Evite Decisões Difíceis

Por: 13/10/2009

Aqui está uma coisa que eu acredito geralmente ser verdade sobre software em sistemas complexos. Se um pedaço de código é difícil de escrever, provavelmente é porque o sistema circundante é mal feito ou tem defeitos. Estou espantado como muitas vezes é esse o caso. Um bloco de código é difícil de escrever normalmente, porque a infra-estrutura ao redor não é muito adequada para a tarefa, ou porque algum dado não está facilmente disponível a partir do contexto, ou porque o código que você está tentando escrever é semanticamente incorreto. É quase como se o código sabe que é errado de alguma forma e resiste em ser escrito.

Mas quando tudo é projetado bem – tanto o código que você está escrevendo e o sistema em o que você está adicionando – o código parece praticamente se escrever sozinho. Ele apenas flui, sem esforço, para a ponta dos seus dedos. Isso é verdade mesmo com o código mais complexo que se poderia pensar. Mas não é difícil de escrever se o sistema for bem projetado. Pode levar algum tempo, ou um monte de código, mas não você não vai precisar lutar para terminar o serviço.

Isso se relaciona com o poker. Veja como:

Muitas vezes, quando estou jogando uma mão que faço algo nas primeiras rodadas e então me coloco em uma situação difícil numa rodada mais a frente. Eu terei que tomar uma decisão que vale um monte de dinheiro onde é muito claro qual a coisa certa a fazer. A (não tão bom) exemplo disso surgiu ontem. Eu cheguei a um flop onde ninguém aumentou, com um conector offsuit fraco, acertei uma trinca potencialmente marginal, e tentei uma linha pouco ortodoxo (leitura incorreta) no flop, a fim de extrair o máximo dos meus 2 adversários. A linha que eu tomei foi passiva, e eu não acordei até a street, quando o LAG abriu as apostas. Eu aumentei, o ATM dobrou, o LAG re-aumentou. Agora estou diante de uma decisão difícil.

Eu tenho a melhor mão? O LAG está supervalorizando uma mão ainda mais marginal, como ele está acostumado a fazer? Mas este é um LAG bastante bom, que não se envolve em potes grandes sem uma mão sólida. Meus pensamentos estavam todos bagunçados, e eu estava totalmente inseguro sobre a linha correta.

O problema era que eu projetei a mão errada no flop. Minha intenção era obter valor dos outros adversários, mas eu não considerarei a possibilidade que eu possa ser o que tem a mão marginal. A linha correta no flop para mim seria abrir (ou, pelo menos no momento, check-raise). Isso teria levado o resto da mão a ser jogado de forma diferente. Mas nas próximas rodadas, minha decisão teria sido muito mais fácil, não impossivelmente difícil como realmente era. Como jogado, minha ação foi difícil por causa das coisas erradas que fiz no flop.

Isso acontece o tempo todo. Na verdade, creio que em quase todos os casos onde estou diante de uma decisão que é difícil de fazer, é porque eu joguei errado a mão em uma rodada anterior. Isto é, quando é difícil de porque não tenho informações suficientes. Também há mãos em que você precisa trabalhar para resolver, mas você ainda pode ter as informações e as ferramentas para realizar esse trabalho. Essas mãos não são casos anteriores onde jogadas erradas resultam em um desafio nas rodadas posteriores. Essas mãos são apenas o trabalho pesado que todos nós temos que fazer no poker.

Não, as mãos que estou falando são aquelas onde você pensa “Eu não tenho idéia do que fazer, e eu não sei como descobrir o que fazer!” Estas mãos são difíceis porque você se colocou em um ponto difícil. Estas são as mãos que eu devo olhar mais de perto no meu próprio jogo.

Este artigo foi originalmente postado no fórum estadunidense Two Plus Two e traduzido pela equipe do site Teorias do Poker.Evite Decisões Difíceis

Historiador por formação, conheceu o MaisEV em sua primeira semana de vida, ainda em 2007. Em pouco tempo, tornou-se editor-chefe do site para fazer o que faz de melhor: escrever.

Veja mais: