O Início de Carreira em Multitables

Por: 04/07/2008

Para aqueles que não me conhecem, jogo quase que única e exclusivamente torneios. Desde o início, sempre me senti atraído pela atmosfera da disputa e a tensão das retas finais, onde o número de variáveis possíveis de serem exploradas são tantas, que as cartas, muitas das vezes, pouco importam. Esses são um dos motivos que sempre me levaram a jogar torneios, mesmo quando possuía um bankroll de $10 dólares.

No entanto, devo ressaltar que começar através de torneios não é nada fácil. Inclusive não sei se recomendaria isso para quem está começando, pois é a modalidade do poker que apresenta a maior variância entre investimento e retorno e, caso você não possua um bankroll saudável, você pode acabar quebrando várias vezes devido a essa variância. Mas como sei que existem muitos jogadores que preferem começar desta forma, acredito poder colaborar para tornar esse caminho árduo mais fácil de ser trilhado.

O grande chamariz que existe quando se trata de torneios é que você pode obter um retorno gigantesco se comparado ao seu pequeno investimento feito ao pagar o buy-in.

Mas o grande problema disso é que todos estão pensando da mesma forma que você. Todos aqueles que possuem um bankroll pequeno querem transformar aqueles $3 dólares em $3000. Tudo isso atrai mais e mais gente. E é aí que a vida do jogador de torneio começa a se complicar.

Em seu livro “Little Green Book” , Phil Gordon ressalta em um dos capítulos, relembrando a matemática básica do segundo grau, qual a probabilidade de determinados eventos ocorrerem de acordo com sua freqüência esperada. Ou seja, qual a probabilidade de eles sempre acontecerem.

Vamos para um exemplo prático para tornar isso mais claro. Suponhamos que você recebe um glorioso AA e acaba por entrar de all-in pré-flop contra um KK. Suas chances são de arredondados 80% de vencer a mão.

Segundo Phil Gordon, em um torneio ao vivo como o World Series of Poker, por exemplo, você joga durante 5 dias, 10 horas por dia. A probabilidade de receber um AA é de 1 em 221 mãos. Ainda segundo Phil Gordon, isso resultaria em algo em torno de um par de Áses a cada 5 horas de jogo. Logo temos:

5 dias x 10 horas por dia = 50 horas totais de jogo. Se a cada 5 horas recebo um AA, então 50 horas / 5 horas (freqüência com que recebo AA) = 10 pares de Áses ao longo de todo o torneio.

Consideremos situações de all-in pré-flop e digamos que para sobreviver, você não pode perder com nenhum dos 10 pares de Áses que receber, caso contrário estará fora do torneio. Quais são as reais chances de isso acontecer?

Como mencionado anteriormente, para uma única situação de all-in pré-flop entre um AA e um KK, por exemplo, as chances de vitória são de aproximados 80%. No entanto, quais as chances de você vencer a sua próxima situação de all-in pré-flop, tendo os mesmos 80% de probabilidade a seu favor?

A chance de sobreviver à primeira mão é de 80% e a chance de sobreviver à segunda mãe é de 80%. Aqui se aplica a regra matemática “e” do segundo grau, onde deve ocorrer a multiplicação dos fatores. Pois bem, então quais são suas reais chances de sobreviver à primeira mão e à segunda mão?

0.80 × 0.80 = 64%

E se fossem 3 mãos seguidas?

0.80 × 0.80 × 0.80 = 51.2%

Meu propósito com esse simples exemplo é demonstrar, matematicamente, como é difícil começar a jogar torneios quando você não possui um bankroll que te permita jogar buy-in’s mais caros e, conseqüentemente, com menos jogadores.

Em todos os eles, sejam com 2000 ou 200 jogadores, você sempre enfrentará situações de all-in pré-flop, pois isso é natural em torneios. E quanto mais situações dessas surgirem – e isto está diretamente ligado ao número de participantes no torneio – mais suas chances de vencer seguidamente vão diminuindo, matematicamente falando.

Isso tudo nos leva ao ponto principal deste artigo, que é o de orientar aqueles que estão começando com o poker a perceberem o quanto de sorte está envolvida em ganhar um torneio multitable com grande número de jogadores, e conseqüentemente na influência que isso exerce sobre a vida dos jogadores profissionais de torneios.

Se você vai ter um retorno substancial somente sobre uma pequena parte dos torneios que jogar, isto significa que as oscilações em seu bankroll serão muito maiores e por isso você precisa ter muitos buy-in’s do level que for jogar, afim de combater esta variância.

A Influência do Tamanho dos Fields

Como foi possível perceber, seu sucesso em torneios a curto e médio prazo será fortemente influenciado pelo número de jogadores que você irá enfrentar. Ao contrário do que muitos pensam, a grande maioria dos grandes jogadores profissionais não são aqueles que conseguem vencer um Sunday Million, por exemplo. De fato, muitos deles chegam a não gostar de jogar torneios imensos como esse, embora o nível dos jogadores não seja nem comparável aos torneios regulares que costumam jogar, como os de $100 dólares com rebuys.

Desde o começo sempre pude reparar como a relação field e expectativa de ganho sempre estão relacionadas, principalmente utilizando os grandes campeões como exemplo.

Por esse motivo, desde meu início no poker, sempre me preocupei muito mais com fields menores do que com premiações maiores. E, depois de começar jogando muitos torneios que custavam em média $1 dólar, hoje em dia consigo jogar os valores de buy-in que sempre desejei seguindo sempre essa estratégia, premiações menores mas fields menores, como forma de combater a variância.

Opções para Buy-in’s Baixos

Embora eu tenha sempre sido um jogador de torneios, no início optei por jogar sit and go’s multi-table – os sit and go’s de mais de uma mesa. Por isso, caso você possua um bankroll de menos de $100 dólares, recomendo que você opte por jogar sit and go’s de 45 e 180 pessoas. Foram nesses últimos que fiz meu bankroll crescer, pois, embora tecnicamente não sejam encarados como torneios multitable e sim como sit and go’ multi-table, na prática nada mais são do que torneios multitable sem horário para começar.

Os sit and go’s de 180 pessoas são excelentes para você desenvolver seu jogo em torneios, pois o field é muito bom e neles você poderá se deparar constantemente com situações chave, como bubble, mesa semi-final, explorar oponentes que sentem-se pressionados pelo dinheiro, etc.

No entanto, não estou dizendo que não se deve jogar torneios maiores caso seu bankroll seja baixo. A questão principal é no que você deve se focar principalmente. Intercale os torneios menores com algumas tentativas mais esporádicas nos maiores, mas preocupe-se principalmente com o foco. Além disso, existem sites não tão famosos que possuem diversos torneios com boas premiações e que são uma ótima opção.

O grande problema que vejo às vezes são jogadores que preferem dar entradas em torneios maiores pois, caso consigam vencer, teriam um bankroll dos sonhos. Mas nunca se esqueçam que tudo em poker envolve o longo prazo. Em torneios isto é extremamente importante, pois seja jogando sit and go’s de mesa única ou cash games, você precisa de uma grande amostra para saber se você é ou não um jogador lucrativo no longo prazo. Ou seja, para ser um grande vencedor de torneios, você precisará jogar muitos deles e, considerando-se as dificuldades citadas acima em jogar torneios com mais jogadores, eu vejo que a grande chave é começar por fields menores, mesmo que a premiação não seja tão atrativa, mas que demonstrará expectativa positiva maior no longo prazo.

Espero que este artigo possa servir como base para aqueles que pretendem iniciar jogando torneios, pois passei por todas essas dificuldades e sei como é difícil encontrar um caminho que se demonstre mais lucrativo no longo prazo. Como citado anteriormente, o principal glamour de torneios encontra-se em levar aquela imensa premiação com um baixíssimo investimento, e com isso muitas vezes acabamos por não nos sentirmos atraídos por torneios com premiações menores. Mas, pela minha experiência, garanto que com muito estudo e disciplina, batalhando bastante nesta última opção, você consequentemente será levado a ter sucesso na primeira.

Clique aqui para comentar este artigo no fórum do MaisEV.

Se você tiver dúvidas sobre os termos utilizados neste artigo, veja nosso dicionário de termos de poker.


Veja mais:

Salas de Poker