesmo dar check (pelo menos algumas vezes). Se você tem AK em um flop A72 rainbow, apostar o pote no flop é uma grande maneira de fazer apenas com que qualquer par sem A desista. Se você tem KK no mesmo flop (sim, é uma grande mão), você tem o mesmo problema. Algumas vezes, a melhor maneira de gerar valor dessas mãos é dar check no flop, especialmente se você tiver posição.

Com mãos de força média, a melhor maneira de gerar valor é nunca ser óbvio. Por exemplo, 88 em um flop 459 com duas cartas de ouros. Logicamente, existem algumas mãos piores que podem pagar uma aposta no flop (67, qualquer draw de ouros), e existem algumas cartas no turn que você não quer ver. Mas, em geral, se seu oponente desistir para sua aposta, será quase sempre com uma mão contra a qual você era 2 ou 3:1 favorito. Um problema adicional é que algumas das “piores mãos” não irão apenas pagar sua aposta no flop, mas irão dar um raise (veja ponto 3). Você apostar ou não uma mão de força média irá depender da textura do bordo e das tendências de seus oponentes com o range de mãos que você está na frente, especialmente se essas tendências são idênticas às que eles têm quando você está atrás.

Draws

Há uma seção muito boa sobre como jogar draws no livro do Miller e Sklansky No Limit Holdem Theory and Practice, e não irei repetir tudo, mas pontos importantes que são se o seu draw não é para nuts, ou muito fraco, você deve estar mais inclinado a apostar. Com essas mãos, o valor de vencer o pote imediatamente se torna maior que simplesmente acertando seu draw, porque se seu draw é muito fraco você não irá acertá-lo muitas vezes, e se seu draw não é para o nuts você pode perder muito dinheiro se acertá-lo (ou ganhar pouco de mãos piores).

Exemplos de draws fracos que são para o nuts em que você deve estar inclinado a apostar: overcards (são algumas vezes a melhor mão, sim, mas se você for pago você estará essencialmente em um draw com 6 outs), gutshot straight draws (se você puder pegar o pote em uma boa percentagem das vezes isso compensa nas poucas vezes em que acertar, porque você não irá acertar muitas vezes), flush draws baixos em bordos com par (se você acertar, não irá ter muita ação, exceto de nut flush ou full-houses, a não ser que os jogadores sejam muito loose), e open-ended-straight draws em flops de duas cores (novamente, se você acertar em uma carta que complete o flush, você não terá muita ação).

Você também deveria estar inclinado a apostar draws muito fortes, como o nut flush draw com duas overcards, ou um open-ended-straight-flush draw, ou par+flush draw (apesar de que se seu “par” é o Ás, então você deve estar mais inclinado a dar check porque é frequentemente a melhor mão pronta e não é vulnerável ao flush draw por motivos óbvios).

Completo Air (Blefe)

A menos que você esteja doando o pote inteiro ou tenha alguma razão para acreditar que um blefe atrasado terá mais sucesso, eu penso que você deve sempre dar c-bet com completo air – isso é uma das razões de porque aumentar uma ampla variedade de mãos pré-flop é rentável.

2) Você abriu em uma posição de roubo?

Os jogadores irão dar menos crédito para sua mão. Isso significa que eles irão pagar mais light (então você pode gerar mais valor de mãos médias) ou pode significar que eles estarão mais suscetíveis a dar check-raises light (tornando difícil ganhar valor de mãos fracas/médias apostando).

Além disso, o range de call pré-flop dos oponentes é maior quando você rouba do CO ou Button. Novamente, depende de como o oponente joga seu esse range, e sua percepção sobre seu range de mãos devem influenciar suas decisões sobre se deve cbetar, se deseja um check-raise, etc.

3) O quanto um check-raise o incomodará?

Se você tem 3c3h  em um bordo Ah 3s 6h  e recebe um check-raise, você provavelmente fará uma dancinha em frente ao monitor.

Se você tem Ac 7d  no mesmo bordo, já não é tão legal. E um Kc Kh  então?

Perceba que todas essas mãos têm uma equidade muito forte contra o flush draw desprotegido , mas o A7 e especialmente o KK caem contra a maioria dos ases.

Em geral, você realmente não quer ser colocado em posições onde sua mão é provavelmente a melhor, mas você tem que desistir pois pode ser esmagado.

Perceba que em vários casos, a ação no turn muda as coisas enormemente. Primeiro, os jogadores muito raramente tentam dar check-raise duas vezes, e se eles o fazem, geralmente não será um blefe no turn com draws desprotegidos (a maioria pode blefar apostando depois no turn quando chega em mesa). Então se check em mesa até você no turn você pode com segurança apostar por valor, e você pode largar para um c/r sem o mínimo sentimento de culpa.

Se apostarem até você no turn, sua mão ainda é várias vezes a melhor (porque seu oponente estará blefando uma bom % das vezes, ou apostando por valor uma mão mais fraca graças à fraqueza que você demonstrou no flop), mas observe o quando muito frequentemente sua equidade contra a maioria dos draws aumentou.

A propósito, se você  pede mesa em uma mão com KK no flop acima, resista à tentação de fazer slowplay se acertar um dos seus 2 outs no turn. Isso é porque o vilão irá algumas vezes estar semi-blefando e irá algumas vezes apostando com um Ás, e é muito improvável que o coloque em um set dado a ação no flop, e em ambos os casos ele irá muito provavelmente pagar um grande raise.

4) Você está tornando fácil para o Joe Tag ou MacDonkey jogar essa mão?

Voltemos ao flop A72. Você está tornando muito fácil para ambos os jogadores se você apostar o pote. Ele irão provavelmente apenas foldar qualquer coisa exceto um Ás aqui. A menos que você esteja segurando um completo air ou um set, estará tornando as coisas muito fáceis para eles, especialmente se você tem posição (não obstante que mão feita você tenha).

Existem certas mãos prontas (33-55 sendo os principais exemplos) que se beneficiam grandemente de um flop como esse, mas outras mãos prontas (como 99-KK e ases fracos) que realmente não querem tornar as coisas fáceis para o Vilão,  já que estão muito à frente das mãos sem ases do vilão.

5) Você está em posição?

Tudo considerado, em um pote heads-up, eu sou muito mais inclinado a apostar fora de posição do que em posição com minhas mãos prontas. É muito mais difícil extrair valor de mãos de média força (e mais fácil de ser vítima de blefe), e o valor de simplesmente vencer o pote é bem maior em comparação ao valor de extrair outra aposta de mãos piores.

6) Este é um pote reaumentado?

Você não deve sempre apostar em um pote reaumentado. Se você tem um monstro, o pote está grande o suficiente para pegar o dinheiro em 3 rodadas de apostas. E frequentemente em potes reaumentados suas apostas estarão somente sendo pagas por um range estreito de mãos, o que é bom se você tiver air, um set ou AA em um flop 743, mas não tão bom se você tiver KK em um flop QJx, ou QQ em um flop A72.

Uau. Muita coisa aqui. Você ainda está lendo?

Se você tiver dúvidas sobre os termos utilizados neste artigo, veja nosso dicionário de termos de poker.

Este artigo foi originalmente postado no fórum estadunidense Two Plus Two e traduzido pela equipe do site Teorias do Poker.

Historiador por formação, conheceu o MaisEV em sua primeira semana de vida, ainda em 2007. Em pouco tempo, tornou-se editor-chefe do site para fazer o que faz de melhor: escrever.

Veja mais: