O Fator de Agressividade no Poker

Por: 27/10/2009

As possibilidades são, você assume que um jogador agressivo é um que aposta e aumenta fortemente quando acha que tem mão vencedora. Enquanto isso é parcialmente verdadeiro, eles são muito mais do que isso. E se você pode identificar um jogador agressivo, há muitas estratégias que pode ser aplicado para vencê-los.

O que é o fato de agressão (AF)?

O fator de agressão é uma percentagem baseada na relação de quantas vezes um jogador aumenta e aposta, em contraste com as vezes que paga.

(Raise% + Bet%)
———————
Call%

Simplificando, quanto mais um jogador aumenta e aposta, mais agressivo ele é. Um jogador que simplesmente paga a maior parte do tempo não é um jogador agressivo.

Como usar o AF

Há uma grande quantidade de informações importantes que é preciso reunir antes que o fator de agressão se torne um elemento vantajoso no seu jogo de poker. A agressão é uma habilidade situacional, e só pode ser usada com adversários específicos.

Antes de utilizar uma estratégia agressiva, primeiro você deve determinar a natureza agressiva de seu adversário. A maneira mais fácil de fazer isso é usando um software como o Holdem Manager. Este programa mostra a raise%, bet% e call%, mas também calcula o fator de agressão.

Você provavelmente vai encontrar todas as escalas de agressão em suas sessões de poker.

AF Baixo

Um jogador com um fator de agressão 0 é um que nunca assume riscos. Este jogador paga ou desiste a cada mão. Isso não significa que é um jogador fraco. Pelo contrário, Quando esse jogador faz uma jogada, uma grande aposta ou aumenta o pote, você precisa ter muito cuidado. Eles querem ação. Se você não está absolutamente certo que pode vencê-los, desista. Ele não vai investir sem no mínimo top pair top kicker.

AF Alto

E quanto a um jogador com um fator de agressão em torno de 50? Este é o que a maioria de nós na comunidade de poker online chamamos de “fish”. Jogadores Fishy são muito fáceis de vencer porque jogam com um grande range das mãos. Com a agressão tão alta, este jogador não está apostando e aumentando só mãos premium. Você pode colocar este player em um range muito grande de mãos, incluindo qualquer pocket pair baixo a off-suited connectors médios e suited connectors baixos. Estes jogadores, muitas vezes, apostam com uma face card com qualquer kicker, alto ou baixo, suited ou não.

Com uma mão moderadamente forte ou melhor, você vai derrotar este jogador com mais freqüência do que perder. Você pode facilmente colocá-lo em um par baixo ou médio ou draw, devido ao amplo range de mãos que ele está jogando. Devolva sua agressão e tire dele tudo o que puder.

AF Médio

No meio termo, um jogador com um fator de agressão de 15-20% é um típico, jogador tight. Este jogador está esperando por boas mãos iniciais e bons flops. Ele não vai se arriscar pré-flop sem suited connectors altos, pocket pairs, ou na pior das hipóteses, connectors off-suited altos.

Tenha cuidado para jogar contra ele, mas não tenha medo de competir quando você sabe que tem uma mão forte. Ele poderia facilmente apostar com um draw, top pair ou par alto. Se acha que está vencendo, não recue. Se você acha que ele com draw para uma mão melhor, reraise. Tente fazê-lo desistir antes que ele tenha chance de te derrotar.

Inconvenientes do Fator de Agressão

Há um problema evidente com o fator de agressão, ele não leva em conta a fold%. Um jogador pode ter um fator de agressão baixo, mas na realidade é calling station; um jogador que você pode facilmente extrair fichas ao simplesmente aumentar quando ele pagar e obrigá-lo a desistir. E um jogador pode ter um fator de agressão alto, mas larga mais de 90% das suas mãos, tornando-o um competidor muito mais forte do que um fish, que seria sua qualificação olhando pelo AF.

Certifique-se de ficar de olho na fold%, a fim de fazer jogadas contra adversários diferentes. Se você olhar só o fator de agressão, e ignorar a fold%, você se colocar enfiar em um mundo de problemas de short stack antes de perceber o que aconteceu.

Este artigo foi traduzido pela equipe do site Teorias do Poker.

Historiador por formação, conheceu o MaisEV em sua primeira semana de vida, ainda em 2007. Em pouco tempo, tornou-se editor-chefe do site para fazer o que faz de melhor: escrever.

Veja mais: