O Melhor e o Pior do Poker em 2015

Por: 11/01/2016

 Relembre os principais momentos de 2015, que foi recheado de mudanças e surpresas.

O ano de 2015 será lembrado por vários momentos marcantes para alguns brasileiros forrados, e também será celebrado como o ano em que houveram várias novidades do mercado do jogo no país.

Também será visto no futuro como o ano chave para o PokerStars, que realizou uma série de mudanças drásticas buscando a chamada “nova ecologia do poker”. Caso as mudanças sejam bem sucedidas, a gerência do PokerStars poderá exprimir um “eu já sabia” e comemorar o sucesso da nova empreitada, mas se causarem um impacto negativo, a sala poderá estar condenada ao ostracismo no poker online.

Abaixo, você confere os momentos mais impactantes de 2015.

 

O MELHOR

  decano wsop

O Bracelete de Thiago Decano na WSOP

Nada mais justo que um dos principais jogadores do país conquistar a maior glória do poker. A vitória de Decano no Evento #38 valeu US$ 546 mil e o colocou ao lado de André Akkari e Alexandre Gomes como donos da restrita joia.

Um dos jogadores mais dedicados e persistentes do Brasil, Thiago é um dos poucos que apresenta desenvoltura tanto no live mastambém no online. Decano falou um pouco acerca do jogo em um The Well exclusivo no fórum MaisEV.

 

A Reta de Daniel Negreanu no Main Event da WSOP

Com tanta gente inscrita no Main Event da WSOP (6.420 jogadores para ser mais exato), é improvável que um grande nome do poker chegue na reta final do grandioso torneio. Não basta ter técnica e resistência física: é preciso desviar de algumas balas. Muitas balas.

Contrariando as estatísticas, Negreanu avançou. E chegou muito perto de fazer do November Nine de 2015 o mais aguardado da história devido a sua personalidade carismática. A queda em 11º lugar foi chocante para a maioria dos fãs do KidPoker no mundo todo.

Também vale destacar o desempenho de Lucas Fauth, melhor brasileiro no torneio. Com uma humildade ímpar, Lucas mostrou que tem tudo para ser um dos grandes nomes do jogo do Brasil futuramente.

Brasil Poker Live em Camboriú e 888 Local Live no Mineirão

A chegada de dois grandes torneios no mercado brasileiro é uma excelente notícia para jogadores profissionais, indústria e amantes do jogo. Quanto maior for a quantidade de torneios bem organizados no país, maior será a expansão do poker, que acabará por atrair mais gente e distribuir mais prêmios conforme a roda gira.

Tivemos a honra de acompanhar a vitória de Ariel Bahia no torneio em Camboriú, que distribuiu mais de R$1,5 milhão em prêmios e registrou mais de duas mil entradas no luxuoso Infinity Blue Resort.

Já a edição do 888 Local Live não foi menos elogiada. Disputada na área VIP do Estádio Mineirão, o torneio apresentou um garantido de R$ 500 mil e levou mais de 1.400 jogadores ao palco do histórico 7 a 1. A vitória de Jorge Augusto Bié valeu R$ 90 mil.

 Isildur1 Volta a Bater os High Stakes

Há tempos que Viktor Blom é um jogador que atrai olhares e atenção de profissionais e amantes do jogo. Com uma aproximação extremamente agressiva, sem uso de HUDS, o sueco é conhecido por realizar longas sessões, sem escolher jogos ou adversários, e sofrer altas doses de variância.

Se em 2014 ele foi o terceiro maior perdedor das mesas caras, mas em 2015 ele deu a volta por cima e terminou no topo como o maior ganhador dos high stakes.

Heads-up brasileiro no Sunday Million de Natal

Um dos principais torneios do ano teve vitória brasileira. E não só: o heads-up foi tupiniquim. Com o screen name Internett93o, ele derrotou o compatriota tutinho na decisão e embolsou US$ 354 mil com a taça.

Brasileiros Milionários nos Spin and Go

O anos fez dois brasileiros milionários no PokerStars. E eles não tiveram que encarar fields gigantescos e lutar durantes horas ou dias para faturar a bolada. Samara Brito precisou de apenas 21 minutos para transformar o buy-in de US$ 5 em um prêmio de US$ 1 milhão na promoção de aniversário de um ano dos Spin and Go.

Dias depois, wrawras transformou US$ 100 no prêmio milionário em 10 minutos.

Regulamentação do Poker no Brasil

A notícia de que o poker enfim entrou na pauta do congresso para ser debatido provocou sentimentos mistos em muitos jogadores. O jogo será tributado, mas em quanto? O mercado online será fechado? Estas e outras perguntas ainda não têm respostas, já que o assunto recém começou a engatinhar.

Entretanto, a legalização é inevitável. E tal ação evitará ao menos alguns constrangimentos, como quando ocorreu da maior casa de poker do país ser fechada em uma batida policial que levou mais de 100 pessoas à delegacia de polícia. No Rio de Janeiro, até hoje não é possível organizar uma etapa do BSOP devido a uma decisão jurídica de uma juíza do estado.

Igor Federal, presidente da CBTH realizou uma reunião com jogadores durante uma das etapas do BSOP para prover alguns detalhes do andamento da questão. Você pode conferir o que foi conversado neste tópico no fórum MaisEV.

PokerStars Obtém Licença Para Operar em New Jersey

A volta do PokerStars ao mercado americano é essencial para que possa haver um novo boom do poker. E a sala conseguiu o benefício para operar em New Jersey em outubro do ano passado. É esperado que o PokerStars aterrise no estado já em 2016, e que sua chegada modifique, ainda que lentamente, a relação dos EUA com o poker.

O domínio de Anthony Zinno

O jogador do ano foi Byron Kaverman. Mas Anthony Zinno desfrutou um 2015 de luxo. Logo no início do ano ele conquistou a etapa do WPT disputada em Niagara Falls, e menos de 15 dias depois embolsou US$ 1 milhão com o título do LA Poker Classic. Já na WSOP, ganhou sua primeira joia ao vencer o Evento 60. O americano também conquistou títulos de eventos paralelos do WPT e do EPT, e se consolidou como um dos grandes nomes do poker mundial com um ano abençoado.

Os Números Marcantes do BSOP

Que o BSOP é a principal série de torneios latino-americanos todo mundo sabe. Mas em 2015 o Brazilian Series Of Poker exibiu números ainda maiores. Vários recordes foram deixados para trás ao longo de várias etapas do circuito, com número impressivos em São Paulo, Camboriú e Natal.

Mas nada é maior que os números do BSOP Millions. Este ano foram 3.866 entradas no evento inaugural da grande etapa disputada no Holliday Inn Amnhebi. A série é a maior da América Latina, e fora dos EUA só perde para o Goliath, torneio inglês que registrou 4.210 entradas.

 

O PIOR

 vip_pokerstars

Mudança no Sistema VIP do PokerStars

Nada foi mais controverso que o anúncio das alterações do sistema VIP do PokerStars. Anteriormente, a sala já havia sinalizado intenções de mudanças, e benefícios para jogadores Supernova Elite estariam terminados em 2017. Mas não em 2016. Por isso que o anúncio revoltou os jogadores, que chegaram a realizar uma greve na sala da espada vermelha. Como o assunto é de interesse de uma boa parte de usuários, ainda resta muita coisa a se desenrolar neste ano.

Ironicamente, o PokerStars havia dado um grande sinal de que estava atento à comunidade de poker. Um aumento no rake havia sido anunciado em novembro de 2104 e, após o feedback negativo de vários jogadores e membros da indústria, o PokerStars optou por reverter a decisão e abaixar o rake.
 

O Rombo de Phil Ivey nos High Stakes Online

Não é sempre que se vê Phil Ivey, tido por boa parte de especialistas como o melhor jogador de poker do planeta, tomar um prejuízo nos jogos caros online. Mas foi o que se viu em 2015.

Ele apresentou o pior desempenho, com um rombo de US$ 3,6 milhões. Mas apesar disso, 2015 não foi de todo ruim para Ivey, graças a vitória em um Super High Roller no Aussie Millions, no início do ano. Ainda assim, Phil fechou o ano no vermelho.

 

Gaúcho Perde no PokerStars e Entra com Ação Pedindo Ressarcimento

Mais raro que ver o Phil Ivey perdendo é ver alguém disposto a processar o PokerStars. Porém esta foi a ação de um morador do município de Garibaldi, no interior gaúcho, após perder, segundo o próprio, mais de R$ 500 mil durante jogos na sala.

As Demissões e Contratações do PokerStars

Já em 2014 Victoria Coren havia pulado da barca ao mostrar-se insatisfeita com a aproximação da sala com apostas esportivas e jogos de cassino. Em 2015, outros jogadores fizeram o mesmo, principalmente por conta das inovações no sistema VIP.

O ano também foi marcado por novas contratações. Além dos craques da bola Neymar e Cristiano Ronaldo, a sala anunciou a contratações de jogadores da Índia, Japão, China, Taiwan e Rússia.

A Proibição de Softwares Terceirizados no PokerStars

Além de um sistema VIP que beneficiava o heavy grinder, uma das outras vantagens do PokerStars era a permissão em utilizar vários softwares para ler melhor o oponente através de amplos dados e estatísticas. Pois isso tudo ficou no pretérito com a nova política do site. A restrição ocorrida em outubro passado abrangeu vários softwares de cash games, torneios e sit’n go’s.

Os Braceletes e o Escândalo de Brian Hastings

Brian Hastings desafiou a comunidade em uma aposta paralela que fez muito jogador encher os olhos com a possibilidade de forrar facilmente. Com odds simples de 1-1, ele aceitou apostas no desempenho dele contra qualquer jogador na WSOP.

Com uma ótima série, ele faturou dois braceletes,fez cinco ITM’s e forrou uma nota com as apostas. Porém, já quase no fim da WSOP foi descoberto que ele utilizou um VPN para jogar nos Estados Unidos em uma outra conta, obtendo assim informações sobre o estilo de jogo de alguns adversários que apostaram contra sua performance na WSOP.

 

 

Curta a página do MaisEV no Facebook e siga-nos no Twitter

 

Aqui você encontra baralhos, maletas de fichas e mais acessórios para jogar poker


Veja mais:

Salas de Poker